elementos de transição

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

By: grilo9771 (123 month(s) ago)

Muito Interessante! Essa apresentação é muito util a todos os estudantes!

By: nilsonNT (128 month(s) ago)

Gostaria de fazer um download da apresentaçao. Obrigado. Nilson

Presentation Transcript

Introdução aos elementos de transição : 

Introdução aos elementos de transição Elaborado por: Rosa Maria Monteiro Luzia Brito

Introdução : 

Introdução Os elementos de transição receberam esta denominação de Mendeleev, que verificou que as propriedades destes elementos eram intermediárias às dos elementos, que hoje são classificados como, do bloco s e do bloco p. Os elementos de transição possuem características que os diferenciam de qualquer outro conjunto de grupos de elementos da Tabela Periódica.

A classificação atual dos elementos : 

A classificação atual dos elementos A atual tabela periódica dos elementos é dividida em grupos e períodos. Cada coluna vertical é denominada grupo ou família e cada fila horizontal é denominada período. Os grupos são divididos em A e B.

Slide 4: 


Slide 5: 

DICAS DA TABELA

Grupo B : 

Grupo B Constituem o bloco d, os Grupos IB, IIB, IIIB, IVB, VB, VIB, VIIB E VIIIB. Estão entre os elementos do bloco s e do bloco p.São chamados de transição simples ou externa

Metais : 

Metais São bons condutores de calor e eletricidade,dúcteis (formam fios), maleáveis (formam lâminas) e apresentam brilho característico.Exceto o mercúrio. Os metais apresentam, em geral, menos de quatro elétrons na camada de valência, transformando-se em íons positivos (cátions).

Caráter Metálico : 

Caráter Metálico Todos os elementos de transição são metais e possuem alta condutividade térmica e elétrica. Em adição em ligas metálicas, aumenta a temperatura de fusão e ebulição, além de aumentar a resistência mecânica da liga.

Identificação de metais : 

Identificação de metais Através do diagrama de Pauling Distribuição eletrônica Ordem energética Ordem geométrica Camada de valência

Linus Pauling : 

Linus Pauling Depois de receber seu doutorado pela Cal Tech, ele passou um ano na Europa com os fundadores da mecânica quântica: Bohr, Heisenberg e Schrodinger. Usando a Física Quântica,Linus Pauling calculou a energia de cada nível e subnível e os colocou em um diagrama.

Diagrama de Pauling : 

Diagrama de Pauling

Subcamadas eletrônicas ou subníveis : 

Subcamadas eletrônicas ou subníveis s=2 é p=6 é d=10 é f=14 é g=18 é h=22 é i=26 é ......

Subnível d : 

Subnível d Três séries de elementos são formados pelo preenchimento dos níveis eletrônicos 3d, 4d e 5d.Em conjunto eles constituem os elementos do bloco d e são comumente denominados elementos de transição,pois estão entre os elementos do bloco s e do bloco p.

Exemplo: : 

Exemplo: Zn = Zinco Z= 30 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 Zircônio= Zr Z=40 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s24d2 C.V= 2

Transição externa : 

Transição externa Os elementos dos grupos lB e llB apresentam o subnível d totalmente preenchido com 1 e 2 elétrons na camada de valência, respectivamente.

Camada de valência dos metais : 

Camada de valência dos metais Possuem 1,2, ou 3 elétrons exceção: Exemplo: Z=23 1s2,2s2,2p6,3s2,3p6,4s2,3d3 Camada de valência 2 Grupo ou Família 5B Metal de transição externa 4º período ( ou 4ª camada).Vanádio

Exemplo: : 

Exemplo: Exemplo:

Transição interna : 

Transição interna Elementos de transição interna são aqueles cujo subnível de maior energia de seus átomos é f. Constituem o bloco f, os lantanídios (Z = 59 e Z = 71) e os actinídeos (Z = 89 a Z = 103). Com exceção do Lutécio termina com 5d1, e o Laurêncio que termina com 6d1.

Exemplo : 

Exemplo Lutécio = Lu Z= 71 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s24d10 5p6 6s2 4f14 5d1 C.V = 2 6º ´período

Exemplo : 

Exemplo Laurêncio = Lr Z = 103 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s2 4d10 5p6 6s2 4f14 5d10 6p6 7s2 5f14 6d1 7º período C.V = 2

Exemplo: : 

Exemplo: 3- Transição interna: são elementos cuja distribuição eletrônica termina em “f”. Exemplo: La = 57: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s2 4d10 5p6 6s2 4f1

Energia de Ionização : 

Energia de Ionização Também é uma propriedade periódica, e varia com o número atômico. Em geral, quanto maior a carga nuclear do elemento, maior a atração dos elétrons pelo núcleo, e mais difícil é a sua ionização. Portanto, a energia de ionização tende a aumentar através do período. Contudo, existem casos que fogem a essa regra. Ex: O boro tem energia de ionização menor do que a do berílio. O mesmo vale para o oxigênio comparado com o nitrogênio.

Potencial de Ionização : 

Potencial de Ionização

Raio Atômico : 

Raio Atômico

Densidade : 

Densidade é a razão entre a massa de um elemento e seu volume.

Densidade : 

Densidade Os volumes atômicos dos elementos de transição são baixos, quando comparados dos elementos dos grupos 1 e 2 vizinhos.Isso ocorre da ineficiente blindagem da carga nuclear aumentada, que assim atrai todos os elétrons mais fortemente.Além disso,os elétrons adicionados,ocupam orbitais internos.Consequentemente, as densidades dos elementos de transição são elevadas.

P.E E P.F : 

P.E E P.F

P.F e P.E : 

P.F e P.E Os pontos de fusão e de ebulição dos elementos de transição geralmente são muito elevados.Geralmente os elementos de transição fundem a temperaturas superiores a 1.000ºC.Dez desses elementos fundem acima de 2.000ºC, e três acima de 3.000ºC.Contudo há algumas exceções La, Ag, Zn, Cd e o Hg,que é um líquido á temperatura ambiente e funde-se a -38ºC.

Eletropositividade : 

Eletropositividade Muitos desses metais são suficientemente eletropositivo para reagirem com ácidos inorgânicos, liberando H2.

Cor : 

Cor Muitos compostos iônicos dos elementos de transição são coloridos.Em contraste, os compostos dos elementos do bloco s e p são invariavelmente brancos.Quando a luz atravessa um certo material,ela perde aqueles comprimento de onda que são absorvidos.Se a absorção ocorrer na cor visível do espectro, a luz transmitida tem a cor complementar da cor que foi absorvida.

Propriedades magnéticas : 

Propriedades magnéticas Aços elétricos" interessam a dois segmentos econômicos onde o Brasil tem engenharia forte, a siderurgia e a indústria da eletricidade. Um por cento do volume total de aços produzidos anualmente é utilizado por suas propriedades magnéticas.

Propriedades catalíticas : 

Propriedades catalíticas Muitos metais de transição e seus compostos apresentam propriedades catalíticas.Exemplo: Fe o ferro ativado é usado no processo Haber- Bosch de fabricação de Nh3. Pt encontra usos frequentes em conversores de três estágios para gases de escape de automóveis, etc.

Experimentos: : 

Experimentos:

Slide 34: 

1) Reação entre ácido clorídrico e nitrato de prata dando precipitado branco de cloreto de prata.HCl + AgNO3 → AgCl + HNO3 2) O precipitado de cloreto de prata escurece quando exposto à luz. Prata finamente dividida é preta.2AgCl 2Ag + Cl2 3) Reação de ácido clorídrico com zinco liberando gás hidrogênio (efervescência)Zn + 2HCl → ZnCl2 + H2 4) Reação entre sulfato de cobre e hidróxido de sódio dando precipitado azul de hidróxido de cobre.CuSO4 + 2NaOH → Na2SO4 + Cu(OH)2 5) Formação de precipitado verde de hidróxido de ferro II na reação de sulfato de ferro II com hidróxido de sódio.FeSO4 + 2NaOH → Na2SO4 + Fe(OH)2 6) Precipitado vermelho ferrugem de hidróxido de ferro III formado na reação de sulfato de ferro III com hidróxido de sódio.Fe2(SO4)3 + 6NaOH → 3Na2SO4 + 2Fe(OH)3

Abundância : 

Abundância Três dos metais de transição são muito abundante na crosta terrestre.Fe é quarto elemento mais abundante em peso, oTi o nono e o Mn o décimo segundo.Os dez elementos da primeira série de transição são razoavelmente abundantes e constituem 6.79% da crosta terrestre.Os demais elementos de transição são quase todos muitos raros. O Tc não ocorre na natureza.

FERRO ( Fe ) : 

FERRO ( Fe )

Histórico : 

Histórico O ferro é conhecido pelo homem desde épocas remotas, da civilização pré-histórica. O ferro sempre foi largamente utilizado para a produção dos mais diversos utensílios.           OCORRÊNCIA NATURAL:  O ferro é um dos metais mais difundidos na Terra, sendo muito abundante na crosta terrestre. cada tonelada de rocha contém em média 50 kg de ferro. Os maiores produtores mundiais de ferro são os EUA. Existem inúmeros minerais que contêm esse elemento; dentre eles destacam-se: Hematita: Fe2O3 Magnetita: Fe3O4 Pirita: FeS2 Limonita: Fe2O3 . n H2O Siderita: FeCO3

PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS : 

PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS As propriedades mecânicas do ferro e suas ligas tornaram-no indispensável ao desenvolvimento da civilização.           UTILIZAÇÃO:  O ferro é utilizado na metalurgia e na siderurgia, na fabricação de ligas das mais diversas e em vários setores da indústria, na produção de numerosos utensílios.

LANTÂNIO : 

LANTÂNIO Pedras para isqueiros

Características: : 

Características: Nome do elemento: Lantânio Símbolo Químico: La Número Atômico: 57 Peso Atômico: 138,9055 Grupo da Tabela: 3 Configuração Eletrônica: [Xe].5d1.6s2 Classificação: Metal de Transição Interna Estado Físico: Sólido (T=298K) Origem do nome: Do grego "lanthanein" que significa "estar escondido". Introdução: O lantânio é um metal prateado, Maleável e dúctil. É tão macio que pode, facilmente, ser cortado com uma faca. É um dos metais mais reativo entre os chamados "terras raras".O lantânio é o primeiro elemento da série que leva seu nome, a série dos lantanídios e pertence ao grupo 3 da tabela periódica.

HÓLMIO : 

HÓLMIO Laser para oftalmologia

Características : 

Características Nome do elemento: Hólmio Símbolo Químico: Ho Número Atômico: 67 Peso Atômico: 164,93032 Grupo da Tabela: 3 Configuração Eletrônica: [Xe].4f11.6s2 Classificação: Metal de Transição Interna Estado Físico: Sólido (T=298K) Origem do nome: De "Holmia" nome latino de Estocolmo. Introdução: O hólmio é um metal prateado com brilho metálico, relativamente macio e maleável. É estável quando exposto ao ar seco, em temperatura ambiente (T=298K). É o décimo primeiro elemento da série dos lantanídios e pertence ao grupo 3 da tabela periódica.

NEODÍMIO : 

NEODÍMIO Corante para esmaltes

Características : 

Características Nome do elemento: Neodímio Símbolo Químico: Nd Número Atômico: 60 Peso Atômico: 144,24 Grupo da Tabela: 3 Configuração Eletrônica: [Xe].4f4.6s2 Classificação: Metal de Transição Interna Estado Físico: Sólido (T=298K) Origem do nome: Do grego "neos didymos" que significa novo gêmeo. Introdução: O Neodímio é um metal prateado, macio, maleável e dúctil. Em contato com o ar forma um óxido verde, embora seja mais resistente à corrosão que o európio (Eu), lantânio (La), cério (Ce) e neodímio (Nd).O Neodímio é o terceiro elemento da série dos lantanídios e pertence ao grupo 3 da tabela periódica.

NETÚNIO : 

NETÚNIO Elemento radioativo

Características: : 

Características: Nome do elemento: Netúnio Símbolo Químico: Np Número Atômico: 93 Peso Atômico: 237 Grupo da Tabela: 3 Configuração Eletrônica: [Rn].5f4.6d1.7s2 Classificação: Metal de Transição Interna Estado Físico: Sólido (T=298K) Origem do nome: Homenagem ao planeta Netuno. Introdução: O Netúnio é um metal prateado, quimicamente reativo e o primeiro elemento transurânico a ser descoberto na série dos actinídeos, pertence ao grupo 3 da tabela periódica.

PRASEODÍMIO : 

PRASEODÍMIO Lentes para óculos de proteção para soldadores

Características : 

Características Nome do elemento: Praseodímio Símbolo Químico: Pr Número Atômico: 59 Peso Atômico: 140,90765 Grupo da Tabela: 3 Configuração Eletrônica: [Xe].4f3.6s2 Classificação: Metal de Transição Interna Estado Físico: Sólido (T=298K) Origem do nome: Do grego "prasios didymos" que significa gêmeo verde. Introdução: O Prasedímio é um metal prateado, macio, maleável e dúctil. Em contato com o ar forma um óxido verde, embora seja mais resistente à corrosão que o európio (Eu), lantânio (La), cério (Ce) e neodímio (Nd).

ESCÂNDIO ( Sc ) : 

ESCÂNDIO ( Sc ) Histórico

Histórico : 

Histórico O escândio foi descoberto em 1840 por Nilsson.  OCORRÊNCIA NATURAL:  O escândio ocorre frequentemente sob a forma de compostos misturados a diversos minerais ricos em terras raras, como a cerita, a ortita, a monazita e a gadolinita.              PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS: O escândio cristaliza-se em duas formas: uma de estrutura hexagonal compacta e outra cúbica de face centrada. Esta última é a forma estável a altas temperaturas. O metal tem grande capacidade para formação de ligas. Quando aquecido a 450o C durante muitas horas seguidas, em presença de hidrogênio, produz o hidreto, cuja relação estequiométrica entre Sc e H é de 1 : 2,07.

ÍTRIO ( Y ) : 

ÍTRIO ( Y )

HISTÓRICO : 

HISTÓRICO O ítrio foi descoberto em 1749 pelo químico finlandês Gadolin.              OCORRÊNCIA NATURAL: Encontra-se principalmente nos seguintes minerais: Xenotima: YPO4 Gadolinita: Y2FeBe2Si2O10              PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS: O ítrio elementar, assim como o escândio, cristaliza-se em duas formas: uma de estrutura hexagonal compacta e outra cúbica de face centrada. A temperatura de transição de uma forma para outra é de 1530o C. Amostras do metal, em forma finamente dividida, absorvem hidrogênio à temperatura ambiente, formando o YH2. O ítrio inflama no ar quando aquecido a 470o C. O metal é atacado lentamente pela água e facilmente por ácidos diluídos.              UTILIZAÇÃO:  O ítrio pode ser aplicado na preparação de ligas metálicas.

RUTÊNIO ( Ru ) : 

RUTÊNIO ( Ru ) HISTÓRICO:  O rutênio foi descoberto em 1845 por Claus.

OCORRÊNCIA NATURAL : 

OCORRÊNCIA NATURAL Encontra-se, associado à platina e em alguns sulfetos, em pequenas quantidades na Rússia, Bornéu e Brasil. PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS: Insolúvel em todos os ácidos, até mesmo em água-régia, o rutênio reage com cloro elementar dando o cloreto RuCl3 e com bases fundidas, formando uma solução alaranjada de rutenato. O estado de oxidação do rutênio pode variar de II até VIII, embora os mais estáveis sejam III e IV.              UTILIZAÇÃO:  Como catalisador de algumas reações de oxidação.

COBALTO ( Co ) : 

COBALTO ( Co ) HISTÓRICO:  O cobalto foi descoberto em 1735 por Brandt.

OCORRÊNCIA NATURAL : 

OCORRÊNCIA NATURAL Esse metal não é muito difundido na natureza, e geralmente encontra-se associado ao níquel e, às vezes, a minerais de cobre e ferro. Os minerais de cobalto mais importantes são: Esmaltina: CoAs2 Cobaltina: CoAsS

PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS : 

PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS O cobalto comporta-se como um metal bivalente ou trivalente. Os mais importantes compostos de cobalto +2 são o cloreto, o sulfato, o nitrato e o cianeto. Dentre os mais importantes compostos de cobalto +3 estão o hidróxido, o fluoreto, o nitrato e vários tipos de sulfatos mistos de cobalto e outros elementos. O cobalto possui um único isótopo estável (Co59), mas quando bombardeado por nêutrons lentos, esse elemento captura um nêutron e emite raios gama, transformando-se em Co60, usado como fonte radioativa para fins medicinais (bomba de cobalto), especialmente na terapia do câncer.

Utilização : 

Utilização O cloreto cobaltoso (CoCl2), anidro, é um sal de coloração azul. Se, porém, for hidratado, torna-se praticamente incolor, e se for aquecido, o sal perde água novamente e volta à sua coloração azul. Tal propriedade é utilizada para compor as chamadas "tintas invisíveis"; o escrito aparece por aquecimento da superfície onde ela foi aplicada.   O cobalto é utilizado principalmente na preparação de ligas especiais e seus compostos como pigmentos de corantes.

Referências : 

Referências Professor Campelo 2º Período Química Geral Ricardo Feltre 1º ano Química Inorgânica

authorStream Live Help