Aula 7_NB1_2013

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

PowerPoint Presentation:

Aula 7 - Crônica Curso de Português a Distância – Nível Intermediário – B1

PowerPoint Presentation:

O Casamento É impressionante como esse ritual tão antigo nos toca de Walcyr Carrasco Crônica para ler Entro na sacristia embalsamado em um terno preto. O botão está perigosamente apertado sobre minha barriga. Tremo à idéia de que possa estourar como uma rolha de champanhe quando eu estiver no altar. Serei padrinho de casamento de meu amigo Rodrigo. Sou o primeiro a chegar. Precavido, corro para o toalete. Ando fazendo uma dieta sem sal. Diurética. Ai, que medo! Busco o masculino. Só encontro o feminino. Tranco-me lá dentro, já que ninguém está vendo. Quando saio, há uma fila de mulheres na porta. Disfarço. Os outros padrinhos chegam. Todos estão de camisa branca. Menos eu, que vim de azul. Sinto-me horrível. O noivo também chega. Abraça a todos, visivelmente emocionado. Meu amigo Murilo comenta: – Está pingando sangue do seu queixo. Verdade! Havia me cortado ao fazer a barba. Um grupo de madrinhas apressa-se a resolver meu problema. – Bote o lenço! – Tire o lenço! – Jogue água fria! É duro transformar-se no centro das atenções enquanto todo mundo espera! Finalmente, estanca por si mesmo. Respiro aliviado.

PowerPoint Presentation:

O Casamento É impressionante como esse ritual tão antigo nos toca de Walcyr Carrasco Crônica para ler Uma senhora nos chama. Deveremos entrar em cortejo, em uma ordem definida. Dá instruções. – Padrinhos do noivo devem subir para o lado direito do altar! – Ahn? Minha dama resolve: – A gente segue o casal da frente. Se ele errar, erramos juntos! O noivo confidencia: – Estou nervoso. Você não está? – Quem vai casar é você – respondo. – Por que eu estaria? Todos riem. Acho que de nervosismo. A mãe do noivo pede um momento. Está chorando tanto que precisa refazer a maquiagem. Todos aguardam. Saímos em cortejo. Na porta da igreja, a tal senhora dá um empurrãozinho no meu cotovelo. Entro. Oh! Toda a igreja, de pé, me observa. Penso em sorrir. Mas também não posso ficar arreganhando os dentes. Tento fazer uma expressão de beatitude. Que horror! Eu e minha dama somos mais largos que o corredor! Tento manter a dignidade enquanto caminho batendo o nariz nos arranjos de flores. Subimos ao altar. Erro meu lugar, é claro. Minha amiga Rosana, a madrinha da frente, me puxa para o local adequado. Ainda bem que não derrubei um castiçal, incendiando o vestido das madrinhas. Mas quase.

PowerPoint Presentation:

O Casamento É impressionante como esse ritual tão antigo nos toca de Walcyr Carrasco Crônica para ler O noivo, trêmulo. Ouve-se a marcha nupcial. Ouve-se a marcha nupcial. Ouve-se a marcha nupcial. Ouve-se... sim, a marcha nupcial continua sendo ouvida, e nada de a noiva entrar. Deve estar na porta da igreja dando os últimos retoques. Finalmente, as portas se abrem. É uma das noivas mais belas que já vi. Nervosíssima! É entregue ao noivo. Começa a cerimônia. Sermão. Minhas pernas latejam. O padrinho do outro lado está olhando exatamente para trás de mim. Olhar fixo. Será que o teto está prestes a despencar na minha cabeça? Quase viro o pescoço. Consigo me conter. Tenho uma certa dificuldade em parecer um senhor sério e bem-comportado. Entra uma menininha com as alianças. Chorando! O noivo corre a pegá-la. Entrega-a à mãe, também presente no altar. Ouço os “sim”. As alianças são trocadas. O padre canta, em um belo momento. Os noivos choram. A cerimônia termina. Cada um deles vem nos cumprimentar. Sinto uma emoção inesperada. Quando o noivo me abraça, chamando-me de amigo, o meu aperto é forte também. Vejo quanto estão emocionados. As lágrimas escorrem. Percebo, então, como esse ritual tão antigo nos toca, e como os votos adquirem maior valor. Lá do fundo do meu coração brota o desejo sincero de que sejam muito, muito felizes!

PowerPoint Presentation:

O Casamento É impressionante como esse ritual tão antigo nos toca de Walcyr Carrasco Crônica para ler Bate-papo: 1. Em sua opinião o casamento é um órgão falido? 2. Você sonha em casar-se como manda o figurino? 3. Casamento civil e viver junto é a mesma coisa? 4. Por que as pessoas estão deixando de se casar hoje em dia da forma convencional? 5. Por que os casamentos duram tão pouco hoje em dia? 6. Você se casaria por interesse? 7. O que acontece quando as pessoas se casam no seu país? 8. Com quantos anos normalmente os jovens se casam no seu país? 9. Eles se casam no civil e no religioso? 10. Onde e como é realizada a cerimônia? 11. Como é festejado o casamento? 12. Que tipo de presentes se costuma dar? 13. Quanto tempo costuma durar a lua de mel?

PowerPoint Presentation:

Aula 5 - Verbos Complete com os verbos seguindo o modelo: 1 Dormir Eles dormiram se eu dormisse 2 Fazer Eles ________ se ela ________ 3 Pôr Eles ________ se nós ________ 4 Poder Eles ________ se você ________ 5 Ver Eles ________ se a Tati ________ 6 Vir Eles ________ se ele ________ 7 Dizer Eles ________ se eles ________ 8 Ir Eles ________ se eu ________ 9 Estar Eles ________ se a gente ________ 10 Querer Eles ________ se nós ________ 11 Saber Eles ________ se vocês ________ 12 Ter Eles ________ se o João ________ Pretérito Imperfeito do Subjuntivo: É obtido pela eliminação da desinência – RAM da terceira pessoa do plural do Pretérito Perfeito do Indicativo (eles) acrescentando-se SSE / SSE/ SSEMOS / SSEM

PowerPoint Presentation:

Aula 7 - Música Curso de Português a Distância – Nível Intermediário – B1

PowerPoint Presentation:

Compreensão da Música Eu e Você Sempre - Jorge Aragão - https://www.youtube.com/watch?v=OecgJ9j4Q5c Aula 4 Compreensão Quais seriam possíveis equivalências para estas expressões? 1. Logo, logo, assim que puder . 2. Nem que faça um tempo ruim 3. sei lá 4. Se eu tivesse o dom de fugir 5. feito um pé de vento . 6. Aí foi que o barraco desabou .

authorStream Live Help