BIOFARM�CIA

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Slide 1: 

Aula 5 Biofarmácia Tecnologia Farmacêutica 1 Prof. Dr. Newton Andréo Filho

DEFINIÇÃO : 

DEFINIÇÃO Definição: estudo dos fatores fisiológicos e farmacêuticos que influenciam a liberação do fármaco da forma farmacêutica e a sua absorção pelo organismo. Fatores fisiológicos ? condições do organismo para absorção* (transporte através de membranas), distribuição, metabolização e excreção ? FARMACOCINÉTICA Fatores farmacêuticos ? propriedades físico-químicas dos fármacos e excipientes e características da forma farmacêutica. BIOFARMÁCIA

Slide 3: 

FASE FARMACOTÉCNICA MEDICAMENTO FASE BIOFARMACOTÉCNICA ORGANISMO Liberação do fármaco de sua forma farmacêutica FASE FARMACOCINÉTICA Absorção Distribuição Metabolismo Excreção FASE FARMACODINÂMICA Interação do fármaco com o receptor EFEITO FARMACOLÓGICO BIOFARMÁCIA

Slide 4: 

BIOFARMÁCIA BIODISPONIBILIDADE A biodisponibilidade é uma propriedade biológica que se refere: à QUANTIDADE de fármaco absorvido a partir da forma farmacêutica administrada e à VELOCIDADE do processo de absorção. Indica a VELOCIDADE e a EXTENSÃO pelas quais um fármaco é absorvido, a partir de sua forma de dosagem, e torna-se disponível no local de ação.

Slide 5: 

BIOFARMÁCIA

Slide 6: 

BIOFARMÁCIA Fatores responsáveis pela entrada do fármaco no organismo em nível sistêmico Via de administração Forma farmacêutica Velocidade de liberação do fármaco de sua forma farmacêutica - Dissolução Permeação do fármaco através das membranas biológicas Distribuição no organismo e nos líquidos corporais Tipo, quantidade e velocidade dos processos de biotransformação Processos de eliminação Farmacogenética Condições fisiopatológicas

Slide 7: 

BIOFARMÁCIA

Slide 8: 

BIOFARMÁCIA CLASSE 1: Alta solubilidade Alta permeabilidade CLASSE 2: Alta solubilidade Baixa permeabilidade CLASSE 3: Baixa solubilidade Alta permeabilidade CLASSE 4: Baixa solubilidade Baixa permeabilidade Classificação Biofarmacêutica

Slide 9: 

BIOFARMÁCIA Desorganização da Forma Farmacêutica e Solubilização

Slide 10: 

BIOFARMÁCIA Estrutura da membrana biológica

Slide 11: 

BIOFARMÁCIA Absorção: passagem do fármaco do local em que foi administrado até a corrente sangüínea. quantidade de fármaco que atinge a corrente sangüínea sem ser modificado. Principais mecanismos de absorção: Difusão passiva de fármacos hidrofílicos Difusão passiva de fármacos lipofílicos Transporte ativo de fámacos Pinocitose e fagocitose Difusão facilitada de fármacos

Slide 12: 

BIOFARMÁCIA QUAIS OS FATORES BIOFARMACÊUTICOS QUE AFETAM A DISSOLUÇÃO E/OU A ABSORÇÃO? Fatores relacionados às características físico-químicas do fármaco Solubilidade em água (caráter hidrofílico/lipofílico) Coeficiente de partição, pKa Taxa de dissolução Formação de sal Tamanho de partícula (área e forma) Cristalinidade e polimorfismo (Forma amorfa é mais solúvel que a forma cristalina) Estados de hidratação e solvatação (Forma anidra mais solúvel - teofilina; ampicilina; Forma hidratada mais solúvel - carbamazepina e eritromicina) Fatores estereoquímicos

Slide 13: 

BIOFARMÁCIA QUAIS OS FATORES BIOFARMACÊUTICOS QUE AFETAM A DISSOLUÇÃO E/OU A ABSORÇÃO? Fatores relacionados às características físico-químicas do fármaco

Slide 14: 

BIOFARMÁCIA QUAIS OS FATORES BIOFARMACÊUTICOS QUE AFETAM A DISSOLUÇÃO E/OU A ABSORÇÃO? Fatores relacionados às características farmacêuticas Fatores relacionados à forma farmacêutica Via de administração; Posologia A velocidade de dissolução aumenta na ordem: comprimidos revestidos e drágeas; comprimidos; cápsulas; pós; suspensões; emulsões. Grau de molhabilidade da superfície da forma farmacêutica. Porosidade – permeação do líquido Característica de liberação: liberação imediata, dissolução rápida, liberação modificada (prolongada, sustentada, retardada, repetida, etc.)

Slide 15: 

BIOFARMÁCIA QUAIS OS FATORES BIOFARMACÊUTICOS QUE AFETAM A DISSOLUÇÃO E/OU A ABSORÇÃO? Fatores relacionados às características farmacêuticas

Slide 16: 

BIOFARMÁCIA QUAIS OS FATORES BIOFARMACÊUTICOS QUE AFETAM A DISSOLUÇÃO E/OU A ABSORÇÃO? Fatores relacionados às características farmacêuticas

Slide 17: 

BIOFARMÁCIA QUAIS OS FATORES BIOFARMACÊUTICOS QUE AFETAM A DISSOLUÇÃO E/OU A ABSORÇÃO? Fatores relacionados às características farmacêuticas Fatores relacionados à formulação – excipientes: natureza química; interferência na absorção; quantidade empregada na formulação. Exs: Diluentes (sulfato de cálcio e lactose - cápsulas de fenitoína) Aglutinantes (derivados de celulose e amido) Tensoativos (LSS e polissorbato 80) Lubrificantes (estearato de magnésio e LSS) Desintegrantes (derivados de celulose e amido glicolato de sódio) Revestimentos (Resinas acrílicas - Eudragit®; filmes vinílicos, filmes celulósicos)

Slide 18: 

BIOFARMÁCIA QUAIS OS FATORES BIOFARMACÊUTICOS QUE AFETAM A DISSOLUÇÃO E/OU A ABSORÇÃO? Fatores relacionados às características farmacêuticas Fatores tecnológicos Força de compressão Temperatura e tempo de secagem Tempo e velocidade de mistura dos componentes Tipo de granulação Velocidade de homogeneização Força de agitação (cisalhamento) Processos de resfriamento

Slide 19: 

BIOFARMÁCIA QUAIS OS FATORES BIOFARMACÊUTICOS QUE AFETAM A DISSOLUÇÃO E/OU A ABSORÇÃO? Fatores fisiológicos Permeabilidade à membranas Trânsito no TGI – motilidade Sítio específico de absorção Metabolismo pré-absorção Metabolismo hepático Secreção biliar Excreção renal Ligação à proteína plasmática Acúmulo em tecidos

Slide 20: 

BIOFARMÁCIA Bibliografia LACHMAN, L., LIEBERMAN, H.A., KANIG, J.L. Teoria e Prática na Indústria Farmacêutica. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2001, v.1, cap. 9, p. 341 AULTON, M.E. Delineamento de Formas Farmacêuticas. Porto Alegre: Artmed, 2005, capítulos: 15 – 20.

authorStream Live Help