VITER e LIMA. Letramento Digital - Práticas de Produção Escrita em Lín

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

PowerPoint Presentation:

Letramento digital: práticas de produção escrita em língua estrangeira Carla de Almeida Lima (UFRJ ) Luciana Nunes Viter (UFRJ/FAETEC)

Ensino de LE :

Ensino de LE

Competências :

Competências (CANALE & SWAIN, 1980 apud DIAS, 2003)

Estratégias :

(BRASIL, 1996; 1998; 1999 ) Estratégias

Visão Sistêmica:

Visão Sistêmica

Produção escrita:

Produção escrita Conjunto diversificado de práticas sociais  situadas que envolvem a escrita e outras modalidades de linguagem necessárias para a participação efetiva em espaços sociais e profissionais que envolvem a linguagem (SOARES, 2004 / ROJO, 2009).

As NTICs e a linguagem digital:

As NTICs e a linguagem digital

PowerPoint Presentation:

Novos espaços e formas de interação; Novas formas de colaboração; Possibilidade de pesquisas on-line; Novas oportunidades para o aprendizado de LE.

Novos gêneros textuais: Gêneros Digitais:

Novos gêneros textuais: Gêneros Digitais Novos tipos de letramentos: L etramento Digital

Letramento digital ou eletrônico/ Ciberletramento:

Letramento digital ou eletrônico/ Ciberletramento “estado ou condição que adquirem os que se apropriam da nova tecnologia digital e exercem práticas de leitura e de escrita na tela” (SOARES, 2002); “tipo de conhecimento que permite ao indivíduo inserir-se nas práticas letradas da era digital” (KAPLAN, 1995; SELFE, 1989 apud BUZATO, 2001); “tipo de conhecimento que permite ao leitor/escritor cibernético exercer a prática social da leitura e da escrita mediada eletronicamente” (BUZATO, 2001).

PowerPoint Presentation:

O letramento tradicional é condição indispensável para o letramento eletrônico. Não se pode conceber um sem o outro. (BUZATO, 2001; COSCARELLI, 2005) Se o aluno deve ser capaz de usar a língua escrita na vida em sociedade, a tecnologia entra como um dos aspectos a serem ensinados e contextualizados na escola. (COSCARELLI, 2005)

Contexto da Pesquisa:

Contexto da Pesquisa Instituição: Faculdade de Letras da UFRJ Curso: Graduação – Letras (Português/Inglês) Disciplina semipresencial: Prática Escrita 1 ( Profª Paula Szundy ) Turma: heterogênea – 34 alunos Ferramentas utilizadas no ambiente on-line: fórum (4), vídeo e posterior discussão em fórum já aberto (1), tarefa (envio de um arquivo – 7), disponibilização de textos teóricos (repositório -11)

Ensino de LE mediado por computador Abordagens :

Ensino de LE mediado por computador Abordagens ( Warschauer (1996) )

Sistemas de Gestão de Aprendizagem:

Sistemas de Gestão de Aprendizagem Conjuntos integrados d e aplicativos especificamente concebidos para construção de espaços digitais de aprendizagem ( Haguenauer e Mussi ) 2009).

PowerPoint Presentation:

SGA de código aberto e distribuição livre mais amplamente utilizado no mundo, onde se integram diversas ferramentas Para construção de ambientes digitais de aprendizagem.

PowerPoint Presentation:

Plataforma Moodle para componentes on-line dos cursos da Faculdade de Letras da UFRJ, implementada e gerida pelo Núcleo de Pesquisas Lingnet , com interface e recursos personalizados.

Visão geral do ambiente digital da disciplina:

Visão geral do ambiente digital da disciplina

Fórum “Writing in English” (Aula 1):

Fórum “ Writing in English ” (Aula 1)

Fórum “English as lingua franca” (Aula 6):

Fórum “ English as lingua franca” (Aula 6)

Conclusões:

Conclusões Os alunos demonstraram grande interesse no processo de construção colaborativa de conhecimento a partir das ferramentas utilizadas, em especial pela possibilidade de “ peer review ”; A plataforma propiciou compartilhamento de experiências/informações relacionados à prática escrita anterior dos alunos e às suas expectativas de aprendizagem; As ferramentas digitais facilitaram as práticas relacionadas à produção de escrita acadêmica discutidas nos momentos presenciais do curso (paráfrase, citação, problematização , etc.) ;

Sugestões:

Sugestões Testar novos usos para ferramentas já conhecidas e disponíveis na plataforma, variando seus diferentes formatos e configurações. Experimentar ferramentas inéditas no contexto da disciplina e disponíveis na plataforma, em especial as que facilitam dinâmicas colaborativas, como wiki e glossário; Explorar as possibilidades da WEB 2.0 integrando recursos externos como recursos multimídia ao ambiente do curso ;

Referências Bibliográficas:

Referências Bibliográficas BRASIL, Lei Nº 9.394 – Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional, 20 de Dezembro de 1996. BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Estrangeira - 5ª. - 8ª. série. Brasília: MEC/SEF, 1998. BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Brasília: MEC/SEF, 1999. BUZATO, Marcelo. O Letramento Eletrônico e o Uso do Computador no Ensino de Língua Estrangeira: Contribuições para a Formação de Professores. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada. 2001. 122 f. Instituto de Estudos da Linguagem, UNICAMP, Campinas, SP. Disponível em: < http://ead1.unicamp.br/e-lang/publicacoes/down/00/00.pdf > COSCARELLI, C. V., Ribeiro, Ana Elisa ( Orgs ). Letramento Digital: aspectos sociais e possibilidades pedagógicas. Belo Horizonte: Autêntica, 2005. DIAS, R. Proposta Curricular de Língua Estrangeira do Estado de Minas Gerais. 2003. Disponível em: http://www.letras.ufmg.br/profs/reinildes/dados/arquivos/propostacurricularmg.pdf

PowerPoint Presentation:

HAGUENAUER, C.; MUSSI, M. V.; CORDEIRO FILHO, F. Ambientes Virtuais de Aprendizagem: Definições e Singularidades. Educaonline , v. 3, n. 2, 2009. ROJO, Roxane . Letramentos múltiplos, escola e inclusão social. São Paulo: Parábola Editorial, 2009. SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura . Educ. Soc. [online]. 2002, vol.23, n.81, pp. 143-160. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v23n81/13935.pdf SOARES, Magda. Letramento e Alfabetização: as muitas facetas. Revista Brasileira de Educação, Jan. Fev. Mar. Abr/2004, pp. 5-17. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n25/n25a01.pdf WARSCHAUER M. (1996) "Computer Assisted Language Learning: an Introduction“. In Fotos S. (ed.) Multimedia language teaching , Tokyo: Logos International: 3-20.

authorStream Live Help