Inês Abreu e Inês Freitas 3ºAno Aparelho Digestivo

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Trabalho realizado por: :

Aparelho Digestivo

Trabalho realizado por: :

Boca A boca faz parte do sistema digestivo como abertura anterior do tubo digestivo dos animais e onde inicia-se o processo da digestão no homem. Geralmente localiza-se na parte frontal da cabeça do animal . A boca é formada pelos dentes, língua, gengiva, palato – céu da boca –, bochecha e lábios. Esse grupo é responsável pelo início da digestão . Um adulto tem 32 dentes e uma criança tem em sua dentição decídua ou primária 20 dentes. A função dos quatro incisivos, que ficam na parte da frente da arcada, é cortar a comida.

Trabalho realizado por: :

Glândulas Salivares As glândulas salivares localizam-se no interior e também em torno da cavidade bucal tendo como objetivo principal a produção e secreção da saliva.

Trabalho realizado por: :

Faringe A faringe é a porção da anatomia que conecta o nariz e a boca à laringe e ao esôfago. É um canal comum ao aparelho digestivo e ao aparelho respiratório. De modo geral entre os mamíferos a faringe é ponto de encontro entre estes dois aparelhos .

Trabalho realizado por: :

Esófago O esófago (português europeu) ou esôfago (português brasileiro) é um canal que conduz o alimento até o estômago. O esôfago é um conduto musculoso de contrações involuntárias, controladas pelo sistema nervoso autônomo, que, dando continuidade ao trabalho da faringe, levam o alimento até o estômago .

Trabalho realizado por: :

Estômago O estômago é um órgão presente no tubo digestivo, situado logo abaixo do diafragma, mais precisamente entre o esôfago e o duodeno. Nele, os alimentos são pré-digeridos e esterilizados, a fim de seguirem para o intestino, onde são absorvidos.

Trabalho realizado por: :

Fígado Fígado é a maior glândula e o segundo maior órgão do corpo humano. Funciona tanto como glândula exócrina, liberando secreções num sistema de canais que se abrem numa superfície externa, como glândula endócrina, uma vez que também libera substâncias no sangue ou nos vasos linfáticos.

Trabalho realizado por: :

Pâncreas O pâncreas é uma glândula de aproximadamente 15 cm de extensão fazendo parte do sistema digestivo e endócrino dos seres humanos que se localiza atrás do estômago e entre o duodeno e o baço. Ele é tanto exócrino suco pancreático, que contém enzimas digestivas) quanto endócrino (produzindo muitos importantes , como insulina, glucagon e somatostatina ). Divide-se em cabeça, corpo e cauda. O pâncreas é um órgão produtor de enzimas, proteínas que aumentam a rapidez das transformações químicas.

Trabalho realizado por: :

Vesícula Biliar A vesícula biliar é um órgão presente no organismo humano em forma de pera. Armazena até 50 ml de bile, que é utilizada no sistema digestivo, não sendo responsável por sua produção.

Trabalho realizado por: :

Intestino Delgado O intestino delgado é a parte do tubo digestivo que vai do estômago (do qual está separado pelo piloro) até o intestino grosso (do qual está separado pela válvula ileocecal ). O quimo, que resulta de uma primeira transformação dos alimentos no estômago, segue para o intestino delgado passando pelo duodeno, a parte superior deste último .

Trabalho realizado por: :

Intestino Grosso O intestino grosso (simplificadamente e erroneamente chamado de cólon) é a parte final do tubo digestivo. É responsável pelo importante processo de absorção da água, o que determina a consistência do bolo fecal. Possui uma rica flora bacteriana .

Trabalho realizado por: :

Reto O reto (AO 1945: recto) é a porção final do intestino grosso, a qual se inicia no ângulo obtuso da alça sigmóide e termina no canal anal. Como a própria denominação deixa claro, é um canal retiforme (sem curvas) com comprimento aproximado de 15 cm (18 cm no total, se somada a ele a extensão do canal anal ).

Trabalho realizado por: :

Ânus Nos seres humanos, o ânus é o orifício no final do intestino grosso por onde são eliminadas as fezes e gases intestinais. Em zoologia, chama-se região anal à porção do corpo de um animal onde está localizado o ânus. No ser humano, trata-se de uma abertura reguladora da saída das fezes, que são constantemente empurradas pela musculatura lisa do intestino. Localiza-se entre as nádegas, sendo um orifício de pequenas dimensões . Nas sociedades modernas, quando os homens defecam, geralmente limpam a região com papel higiênico

Trabalho realizado por: :

Trabalho realizado por: Inês Abreu 3º Ano Inês Freitas 3ºAno

authorStream Live Help