Ambiente_Pessoal_de_Aprendizado_APA

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Ambiente Pessoal de Aprendizado  APA:

Ambiente Pessoal de Aprendizado APA Mudança de foco na Educação O que deve conter Possibilidades de realização

Slide 2:

Internet - Cada vez mais o Habitat Virtual Espaços Recursos multimídia Grande massa de informações: conteúdos, mídias sociais Conversas nas redes sociais Ferramentas pessoais: editores de texto, imagens, apresentações pessoas organizações Pessoas Indivíduos Grupos Comunidades Múltiplos e diversificados Blogs. redes sociais, sites

Slide 3:

Pessoas sem seus Nichos de Sobrevivência Sem identidade no seus habitats Perdidas na rede Sem parceiros ou amigos Espreitadores Consumidores de informação Geração do copiar e colar

Slide 4:

Como aprender em rede ? Como usufruir dos recursos existentes para aprimorar seu processo de aprendizado ? Como assumir e dirigir o seu próprio processo de aprendizado ? Como compatibilizar o aprendizado formal e o informal ?

Slide 5:

Processo educacional atual Controle absoluto nas mãos do Professor Tecnologias voltadas para o Ensino Quem faz apresentações (com o Powepoint) ? Quem resolve problemas (no quadro negro) ? Quem faz sínteses da matéria (na apostila) ? Quem define o que e como fazer (no Moodle) ? Quem aprende mais ?

Slide 6:

Já em 1970, Illich defendia o uso da tecnologia com redes sociais, para sermos mais focados em comunidades  e na capacidade de responder a mudanças O filosofo anarquista Ivan Illich preconiza uma Sociedade sem escolas : Elas trazem mais problemas do que soluções. Os males da escola atual ultrapassam em muito os seus benefícios. Escolas funcionam como fábricas,  são compulsórias, hierarquizadas, são orientadas para medidas (notas), tem currículos fixos e impostos.

Slide 7:

Possibilidades de mudanças no processo educacional Compartilhamento do controle do Professor para o Aluno o Grupo a Comunidade do Conteúdo para Compartilhamento do Conhecimento o Diálogo a Conversa a Co-construção da Exposição para Colaboração Compartilhamento de experiências

Slide 8:

Tipos de Tecnologias do Conhecimento Distributivas Interativas Integrativas Sociais Permitem experiências diferentes, na medida que favorecem a colocação do controle em diferentes mãos, mudando as estruturas de poder Permitem diferentes tipos de interação entre pessoas, individual ou coletivamente Levam a diferentes níveis de conhecimento, de uma simples assimilação pessoal a uma validação numa comunidade de especialistas

Slide 9:

Tecnologia Distributiva 1 --> 1 Remessa de um email para uma pessoa 1 --> N Programa de TV Vídeo no Youtube Página HTML simples Slides em Powerpoint N --> M Livros numa biblioteca Site P2P Comunicação unidirecional Permite o controle para o autor , o apresentador, o publicador, o compartilhador Leva a um leitor, receptor passivo Adequada para a transferência de informação ( seqüencial ) Dá poder a um professor sobre seus alunos Nível de Interação

Slide 10:

Tecnologia Interativa 1<--> 1 Telefonema Programas educativos Editor de texto Troca de email entre duas pessoas Comunicação de um para um bidirecional Permite o controle a ambas as partes , o editor, o programador (com o computador) Leva a um leitor isolado Permite aquisição de habilidades mentais ( relacional ) Dá poder ao aluno na construção do seu próprio conhecimento Nível de Interação

Slide 11:

Tecnologia Integrativa 1 <--> N eGrupo do Yahoo Fórum fechado Chat fechado Cursos no Moodle Leitor de RSS Comunicação de um para muitos bidirecional Permite a concessão do controle a um grupo ( fechado, com direção ) Leva a um autor/leitor ativo dentro de um certo contexto Permite a criação de novos esquemas mentais Altera o poder do professor , de apresentador para facilitador Nível de Interação

Slide 12:

Tecnologia Social N <--> M Rede social Orkut Flickr Bookmarking social Comunicação de muitos para muitos bidirecional Permite a concessão do controle a comunidades ( abertas, sem direção formal ) Leva a um autor/leitor participativo na sua realidade Permite a valorização e atualização do conhecimento e a criação de uma inteligência coletiva Ambiente que favorece o aprendizado informal , o poder na mão de todos Nível de Interação

Slide 14:

Uso das Tecnologias, Controle e Níveis de Conhecimento

Slide 15:

Tecnologias para o Aprendizado Ferramentas Pessoais Editores de Texto Editores de Mapas Mentais Jogos Educacionais Conteúdos Digitais Sites educacionais Dicionários, Glossários Enciclopédias, Atlas Bibliotecas Digitais EBooks, Artigos Vídeos, Podcasts Simuladores Sistemas de Gerência de Conteúdos Gerência de Aprendizado Videoconferência Portfolios

Slide 16:

Suporte do aprendizado individual e coletivo em múltiplos contextos Promoção da auto-direção (autonomia) dos aprendizes, a sua participação colaborativa e social. O acesso, a  formatação e representação das tecnologias e o processo de sua  apropriação  como parte do próprio processo de aprendizado. Currículo  não   imposto, mas construído e negociado  em tempo real pelas contribuições dos envolvidos  no processo de aprendizagem. Ambiente Pessoal de Aprendizado Uso das tecnologias com o foco no aprendiz Integração dos recursos da web necessários ao processo de aprendizado (favorecido pela web 2.0)

Slide 17:

São construídos por um indivíduo e usados por ele no dia a dia de seu aprendizado Coleções de ferramentas acopladas de forma não rígida, usadas para trabalho, reflexão, compartilhamento, colaboração com os pares, visando o aprendizado   e o desenvolvimento em comunidades. Conjuntos de diferentes aplicações da web e vários outros recursos de aprendizado obtidos de diversos contextos para efeito de estudo Ambientes Pessoais de Aprendizado - Definição (PLE - Personal Learning Environment) .

Slide 18:

São por definição individuais, colocando o aprendizado na mão de interessados em resolver os problemas do trabalho ou da escola. Apesar de individuais, eles podem agregar ferramentas e serviços de comunicação e compartilhamento de conhecimento em redes sociais Não é uma aplicação em si ou um sistema de software, mas uma montagem pessoal que suporta uma nova modalidade de aprendizagem, induzida por tecnologias ubíquas e sociais. Ambientes Pessoais de Aprendizado - Características

Slide 19:

Mapeamento Esquemas ( mapas mentais) ou referências (wikipedia) conceituais Demonstração Exemplos (imagens), casos de uso (no trabalho), aplicações (estudos de casos) Prática Guias (práticas), ajudas de trabalho,  jogos e simulação, Reflexão Reflexões guiadas (apresentações), compartilhamento de informações (blogs), de conhecimentos em comunidades (fóruns) Componentes de um APA

Slide 20:

Onde ele pode exercer Escolha Identidade Criatividade / Inovação Onde demonstra o seu perfil: Resolução de problemas, desenvolvimento de projetos, Perfis,  portfolios Ambiente Pessoal de Aprendizado Nicho de Sobrevivência do Aprendiz

Slide 21:

Ambiente Pessoal de Aprendizado como um Nicho de Sobrevivência dos Aprendizes

Slide 22:

Integram o aprendizado pessoal e o coletivo Permitem a criação de um sentimento de posse (auto controle) por parte dos aprendizes Favorecem uma presença social nos ambientes de colaboração Fomentam o auto-direcionamento e a reflexão Integram  o estudo formal com a vida fora da instituição educacional Podem ser adaptados e atualizados  de acordo com as necessidades de cada aprendiz Registram os caminhos e os artefatos gerados no processo de aprendizado Podem ser usados ao longo da vida, não somente em ambientes escolares É um ambiente de experimentação em termos tecnológicos e de aprendizagem Favorecem ao aprendiz  o domínio da complexidade dos espaços e estruturas da web Vantagens de Utilização dos PLEs

Slide 23:

Exigem a prática na utilização das ferramentas, ambientes e serviços componentes A sua utilização exige a evolução de diversas competências até a participação plena dos aprendizes A diversidade, a distribuição, as incompatibilidades dos ambientes e artefatos da web, cada vez mais caótica A exposição pública de ambientes que são considerados como privados pelos jovens e seus pares Necessidade de mudança de postura individual e isolada para uma visão do interesse comunitário Necessidade de  ambiente de integração dos diversos componentes a serem utilizados Dificuldades na Utilização dos PLEs

Slide 24:

Opções Existentes Páginas HTML (sites convencionais,) Ambientes de colaboração (redes sociais, wikis, ou mesmo blogs ) Agregadores sociais ( páginas iniciais, leitores de feeds coletivos) Navegadores (instalados no computador) A construção de um PLE A escolha da aplicação de integração dos recursos de aprendizado

Slide 25:

APA como uma Página Inicial (Netvibes) Painel Identificação Abas Componentes Blog Acesso através de RSS Email Widget de Gmail Hospedagem online Documentos-Docs Arquivos -Dropbox Acesso através de widgets Comunicação Widget do Twitter Acesso direto a sites Endereços HTTP Feeds RSS Compartilhamento Social Acesso direto ao Facebook, Twitter Bookmarking Social Widget do Delicious Mídias Sociais Widgets do Youtube Widgets de slideshow de grupos do Flickr Wikis coletivos Widgets do Wikispaces Agregação Social Widgets do Friendfeeds Buscas Sites Mídias

Slide 26:

A sociedade desescolarizada de Illich pode hoje  ser alcançada com  as ferramentas da web, além da criação de currículos criativos. Ambientes Pessoais de Aprendizado: podem ser  o começo da desescolarização da sociedade preconizada por Illich. Professor Steve Wheeler da Faculdade de Educação da  Universidade de Plymouth Illich como outros "anarquistas" permitem que vejamos o mundo de uma outra maneira O Desafio dos APAs

Slide 27:

" Colocando as pessoas em rede para negociar significado que seja relevante no seu próprio contexto e de acordo com suas necessidades e desejos é muito mais importante do que a simples instrução. Com isso estaremos, não derrubando os prédios das escolas, mas  colocando o que elas tem de bom em cada espaço de aprendizado, qualquer coisa que seja e qualquer forma que  possa ter." Steve Wheeler

authorStream Live Help