Direitos das crianças

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Direitos das crianças : 

Direitos das crianças Trabalho realizado por: Alexandre – n.º1; José – n.º16; Pedro – n.º22. 7.ºB

Direitos das crianças : 

Direitos das crianças Trabalho realizado para: Área de Projecto Orientação do professor: Carlos Santos Escola: E.B. 2/3 de Canidelo Ano lectivo: 2008/09 V.N.Gaia 2008

Índice : 

Índice Capa --------------------------------------------------------------- Slide 1 Página de Rosto --------------------------------------------------- Slide 2 Índice --------------------------------------------------------------- Slide 3 Introdução ---------------------------------------------------------- Slide 4 Convenção dos Direitos das Crianças ----------------------------- Slide 5 Os Direitos das Crianças ------------------------------------------ Slide 6 Venda e violação de crianças -------------------------------------- Slide 7 Apresentação de Resultados -------------------------------------- Slide 8 Conclusão --------------------------------------------------------- Slide 14 Bibliografia -------------------------------------------------------- Slide 15

Introdução : 

Introdução O dia 1 de Junho é o Dia Mundial da Criança. Para lembrar esta data, foi-nos proposto elaborar um trabalho acerca dos Direitos das Crianças. É claro que este trabalho não esgota tudo o que se pode dizer sobre este tema. Este trabalho não vai mudar nada do que todos os dias acontece mas, pelo menos, serviu para que nós víssemos como somos felizes, comparado com o que acontece a muitas crianças, em todo o mundo. Esperemos que gostem do nosso trabalho, e vamos começar.

A Convenção dos Direitos das Crianças2 : 

A Convenção dos Direitos das Crianças2 Em consequência da Convenção dos Direitos do Homem, aprovada na ONU1 (Organização das Nações Unidas), surgiu, a 20 de Novembro de 1989, a CDC2, constituída por Direitos civis, políticos, económicos, sociais e culturais. Só a Somália e os EUA não a ratificaram. Portugal ratificou-a a 21 de Setembro de 1990. A CDC é constituída por 54 artigos, divididos em 4 categorias de Direitos, relativas à sobrevivência, ao desenvolvimento, à protecção e à participação. Fig. 1) Criança a brincar, um dos direitos que as crianças deviam ter. (1

Os Direitos das CriançasAs frases que se seguem são alguns Direitos da Criança: : 

Os Direitos das CriançasAs frases que se seguem são alguns Direitos da Criança: Todas as pessoas com menos de 18 anos são considerados crianças. Tens direito à Vida, seja qual for a tua raça, sexo, religião ou língua. Tens direito a um nome, a ser registado, a uma nacionalidade e o direito de conheceres e seres educado pelos teus pais. Deves manter a tua Identidade própria e as tuas ideias. Não deves ser raptado, mas se isso acontecer, o governo deve fazer o possível para te libertar. Tens direito a dar a tua opinião, descobrir coisas e dizer o que pensas. Tens direito à liberdade de pensamento, de te reunires com outras pessoas , à privacidade, a protecção, ensino, cuidados especiais, educação, cuidados médicos, a ser informado, autónomo, responsável, tolerante e respeitador e tens direito a um nível digno de Vida.

Venda e Violação de Crianças : 

Venda e Violação de Crianças Como já referimos, Criança é todo o Ser Humano com menos de 18 anos. No entanto, todos os dias e por toda a parte, milhares de crianças são tratadas como adultos, pois trabalham como adultos e, até fazem guerra como adultos. Nas imagens que se seguem, mostramos o que acabamos de dizer: Fig. 2) Crianças a puxarem barcos e redes na labuta de pesca. Fig. 3) Criança a trabalhar na agricultura

Slide 8: 

O artigo 6.º reconhece à criança o direito inerente à vida. Mas todos os dias são feitos abortos a fetos que já são crianças perfeitas, embora ainda precisem de terminar o seu desenvolvimento na barriga da mãe. Como é possível esse direito à vida se todos os dias morrem milhares de crianças com fome, porque os governantes de alguns países gastam em armas, mansões de luxo, aviões e viagens, o dinheiro que deveria ser gasto na alimentação e no ensino para as crianças. O "preço" de cada uma das 60 milhões de crianças vítimas do tráfico de menores na Índia, oscila entre 9 e 40 euros, segundo a ONG Bachpan Bachao Andolan (BBA), uma situação insustentável contra a qual se manifestaram milhares de pessoas na capital da Índia. Fig. 4– Criança sub-nutrida, incapaz de se mover por si mesma, permanecendo à espera da morte.

Slide 9: 

Opinião do grupo: Esta, ao que parece, foi uma pergunta difícil, pois só 14% da turma acertou (parte colorida a azul). Quando surgiu a Convenção dos Direitos da Criança? R.: A Convenção surgiu a 20 de Novembro de 1989.

Slide 10: 

Opinião do grupo: Mais de metade da turma respondeu correctamente a esta questão tendo, provavelmente, sido uma pergunta fácil. Cada criança custa menos de 40 euros na Ásia. R.: Esta afirmação é verdadeira.

Slide 11: 

Quantos artigos tem a Convenção? Opinião do grupo: Esta era uma questão simples, da nossa parte mas, metade da turma errou. R.: A Convenção é constituída por 54 artigos.

Slide 12: 

Quando é que um Ser Humano é considerado criança? Opinião do grupo: De certeza que a turma pensava que uma criança tem menos de 13 anos mas, pensaram mal, tem menos de 18 anos. R.: O Ser Humano é considerado criança quando tem – de 18 anos.

Slide 13: 

Quando se celebra o Dia Mundial da Criança? Opinião do grupo: Esta foi, sem dúvida nenhuma, uma pergunta facílima pois, como podem ver, a maioria já sabia responder a esta questão. R.: O Dia Mundial da Criança é celebrado a 1 de Junho.

Slide 14: 

Achas que se deva fazer mal às crianças? Opinião do grupo: Tal como a pergunta anterior, esta também foi uma pergunta facílima mas, esta era à vossa escolha.

Conclusão : 

Conclusão Por aquilo que apresentámos neste trabalho, há um caminho muito grande a percorrer e, mesmo junto de nós. Gostaríamos que o nosso trabalho mostrasse coisas bonitas e alegres, mas não é possível fechar os olhos ou olhar para o lado, quando tanta coisa má acontece à nossa volta. Todos devíamos tentar ajudar estas crianças que vivem horrores todos os dias. Esperemos que tenham gostado do nosso trabalho e agradecemos a vossa atenção e colaboração. Fig. 5) Crianças felizes.

Bibliografia : 

Bibliografia http://www.unicef.pt http://web.educom.pt http://web.rcts.pt http://www.apfn.com.pt http://www.júnior.TE

authorStream Live Help