1_Historico_e_Escolas

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Aspectos Psicológicos do Turismo : 

Aspectos Psicológicos do Turismo Breve histórico da Psicologia Principais Escolas da Psicologia

Você conseguiria dizer.... : 

Você conseguiria dizer.... Você é uma pessoa tímida ou expansiva? Como se sentiu quando passou no vestibular? Como se sentiu quando seu último relacionamento terminou ? Em que situações sente saudades de casa?

Você conseguiria dizer.... : 

Você conseguiria dizer.... Como é o seu relacionamento com os seus pais? Como é o seu relacionamento com o seu parceiro (a)? Qual é o seu maior medo? Como você lida com frustrações?

Você conseguiria dizer.... : 

Você conseguiria dizer.... Você tem facilidade para demonstrar os seus sentimentos? O que quer realizar na sua vida? O que você precisa ter em um emprego para ser feliz?

Psicologia : 

Psicologia Psicologia Psiché + Lógos = estudo do mente da alma; Ciência que se concentra no estudo do comportamento e nos processos mentais de todos os animais; Tendência a transitar de casos particulares para princípios gerais

Alguns conceitos básicos : 

Alguns conceitos básicos Psicólogos: bacharéis em psicologia Psiquiatria: especialidade da medicina Psiquiatra: médico com residência em psiquiatria Psicanálise: estudiosos e adeptos da Teoria Psicanalítica (independente da graduação)

Alguns conceitos básicos : 

Alguns conceitos básicos Mente: conjunto formado pelas funções superiores do cérebro humano, particularmente aquelas nas quais o indivíduo está consciente. Inclui, dentre outras, o pensamento, a percepção, a memória, a aprendizagem e a emoção.

Um pouco da história da psicologia : 

Um pouco da história da psicologia Filosofia: preocupações em entender o ser humano, suas relações com o outro e seu propósito de existência; Quem somos De onde viemos Para onde vamos Dualismo (alma x corpo); Determinismo Biológico;

Um pouco da história da psicologia : 

Um pouco da história da psicologia Segunda metade do Século XIX Fisiologistas começam a usar métodos científicos para estudar o cérebro, os nervos e os órgãos sensoriais; Filósofo e físico Gustav Fechner (1801-1887): estudo de como os métodos científicos poderiam ser aplicados ao estudo dos processos mentais;

Um pouco da história da psicologia : 

Um pouco da história da psicologia Início da década de 1850: interesse de Fechner pela relação entre o estímulo físico e a sensação; Artigo “Elementos de psicofísica” (1860): procedimentos experimentais e matemáticos poderiam ser usados para estudar a mente humana;

Um pouco da história da psicologia : 

Um pouco da história da psicologia Médico Wilhelm Wundt (1832-1920): fundador da Psicologia Científica; Os psicólogos deveriam investigar os processos elementares da consciência humana; Estruturalismo: marcado por métodos científicos da fisiologia e observação informal;

Estruturalismo : 

Estruturalismo Primeira “Escola” da Psicologia: se valeu de métodos de outras áreas, mas também criou métodos específicos; Principal objetivo da psicologia: descrever e analisar a experiência consciente; Método fundamental: introspecção analítica: ação de cientistas treinados para responder perguntas específicas e bem definidas sobre suas experiências em laboratório;

Estruturalismo : 

Estruturalismo Objetivo do método: Analisar os processos mentais em seus elementos; Descobrir combinações e conexões e localizar no sistema nervoso as estruturas a eles relacionadas; Decompor a experiência em partes; Análise seguida de síntese.

Estruturalismo : 

Estruturalismo Exclusão de fenômenos complexos (pensamento, linguagem, moralidade e anormalidade); Contra a orientação para assuntos práticos = ênfase na produção de conhecimento; Possuiu papel fundamental no desenvolvimento da psicologia, inclusive pelas críticas e oposições que suscitou.

Comportamentalismo : 

Comportamentalismo Ou Behaviorismo, surgiu no início da década de 1900; Grande influência durante o período 1930-1960; “Criador”: psicólogo americano John Watson (1878 – 1958); Reação ao Estruturalismo e ao Estudo Introspectivo;

Comportamentalismo : 

Comportamentalismo Necessidade de estudar os eventos ambientais (estímulos) e os comportamentos observáveis (respostas); Comportamento é algo aprendido e pode ser condicionado; Busca por métodos objetivos (a introspecção deve ser abandonada em benefício de métodos objetivos – experimentação, observação e testes);

Comportamentalismo : 

Comportamentalismo Influenciado pelos estudos de comportamento dos animais não-humanos (Pavlov); Ênfase em objetivos científicos: descrição, explicação, predileção e controle; O psicólogo deve desempenhar tarefas práticas: aconselhamento e melhoria da qualidade de vida do paciente;

Ivan Pavlov : 

Ivan Pavlov Fisiólogo russo (1849 – 1936) premiado com o Nobel de Medicina/Fisiologia em 1904 (estudo do processo digestivo dos animais); Importante contribuição à idéia de Reflexos Condicionados: mediante a incidência de situações agradáveis ou desagradáveis é possível condicionar um comportamento; Cães de Pavlov: os animais eram alimentados no mesmo horário, ao som de um sinal ou música, ao primeiro contato com a comida, salivavam. Depois de um tempo, mesmo que a comida não fosse apresentada, salivavam ao escutar o estímulo sonoro.

Comportamentalismo : 

Comportamentalismo Ênfase no comportamento humano passível de observação, estudando estímulos e respostas; A experiência é influência mais importante no comportamento, nas aptidões e nos traços do que a hereditariedade. A aprendizagem deve ser tópico especial para investigação; Psicólogos devem desempenhar também tarefas práticas.

Cognitivismo : 

Cognitivismo A influência do Behaviorismo reduziu o campo de ação dos interessados em estudar a mente; 1970: aumento da rejeição ao Behaviorismo e crescimento do interesse pela “caixa preta”; Desenvolvimento da informática lançou novos interesses sobre o pensamento humano e a “programação” da mente;

Cognitivismo : 

Cognitivismo Preocupação com os processos cognitivos, mas utilizando alguns métodos do behaviorismo (“perguntas precisas para respostas precisas”); Ênfase no desenvolvimento dos processos, estruturas e funções mentais (percepção, atenção, raciocínio, memória, pensamento e linguagem);

Cognitivismo : 

Cognitivismo É a mente (na perspectiva do raciocínio e do pensamento) que dá ao comportamento seu caráter humano; A auto-observação, ou introspecção, e os auto-relatos são úteis, mas há uma tendência aos métodos objetivos. A psicologia deve ter como objetivo produzir conhecimento e ter aplicações práticas, auxiliando a compreensão e a melhoria dos processos de aprendizagem;

Humanismo : 

Humanismo Ênfase naquilo que “significa estar vivo enquanto ser humano”; Pressuposto de que as pessoas vêem o mundo segundo sua própria e única perspectiva (Fenomenologia); A interpretação subjetiva é central a toda atividade humana e não pode ser ignorada;

Humanismo : 

Humanismo Ênfase no individual, no excepcional, no imprevisível; Psicólogos devem estudar o ser humano como um todo, não compartimentando suas funções; O papel da psicologia é expandir e enriquecer a experiência humana;

Humanismo : 

Humanismo Problemas significativos humanos devem ser objeto da Psicologia (responsabilidade, motivação, satisfação, criatividade,...); Ênfase no problema, não no método; Mistura de técnicas objetivas e subjetivas (incluindo intuição).

Slide 28: 

Modelo da Pirâmide de Maslow

Psicanálise : 

Psicanálise Surgiu na Europa, no início do século XX, sob a liderança de Sigmund Freud; Parte da concepção de que o inconsciente controla grande parte do comportamento humano; Desenvolvimento Psicossexual do indivíduo;

Desenvolvimento Psicosexual : 

Desenvolvimento Psicosexual A libido localiza-se em diferentes regiões comportamentais conforme o estágio de desenvolvimento do indivíduo. O desenvolvimento psicosexual ocorreria em etapas, de acordo com a área na qual a libido está mais concentrada; LIBIDO: (latim, significando "desejo" ou "anseio") é caracterizada como a energia aproveitável para os instintos de vida. De acordo com Freud, o ser humano apresenta uma fonte de energia separada para cada um dos instintos gerais.

Desenvolvimento Psicosexual : 

Desenvolvimento Psicosexual Fase Oral (1ºa) : prazer da criança chupar chupeta; Fase Anal (2 a 3a): prazer da criança em controlar a defecção; Fase Fálica (3 a 5ª) : manipulação dos órgãos genitais; Período de Latência Adolescência (sentimentos infantis X adultos)

Desenvolvimento Psicosexual : 

Desenvolvimento Psicosexual A libido é inicialmente voltada para o próprio ego (a criança sente prazer consigo mesma). O primeiro investimento objetal da libido ocorreria no progenitor do sexo oposto (Complexo de Édipo); Complexo de Electra: atitude emocional que implica uma identificação tão completa com a mãe que a filha deseja, inconscientemente, eliminá-la e possuir o pai (Complexo de Édipo Feminino).

Sigmund (Schlomo) Freud (1856-1939) : 

Sigmund (Schlomo) Freud (1856-1939)

Sigmund (Schlomo) Freud (1856-1939) : 

Sigmund (Schlomo) Freud (1856-1939) Médico vienense, especializado no tratamento de problemas do sistema nervoso central, com interesse especial nas chamadas desordens neuróticas; Influenciado por Jean-Martin Charcot, voltou-se inicialmente para os estudos da histeria, utilizando a hipnose no tratamento de seus pacientes;

Sigmund (Schlomo) Freud (1856-1939) : 

Sigmund (Schlomo) Freud (1856-1939) HISTERIA: pacientes que apresentavam sintomas diversos como paralisia, cegueira parcial, alucinações, perda do controle motor e que não podiam ser diagnosticados por exames convencionais; HIPNOSE: estado mental usualmente induzido por um procedimento conhecido como indução hipnótica, composto por uma série de instruções preliminares e sugestões (HIPNOTERAPIA)

Sigmund (Schlomo) Freud (1856-1939) : 

Sigmund (Schlomo) Freud (1856-1939) A partir dos estudos da histeria, passou a se interessar pelo estudo do inconsciente e das pulsões, concentrando-se na associação livre e na interpretação dos sonhos, tendo como parceiro Josef Breuer; Para Freud as memórias ocultas ou reprimidas nas quais se baseavam os sintomas da histeria eram sempre de natureza sexual;

Sigmund (Schlomo) Freud (1856-1939) : 

Sigmund (Schlomo) Freud (1856-1939) Associação livre ou Livre Associação (cura pela fala ou cura “catártica”): o paciente era encorajado a dizer o que viesse à sua mente, sendo papel do terapeuta analisar estas informações para entender o sujeito e descobrir desejos, temores, conflitos, pensamentos e lembranças que pudessem revelar aspectos inconscientes do indivíduo. A interpretação dos sonhos (1899): “o sonho é a estrada que leva ao inconsciente”. Livro publicado a partir de uma autoanálise, analisa a mecânica inconsciente dos sonhos.

Psicanálise : 

Psicanálise Forma mais apropriada de estudar a personalidade é dentro do contexto de um relacionamento íntimo e prolongado entre paciente e terapeuta (Psicoterapia); Os psicólogos devem estudar as leis e os determinantes da personalidade e elaborar métodos de tratamento para as desordens da personalidade;

Escola Analítica : 

Escola Analítica Fundada em 1914, com o afastamento de seu criador Carl Gustav Jung de Freud; A discordância não residia na questão inconsciente, mas no fato de que Jung não considerava que os problemas sexuais eram a base de todas as neuroses;

Carl Gustav Jung (1875-1961) : 

Carl Gustav Jung (1875-1961)

Carl Gustav Jung (1875-1961) : 

Carl Gustav Jung (1875-1961) Médico, em 1905 tornou-se professor de Psiquiatria da Universidade de Zurich; Durante a infância e juventude, esteve próximo a temas sobrenaturais, por influência da mãe e de algumas primas (apesar de ser filho de um Pastor); Em 1912 assumiu o cargo de Presidente da Sociedade Psicanalítica Internacional, onde permaneceu até 1914;

Carl Gustav Jung : 

Carl Gustav Jung Pesquisa com Associação de Palavras, que o levou a estudar os complexos logo que assumiu como professor; Já tinha reconhecimento acadêmico internacional quando conheceu Freud; Interessado por diferentes culturas, especialmente mitologia greco-romana, incorporou a denominação dada a alguns personagens para nominar suas teorias;

Escola Analítica : 

Escola Analítica Forma mais apropriada de estudar a personalidade é dentro do contexto de um relacionamento íntimo e prolongado entre paciente e terapeuta; Os psicólogos devem estudar as leis e os determinantes da personalidade e elaborar métodos de tratamento para as desordens da personalidade.

Gestaltismo : 

Gestaltismo A Psicologia da forma, Gestaltismo ou simplesmente Gestalt considera os fenômenos psicológicos como um conjunto autônomo, indivisível e articulado na sua configuração, organização e lei interna; Foi criada pelos psicólogos alemães Max Wertheimer (1880-1943), Wolfang Köhler (1887-1967) e Kurt Koffka (1886-1940) no início do século XX;

Gestaltismo : 

Gestaltismo Trata principalmente da organização dos processos mentais; Também é considerada uma reação ao estruturalismo: ênfase no conjunto (o todo é diferente da soma de todas as partes); Foco nos significados que os seres humanos impõem aos objetos e acontecimentos de seu mundo (experiência subjetiva);

Gestaltismo : 

Gestaltismo Interesse em compreender a percepção, a solução de problemas e o pensamento. Ênfase na maneira com que o indivíduo vê o mundo (mundo interior); Cientistas do comportamento deviam estudar as experiências subjetivas conscientes das pessoas e encorajavam também o uso de métodos objetivos.

Terapia Gestalt : 

Terapia Gestalt Não é sinônimo de Gestaltismo; Foi criada pelo médico alemão Fritz Perls (1893-1970), baseando-se em elementos da psicanálise e da Teoria Gestalt; O desenvolvimento psicológico e biológico de um organismo se processa de acordo com tendências inatas, que procuram adaptar tal organismo ao meio, buscando equilíbrio; A terapia é geralmente realizada em grupo e são comuns exercícios sensório-motores e de relaxamento (meditação).

authorStream Live Help