SOCIOLOGIA - KARL MARX

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

SOCIOLOGIA - KARL MARX

Comments

Presentation Transcript

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx "A história de toda a sociedade até hoje tem sido a história das lutas de classe." ( Karl Marx )

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx KARL MARX (1818 -1883): filósofo, cientista social e revolucionário alemão. Apesar de não ter se formado como sociólogo, muito contribuiu para o desenvolvimento da Sociologia ao analisar e criticar a organização social, política, econômica, jurídica, ideológica e cultural da sociedade capitalista.

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx Marx desenvolveu a TEORIA DO MATERIALISMO HISTÓRICO . De acordo com essa teoria Marx afirma que: a) Podemos conhecer a sociedade concreta a partir das relações das pessoas no processo produtivo de bens materiais e, b) Buscando compreender o estágio de desenvolvimento que se encontram as forças produtivas .

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx Dessa forma, podemos afirmar que: Para o Materialismo Histórico... As Relações Sociais de Produção + As Forças Produtivas = A Base econômica das sociedades hierarquicamente construídas

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx O que significam as Relações Sociais de Produção ? ? O que são as Forças Produtivas ? ?

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx As relações sociais de produção podem ser entendidas como a organização e interação das pessoas e das classes na sociedade, tendo em vista a produção material e a reprodução social, a manutenção e a ampliação das relações socio-político-econômicas. As forças produtivas são a terra, trabalho, capital e tecnologia: elementos essenciais à produção capitalista.

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx OU SEJA... MARX AFIRMA QUE: “ O MODO DE PRODUÇÃO DA VIDA MATERIAL (base econômica da produção de bens materiais) CONDICIONA O DESENVOLVIMENTO DA VIDA SOCIAL, POLÍTICA E INTELECTUAL EM GERAL (superestrutura da sociedade).”

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx Marx era economista e isso nos ajuda e entender a sua teoria, segundo a qual... ...a base da organização da sociedade é econômica, e a partir dessa organização surgem as outras estruturas da sociedade (instâncias políticas, jurídicas e ideológicas).

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx Tudo isso representa a reprodução das relações de produção Base econômica da sociedade = forças produtivas + relações sociais de produção Instâncias políticas Instâncias Ideológicas Instâncias jurídicas

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx Ao estudar o Capitalismo Marx afirmava que a jornada do trabalhador era composta da seguinte forma: Trabalho necessário = remunerado com o salário do trabalhador + Trabalho excedente = “ mais valia ” , ou seja, o trabalho não pago e apropriado pelo capitalista, decorrente da exploração do trabalhador (trabalho morto).

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx É da mais valia que é retirado o capital para a compra e reposição de máquinas, para aquisição de matéria prima e o lucro do capitalista . Com esse raciocínio Marx torna-se um crítico do Capitalismo e da sociedade burguesa, por ser um sistema e uma sociedade que exploram o proletariado de forma desumana em busca de lucro e tomada de poder.

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx Juntamente com Engels redigiu o famoso MANIFESTO COMUNISTA. Nessa obra eles convocam os(as) trabalhadores (as) do mundo inteiro a se unirem para derrubar a sociedade capitalista e iniciarem a implantação de uma sociedade socialista de transição para a sociedade comunista:sociedade sem classes sociais antagônicas, sem exploração do homem pelo homem.

Aula de Sociologia- Marx:

Aula de Sociologia- Marx Desde o surgimento do comunismo, ideologia criada após a Revolução Russa, as palavras “socialismo” e “comunismo” passaram a ser usadas como sinônimos por todo o século XX. Na verdade, embora ambas as teorias caminhem para o mesmo objetivo , existem certas diferenças conceituais entre as duas palavras. Em síntese, podemos dizer que o socialismo é uma etapa de transição do capitalismo para o comunismo. Socialismo é um conjunto de doutrinas que tem por fim a socialização dos meios de produção. Partindo do pressuposto de que os problemas sociais derivam das desigualdades entre os indivíduos, o sistema visa à extinção da propriedade privada. O governo investiria no cidadão desde seu nascimento, no entanto, ficaria como se fosse o “dono” daquele indivíduo, sendo o mesmo, obrigado a seguir regras rígidas e a trabalhar para todos na medida de suas possibilidades. Nesse sentido, ainda existe a necessidade de existência do Estado para coordenar a socialização dos meios de produção e defender os interesses dos trabalhadores contra a volta do sistema capitalista. Comunismo é um sistema de governo onde não existem classes sociais, propriedade privada, e o mais importante, não existe a figura do Estado; essa é a diferença. Em outras palavras, o socialismo é uma etapa de transição anterior ao comunismo que visa o desaparecimento do capitalismo. No comunismo, não há a necessidade de existência de um Estado em virtude do fato de que todas as decisões políticas são tomadas pela democracia operária. Ao contrário do que muitos pensam, a etapa do comunismo nunca foi atingida por nenhum país, uma vez que não houve nenhuma sociedade onde se registrou a ausência de um Estado.

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx Outra obra de grande importância escrita por Marx foi O CAPITAL, sua principal obra econômica, em que realizou a mais profunda análise crítica do processo global de produção capitalista. "Os donos do capital vão estimular a classe trabalhadora a comprar bens caros, casas e tecnologia, fazendo-os dever  cada vez mais, até que se torne insuportável. O débito não pago levará os bancos à falência que terão que ser  nacionalizados pelo Estado". (Karl Marx, Das Kapital, 1867) (Qualquer semelhança com a crise mundial por que passamos não é mera coincidência; o aviso foi dado já faz mais de um século).

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx Entendendo melhor as idéias de Marx: Para ele a história da humanidade é a luta de classes; No Manifesto Comunista convocou o proletariado para a luta pelo socialismo; 1848  eclodiram os movimentos revolucionários em vários países europeus; 1864fundou a Associação dos trabalhadores:objetivo de conquistar o poder pelo proletariado; Sua doutrina pregava a derrubada da classe dominante (a burguesia) por meio de uma revolução do proletariado e a criação de uma sociedade sem classes, na qual os meios de produção passassem a ser propriedade de toda a coletividade.

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx MARX NÃO PODE VER EM VIDA O FRUTO DO SEU TRABALHO:

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx Roteiro de estudo- 1 anos ao terminarem esta aula e para completarem o ciclo de conhecimento transmitido vocês devem ser capazes de responder as seguintes perguntas: Quais foram suas principais idéias e obras? Que contribuições as idéias de Karl Marx trouxeram para o mundo contemporâneo? Em que época viveu? Qual o contexto histórico em que vivia? Qual a relação da obra de Marx e o conceito de trabalho que propõe? De que maneira os estudos de Marx mudaram a sociedade?

Aula de Sociologia – Karl Marx:

Aula de Sociologia – Karl Marx Debate- 27/08 Avaliação- 03/09

authorStream Live Help