Gestão Ambiental

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Slide 1: 

GESTÃO AMBIENTAL DE SÃO CARLOS

Slide 2: 

Transversalidade – A gestão ambiental não pode ser feita apenas pelo órgão ambienta local (CMAm), mas todos os órgãos públicos municipais devem realizar suas tarefas observando diretrizes ambientais pertinentes Participação Coletiva – A responsabilidade pelos cuidados com o meio ambiente não é só do governo, mas também da coletividade, por isso são fundamentais os meios de participação da coletividade na gestão local. Transparência e Publicidade – As informações são fundamentais para uma gestão ambiental eficiente e eficaz, por isso o acesso a elas deve ser garantido por meio destes dois princípios Responsabilidade Compartilhada - O órgão local para gestão ambiental compõe o SISNAMA – Sistema Nacional de Meio Ambiente, por isso a gestão local deve estar integrada com a gestão regional, nacional e global . Sustentabilidade Inter-geracional – qualquer política, técnica, costume, atividade ou prática deve ser sustentável econômica, social e ambientalmente, desta forma não comprometendo a qualidade de vida das futuras gerações. Unidade na Diversidade – A integridade de um todo só pode ocorrer se suas diferentes partes estiverem saudáveis GESTÃO AMBIENTAL LOCAL PRINCÍPIOS

Slide 3: 

(1) Programas da Coordenadoria de Meio Ambiente Plantando o Futuro Futuro Limpo Educação Ambiental Meio Ambiente e Cidadania Monitoramento de Recursos Naturais (2) Outras atividades relevantes da Prefeitura para a Qualidade Ambiental

Slide 4: 


Programa Municipal de Coleta Seletiva : 

Programa Municipal de Coleta Seletiva Revitalização: de 80 ton para 130 ton/mês Remuneração baseada na produtividade Meta: 250 ton

Slide 6: 

Programa de Coleta e Destinação de Pneus inservíveis Reciclagem de pneus

Programa piloto de Coleta e Tratamento de Resíduos Compostáveis : 

Programa piloto de Coleta e Tratamento de Resíduos Compostáveis

Slide 8: 

Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde

Slide 9: 

Coleta e Tratamento de Lâmpadas Fluorescentes Pós-tratamento: Classe II a (não inertes) Pré-tratamento: Resíduo Classe I (resíduos perigosos) NBR 10004 COLETA DESCONTAMINAÇÃO DESTINO FINAL ATERRO CLASSE II PROCESSO 1.Bloqueio do pó de vidro (até 3 micra). 2.Bloqueio pó fósforo (0,3 micrômetros). 3.Adsorção do Hg.

Mutirão Cidade Limpa : 

Mutirão Cidade Limpa São Carlos – um dos menores índices de Dengue no Brasil

Gestão Sustentável de Resíduos de Construção e DemoliçãoEcopontos : 

Gestão Sustentável de Resíduos de Construção e DemoliçãoEcopontos Implantação de 8 pontos na cidade para recolher Resíduos de Construção Civil; São Carlos produz 500 ton/dia deste resíduo. (PROHAB, SMSP, SMHDU, CMAm)

Usina de Reciclagem de Entulho : 

Usina de Reciclagem de Entulho Fábrica de Blocos PROHAB

Slide 13: 

Aterro de Resíduos da Construção Civil Central de Triagem Atual SMETR - DAES

PASSIVOS AMBIENTAIS : 

PASSIVOS AMBIENTAIS Antigo Lixão na Fazenda Santa Madalena Antiga Entulheira

COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES : 

COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES Aterro Sanitário Atual – nota CETESB – 8,5 Novo Aterro Sanitário – Audiência Pública EIA/RIMA. 17 horas, Local: EMBRAPA, Rua XV de Novembro, 1452 SMSP / CMAm

PLANTANDO O FUTURO : 

PLANTANDO O FUTURO Recuperação de matas ciliares e nascentes Arborização urbana

Slide 17: 

Recuperação da nascentes do Córrego São Rafael; Córrego Santa Fé; Córrego do Tijuco Preto; Córrego Jatobá. Bicão – Córrego do Medeiros; TAC das Marginais: Córrego do Tijuco, Córrego do Monjolinho e Córrego do Gregório. RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES E NASCENTES

VEGETAÇÃO NATIVA : 

VEGETAÇÃO NATIVA Mais de 20% do território municipal tem cobertura com vegetação nativa Média do Estado de SP = 8%

ARBORIZAÇÃO URBANA : 

ARBORIZAÇÃO URBANA Plantio de 250 árvores nas calçadas da região central (parceria com a iniciativa privada); IPTU VERDE: desconto árvores na calçada e área permeável; Elaboração do Plano de Arborização Urbana regulamentado através do Decreto Municipal n. 216/2009; Compensação por queimada nos terrenos: doação de 2500 mudas de árvores para arborização urbana; Criação do disque árvore; Lei municipal garante que os loteamentos para fins habitacionais implementem projetos de arborização urbana

ÁREAS VERDES PÚBLICAS : 

ÁREAS VERDES PÚBLICAS

Slide 21: 

HORTO MUNICIPAL Doação de cerca de 12 mil mudas por ano. ÁRVORES IMUNES DE CORTE Georeferenciamento e diagnóstico do estado fitossanitário das árvores para posterior elaboração de material didático.

Slide 22: 

Orelhão temático

Slide 23: 

Educação Ambiental

Slide 24: 

Roda de conversa gênero e meio ambiente (Mês da Mulher) Programa Recicla óleo nas escolas ProMEA na Rede – Educadores Ambientais Locais Projeto “ A Utilização de Bacias Hidrográficas como unidade de pesquisa, ensino e extensão” – produção atlas sócio-ambiental (e um sítio eletrônico) (UFSCar, o CNPq e CDCC/USP em parceria com a PMSC) Encontro Anual de Educação Ambiental – EA 2009 Realizações 2009

Slide 25: 

V Encontro Estadual de Coletivos Educadores do Estado SP em São Carlos Curso “Educação Ambiental: para conhecer, vivenciar e compartilhar” Horta Municipal - Centro de Pesquisa e Educação em Agroecologia - Mini-Curso de Agricultura Orgânica na Horta Municipal Pólo ecológico – atualização do Plano de Ação; no âmbito dos espaços educadores do Pólo foram desenvolvidas atividades do Programa “São Carlos de todos Nós” (SME em parceria CMA) (Horta Municipal, o Horto e o Parque Ecológico) Realizações 2009 - continua

Slide 26: 

Sala Verde e o CRIASC – Centro de Referência em Informações Ambientais Elaboração de Projetos para prospecção de Fundos junto ao Fundo de Direitos Difusos, Fundo Nacional de Meio Ambiente e Emenda Parlamentar Realizações 2009 - continua

Slide 27: 

MEIO AMBIENTE E CIDADANIA

TAC das marginaisAVENIDAS CIDADÃS : 

TAC das marginaisAVENIDAS CIDADÃS Ao invés de Avenidas Marginais Plantio no Parque da Chaminé

Slide 30: 

Ciclovias – Parque Linear das Torres SMHDU / SMSP / Moradores

Participação Projetos do Governo do Estado- Município Verde Azul- Pacto das Águas : 

Participação Projetos do Governo do Estado- Município Verde Azul- Pacto das Águas

Slide 32: 

AGENDA AMBIENTAL DO MUNICÍPIO Semana da Água Hora do Planeta Festa do Clima – COMCLIMA – Dia da Araucária Semana de Gestão Ambiental – Conferência de Meio Ambiente Feira da Sucata e da Barganha Semana da Árvore Prêmio Chico Mendes de Meio AmbientE

Slide 33: 

CONTROLE E MONITORAMENTO DE RECURSOS NATURAIS

Programa de Licenciamento Municipal : 

Programa de Licenciamento Municipal Em 11 de dezembro de 2009, foi firmado o Termo de Convênio celebrado entre a CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de São Carlos. Licenciamento Ambiental: procedimento administrativo pelo qual o órgão ambiental competente licencia a localização, instalação, ampliação e a operação de empreendimentos e atividades utilizadoras de recursos ambientais, consideradas efetiva ou potencialmente poluidoras. “COM LICENÇA A NATUREZA AGRADECE”

Slide 35: 

Áreas de Proteção e Recuperação de Mananciais – APREM-SC LEI Nº 13.944 de 12 de dezembro de 2006 Bacia Hidrográfica do Córrego Monjolinho à montante da Estação de captação de água do Espraiado Bacia Hidrográfica do Ribeirão Feijão, dentro do município de São Carlos, à montante da Estação de captação de água para abastecimento público de São Carlos Estações de captação de água Perímetro Urbano Proposto (no processo de elaboração do Plano Diretor)

Slide 36: 

Outras atividades relevantes da Prefeitura para a Qualidade Ambiental

Slide 37: 

Programa de Combate a Enchentes Varjão

Slide 38: 

Córrego do Gregório próximo ao SESC

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA : 

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA ETE Monjolinho

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO : 

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO ETE Monjolinho

CIDADE DA BIOENERGIA : 

CIDADE DA BIOENERGIA

authorStream Live Help