Antiguidade Oriental- Egito

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Antiguidade Oriental:

Antiguidade Oriental O Egito Antigo

Slide 2:

Localização Geográfica do Egito Antigo - Nordeste da África - “ O Egito é uma dádiva do Nilo ” Heródoto - Surgimento do Homem  1 as Comunidades (Nomos)  Período Pré-Dinástico (4000a.C. – 3200a.C)

Slide 4:

RIO NILO

Slide 5:

Unificação do Egito Menés (Namer) – 1o Faraó

Organização Estrutural do Egito Antigo:

Organização Estrutural do Egito Antigo - Governo  Monarquia Teocrática (FARAÓ) Economia  Agrária Modo-de-Produção Asiática Sociedade  Estamental Cultura Monumentos / Escrita (Hieróglifo) Religião = Politeista e Antropozoomorfica

Período Dinástico:

Período Dinástico (3200a.C. – 525a.C.)

Antigo Império (3200-2300 a.C):

Antigo Império (3200-2300 a.C) Poder absoluto dos faraós Construção das pirâmides de Giseh (Queóps, Quéfren, Miquelinos) Crescimento e fortalecimento da classe sacerdotal Escribas : controle burocrático e corrupção Insatisfação dos nomarcas (antigos chefes dos nomos) 2.300 a.C a 2020 a.C revoltas camponesas e anarquia política

Grandiosidade das Obras Faraônicas:

Grandiosidade das Obras Faraônicas

Médio Império (2020a.C – 1580a.C.):

Médio Império (2020a.C – 1580a.C.) (2300 – 2020a.C)  conflitos internos Poder absoluto na mão do Faraó Poder político hereditário Censo Populacional e sobre a Produção Expansão Territorial

Slide 14:

1700a.C. – 1580a.C. = domínio dos Hicsos * Fundição em bronze * Carro de Guerra * Uso de Cavalos * Entrada dos Hebreus no Egito 1580a.C. – Volta do poder aos Egípcios

Novo Império (1580 a.C. – 525 a.C.):

Novo Império (1580 a.C. – 525 a.C.) Grande Expansão Territorial Proteção aos povos Rotas Comerciais Faraós: Amenófis IV = Akhenaton (monoteísmo) Ramsés II – Saida dos Hebreus do Egito 525a.C. = dominação pelos Persas

Slide 16:

Ramsés II foi o terceiro faraó da XIX dinastia egípcia, uma das dinastias que compõem o Império Novo. Reinou entre aproximadamente 1279 e 1213 a.C.. O seu reinado foi possivelmente o mais prestigioso da história egípcia tanto no aspecto econômico, administrativo, cultural e militar.

Slide 17:

Akhenaton (que se traduz por "o espírito atuante de Aton"), cujo nome inicial foi Amen-hotep IV (ou, na versão helenizada, Amenófis IV), foi um faraó da XVIII Dinastia egípcia. A historiografia credita esta personalidade com a instituição de uma religião de cunho monoteísta entre os egípcios, numa tentativa de retirar o poder político das mãos dos sacerdotes, principalmente aqueles do deus Amon da cidade de Tebas. Para concentrar o poder na figura do faráo, Akhenaton instituiu o deus Aton como a única divindade que deveria ser cultuada, sendo o próprio faraó o único representante dessa divindade.

Slide 18:

Representação do culto a Atom

Religião Egípcia:

Religião Egípcia Características mais importantes: Politeísmo Antropozoomorfismo Crença na Imortalidade da Alma (Mumificação)

Slide 20:

Bastet Osiris Isis Horus Anubis Maat

authorStream Live Help