S�culo do Ouro

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

By: tovendotudo (79 month(s) ago)

Que bom que voce gostou. Espero que tenha sido util para voce,

By: RAFAELRIBEIRO (80 month(s) ago)

SHOW

Presentation Transcript

Slide 1: 

SÉCULO DO OURO BRASIL

Slide 2: 

Menu Mineração Descoberta Exploração Administração Conseqüências

Slide 3: 

Período- Séc. XVII e XVIII Incidência Goiás, Mato Grossoe principalmente Minas Gerais Desenvolvimento Descoberta Apogeu Decadência 1695 - 1750 1750 - 1770 1770 - 1785 Menu Mineração Descoberta Exploração Administração Conseqüências

Slide 4: 

Contexto Europeu Inglaterra Monarquia Liberal Desenvolvimento Econômico Industrialização Influencia Sobre Portugal Portugal Crise Colonial Decadência Econômica Monarquia Absoluta Dependência da Inglaterra (Trat.Methuen-1703) Contexto Colonial Entradas e bandeiras Fim do Tratado de Tordesilhas Ouro de Aluvião Miséria de São Vicente Menu Mineração Descoberta Exploração Administração Conseqüências

Slide 5: 

Havia duas formas de extração aurífera: a lavra e a faiscação. A Lavra Grande empresas mineradora Extração em grandes jazidas Uso de mão-de-obra de escravos africanos Grande Impacto ambiental Foi o tipo de extração mais freqüente no auge da mineração Pequena extração aurifera Trabalho livre do próprio garimpeiro Excepcionalmente uso de ajudantes ou escravos Possibilidade de formação de pecúlio para o escravo Mínimo impacto ambiental Faiscação Menu Mineração Descoberta Exploração Administração Conseqüências

Slide 6: 

Ato praticado pela Coroa Sempre que a quota de 100@ por Ano não fosse atingida Imposto cobrado sobre os escravos Que trabalhavam nas minas 13g/ano por escravo Imposto que correspondia A 20% do ouro minerado Fundia e quintava o ouro Tornava crime a circulação De ouro em pó ou em barras Não quintadas Órgão Máximo da administração das Minas A Coroa criou instituições mineradoras, que tinham funções de fiscalizar, estimular e administrar as minas. Instituições Intendência Casas de Fundição Quinto Capitação Derrama Menu Mineração Descoberta Exploração Administração Conseqüências

Slide 7: 

No Brasil Febre do ouro Fundação de vilas e cidades(Vila Rica, Vila Boa, Ribeirão do Carmo) Sociedade urbana Maior difusão da riqueza e da cultura Criação de um mercado interno centrado no sudeste Transferência da capital para o rio de Janeiro Em Portugal Autonomia da Coroa em relação aos Nobres Fim definitivo da economia açucareira Dependência em relação a Inglaterra(Trat. De Methuem) Menu Mineração Descoberta Exploração Administração Conseqüências

Slide 8: 

e Minas de ouro

Slide 12: 

Barras de ouro Quintadas de Já se havia Extraído o Quynto Imposto da mineração

Slide 14: 

Intendência do Ouro Criada e regulamentada pelo Decreto de 28 de janeiro de 1/1736 Atribuições Arrecadar e fiscalizar a Capitação e o Qinto Matricular trabalhadores livres e escravos Distribuir e regulamentar as Datas de ouro E Mais Regulamento da Intendência Minerador tem de 40 a100 dias para iniciar a produção Datas 1 e 2 – dominerador Data 3 – do Rei Data 4 – do Guarda Mor Demais Datas sorteadas

Slide 15: 

Intendente Tesoureiro Fiscal Escrivão Da Intendência Da Receita e Fazenda Da Fundição Fundidor Ensaiador Ajudante de Ensaiador Composição Administrativa

Slide 16: 

Por hoje é só moçada! Não esqueça. Tudo pode passar, mas o amor de Deus permanece para sempre Prof. Daniel C. Bezerra

authorStream Live Help