Unidade 14

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Unidade 14 : 

Unidade 14 O Criticismo Kantiano

1 - Introdução : 

1 - Introdução Atitude crítica fenômeno do Iluminismo. Pessoa crítica tem posições independentes e refletidas. Época esclarecida.

1 - Introdução : 

1 - Introdução Liberdade é o espaço adequado ao esclarecimento. Kant investiga a possibilidade de uma ciência metafísica. Questiona o poder absoluto da razão. É impossível demonstrar racionalmente a existência de Deus.

2 – Crítica da Razão Pura : 

2 – Crítica da Razão Pura Razão prática compreender o mundo dos costumes. Orientar o homem na sua ação. Vontade humana é moral quando regida por imperativos categóricos.

2 – Crítica da Razão Pura : 

2 – Crítica da Razão Pura Imperativo Categórico é Incondicionado e absoluto. Realização da ação em vista do dever. O agir moral se funda exclusivamente na razão.

2 – Crítica da Razão Pura : 

2 – Crítica da Razão Pura A lei moral é universal e necessária. Norma moral “não roubar”: Concepção cristã. Teóricos jusnaturalistas. Empiristas. Para Kant.

3 – A Priori & A Posteriori : 

3 – A Priori & A Posteriori A priori. Não é aplicá­vel aos objetos da Metafísica. A posteriori a partir da experiência. Conhecimento começa com a experiên­cia.

3 – A Priori & A Posteriori : 

3 – A Priori & A Posteriori Matéria vem da experiência sensível (a posteriori). Forma é fornecida pelas estruturas do sujeito que pensa (a priori). Juízos sintéticos a priori. Juízo analítico a posteriori. Ato cognitivo não pode ser explicado apenas pela experiência ou razão.

authorStream Live Help