NUTRICAO E ALIMENTACAO

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

By: dr.jeancarlo (37 month(s) ago)

muito bom

Presentation Transcript

NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO : 

NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO Pirâmide alimentar e o alimento.

Pirâmide alimentar — Um guia para uma alimentação saudável : 

Pirâmide alimentar — Um guia para uma alimentação saudável É um guia de orientação alimentar para fazer frente ao alto índice de doenças crônico-degenerativas, tais como hipertensão, doenças cardíacas, câncer, diabete, derrame, que têm como uma de suas causas a alimentação incorreta. Esse guia alimentar agrupou os alimentos de acordo com a função que tem em nosso corpo. São eles: grupo dos pães, massas e cereais; grupo das frutas e verduras; grupo do leite; grupo das carnes e leguminosas; grupo dos óleos, gorduras e açúcar.

Slide 3: 

A Pirâmide Alimentar também serve para esclarecer os três pilares fundamentais de uma alimentação saudável: Moderação - Qualquer alimento pode estar presente na alimentação diária. Tudo depende da quantidade em que são consumidos e da sua frequência na alimentação, distribuídos em várias refeições ao dia, em pequenas porções. Variedade - Significa consumir diariamente diferentes tipos de alimentos, com representantes de todos os grupos indicados na pirâmide, evitar uma refeição sempre igual. Equilíbrio - Refere-se à quantidade balanceada dos diferentes alimentos, para que aquilo que é consumido diariamente forneça na proporção correta os nutrientes de que precisamos.

A base da pirâmide é constituída pelo grupo dos grãos e cereais : 

A base da pirâmide é constituída pelo grupo dos grãos e cereais GRUPO DOS CEREAIS, PÃES, MASSAS, RAÍZES E TUBÉRCULOS: São os alimentos que devem ser consumidos em maior quantidade, fornecem energia. Como exemplo temos arroz, trigo, aveia, milho, centeio, cereais matinais, granola, batata, mandioca, etc.

Slide 5: 

GRUPO DAS FRUTAS E VEGETAIS: É dele que vêm as vitaminas e minerais, micronutrientes fundamentais para auxiliar e regular o metabolismo de nosso corpo. Exemplos tomate, cenoura, rabanete, vagem, beterraba, brócolis, couve-flor, espinafre, escarola, alface, acelga, agrião, rúcula, etc. GRUPO DO LEITE: Tem a função de fornecer proteínas (um nutriente essencial para a construção e formação de nosso corpo), cálcio e vitamina A.

Slide 6: 

GRUPO DA CARNE, OVO, LEGUMINOSAS SECAS, NOZES E CASTANHAS: São principalmente fonte de proteínas e também de alguns minerais e vitaminas. GRUPO DOS ÓLEOS, GORDURAS E DOCES Cuidado! Use os alimentos desse grupo mais como auxiliares dos outros grupos no preparo de receitas e com moderação. Não substitua uma refeição por doce, refrigerante ou salgadinho. Restrinja esses alimentos (deixe-os para o fim de semana ou festas).Não frite os alimentos. Consuma o mínimo possível e em quantidades pequenas.

NUTRICÃO : 

NUTRICÃO A nutrição é o conjunto de processos por meio dos quais o organismo vivo recolhe e transforma as substâncias sólidas e líquidas exteriores de que precisa para a sua manutenção, desenvolvimento orgânico normal e produção de energia. O alimento é todo o material sólido ou líquido que o corpo recebe para satisfazer suas necessidades de manutenção, trabalho e restauração de tecidos.

Slide 8: 

Quando o alimento é ingerido, ele possui muitas moléculas grandes – macromoléculas dos alimentos - que são fragmentadas em moléculas menores – digestão - e posteriormente absorvidas pela corrente sanguínea para os tecidos, onde são usadas nas etapas do metabolismo. Os humanos costumam ingerir diariamente, grandes quantidade de carboidratos (glicídios), gorduras (lipídios) e proteínas (protídeos) - os macro nutrientes - ao mesmo tempo que ingerem quantidades bem menores de íons inorgânicos (ou minerais) e de vitaminas – os micronutrientes.

Slide 9: 

Os carboidratos, as gorduras e as proteínas consumidos diariamente fornecem a energia necessária para as funções corporais tanto em repouso quanto durante as várias modalidades de atividades físicas. Assim podemos dizer que a nutrição apropriada forma a base do desempenho físico, proporciona tanto combustível para o trabalho biológico quanto as substâncias químicas para extrair e utilizar a energia potencial contida neste combustível.

CARBOIDRATOS (Glicídios) : 

CARBOIDRATOS (Glicídios) Natureza dos glicídios. Átomos de carbono, hidrogênio e oxigênio se combinam para formar os glicídios. O açúcar mais típico é a glicose, sendo que a frutose e a galactose são outros dois açúcares simples. Essa alteração no arranjo atômico faz com que a frutose, a galactose e a glicose sejam substâncias diferentes.

Slide 11: 

MONOSSACARÍDIOS: são a glicose, a frutose e a galactose. A glicose, também denominada dextrose ou açúcar do sangue, é formada como um açúcar natural no alimento ou/e produzida no corpo como resultado da digestão de glicídios mais complexos. A frutose ou açúcar das frutas está presente em grandes quantidades na forma natural nas frutas e no mel, sendo o mais doce dos açucares simples. A galactose não e encontrada nos alimentos; pelo contrário, terá que ser produzida a partir do açúcar do leite nas glândulas mamarias dos animais que estão em fase de lactação. No corpo, tanto a frutose quanta a galactose são transformadas facilmente em glicose no metabolismo energético.

Slide 12: 

OLlGOSSACARÍDIOS: Os três principais dissacarídeos são: A sacarose= glicose + frutose; ocorre naturalmente nos alimentos que contem glicídios, especialmente na beterraba e na cana-de-açúcar. A lactose = glicose + galactose; é encontrada no leite e, com freqüência, e denominado açúcar do leite. É o menos doce dos monossacarídeos e pode ser processada artificialmente. A maltose = glicose + glicose; ocorre nos derivados do malte e nos cereais em fase de germinação.

Slide 13: 

POLlSSACARÍDlOS: Três ou mais moléculas de açucares simples formam um polissacarídeo. Em geral existem duas formas comuns de polissacarídeos que são: Polissacarídeos Vegetais: sendo que as mais comuns são o amido e a celulose. O amido é encontrado em sementes, no milho e nos vários grãos com que são feitos o pão, os cereais, os espaguetes e os produtos de pastelarias e panificadoras. Existem também em grandes quantidades nas ervilhas, feijões, nas batatas e nas raízes, onde funcionam como depósito de energia para a utilização futura pelas plantas.

Slide 14: 

Polissacarídeos Animais: o glicogênio é o polissacarídeo sintetizado e armazenado nos tecidos dos animais. Durante o exercício, os glicídios armazenados como glicogênio muscular são utilizados como fonte de energia para o próprio músculo no qual esta armazenado. Pelo contrário, no fígado, o glicogênio é transformado em glicose e transportado no sangue para uso eventual pelos músculos ativos. a termo glicogenólise é usado para descrever esse processo de transformação, que proporciona um suprimento rápido de glicose para a contração muscular durante todas as formas de trabalho.

Papel dos glicídios no organismo. : 

Papel dos glicídios no organismo. Os glicídios desempenham várias funções importantes relacionadas com o desempenho físico. 1) é uma das principais fontes de energia; 2) evitam o consumo das proteínas; 3) funciona como ativador metabólico para o metabolismo das gorduras; 4) é combustível para o sistema nervoso central.

Equilíbrio dos glicídios no exercício. : 

Equilíbrio dos glicídios no exercício. O glicogênio muscular armazenado e a glicose carreada pelo sangue constituem os principais fornecedores de energia durante os exercícios de duração elevada. A captação da glicose sanguínea circulante pelo músculo aumenta bruscamente e continua aumentando a medida que o exercício progride. Já no exercício contínuo e moderado, a energia deriva principalmente do desdobramento dos depósitos corporais de gorduras e glicídios. As bebidas açucaradas podem aprimorar o desempenho físico por manterem os níveis sanguíneos de açucares e, talvez, por retardarem a depleção de glicogênio hepático e muscular. Entretanto, foi demonstrado que essas bebidas retardam a saída dos Iíquidos do estômago, e em última análise podem prejudicar o equilíbrio hídrico do corpo.

LIPÍDIOS (GORDURAS) : 

LIPÍDIOS (GORDURAS) Os Iipídios, como os glicídios, contém átomos de carbono, de hidrogênio e de oxigênio, porém a relação de hidrogênio para oxigênio e muito mais alta. As moléculas de gordura são formadas por moléculas de glicerol e por três moléculas de ácidos graxos.

Slide 18: 

Os lipídios são sintetizados por vegetais e animais. Podem ser classificados em três grupos: simples (glicerol + 3 ácidos graxos), compostos, formados de gorduras simples em combinação com outras substâncias químicas (fosfolipídios, glicolipídios e lipoproteínas) e lipídios derivados como o colesterol, que e produzido a partir de gorduras simples e compostas. A mais rica fonte de colesterol nos alimentos e a gema de ovo e, também, e igualmente encontrado abundantemente na carne das vísceras tipo fígado, rim e cérebro, assim como nos crustáceos e nos produtos lácteos tipos sorvete, requeijão e queijo integral.

Slide 19: 

Os ácidos graxos saturados são encontradas principalmente nos produtos animais, incluindo a carne de gado, carneiro, porco, galinha, também na gema de ovo e nas gorduras lácteas do creme, leite e queijo, os crustáceos, tipo lagostas, camarão e siri, também contém grande quantidade de ácidos graxos saturados. Altas ingestões de gorduras saturadas foram associadas com o surgimento de doença cardíaca coronariana. Os ácidos graxos insaturados são os que contém uma ou mais ligações duplas ao longo da cadeia principal de carbono, o que as classifica como insaturadas. As gorduras insaturadas existentes na forma de líquidos são denominadas óleos, e as mais conhecidas são: óleo de milho, algodão, amendoim e soja.

Slide 20: 

As gorduras agem também como carreadoras das vitaminas lipossolúveis A, D, E e K. Durante o exercício ligeiro e moderado, a gordura contribui com cerca de 50% da necessidade energética. A medida que o exercício continua, o papel da gordura armazenada torna-se mais importante e, durante 0 trabalho prolongado, as moléculas de ácidos graxos podem fornecer mais de 80% das necessidades energéticas do corpo.

PROTEÍNAS (PROTÍDEOS) : 

PROTEÍNAS (PROTÍDEOS) As proteínas são formadas por subunidades denominadas aminoácidos. a corpo necessita de 20 aminoácidos diferentes. Nove dos 20 aminoácidos não podem ser sintetizados no corpo. Esses são os aminoácidos essenciais e terão de ser fornecidos na dieta. As proteínas animais, como aquelas encontradas nos ovos, no leite, no queijo, na carne, no peixe e nas aves, constituem exemplos de proteínas de alta qualidade.

A ÁGUA : 

A ÁGUA A água perfaz de 40 a 60% do peso corporal total. O músculo e 72% por cento água por peso, enquanto que a água representa apenas cerca de 20 a 25% do peso da gordura. Da água corporal total, cerca de 62% são de localização intracelular e 38% extracelular, no plasma, na linfa e em outros líquidos fora da célula. A ingestão diária normal de água de aproximadamente 2,5litros e proporcionada por (1) ingestão líquida (1,2 L), (2) alimentos (1 L) e (3) água metabólica produzida durante as reações que produzem energia (0,3 L).

Slide 23: 

O alimento e oxigênio são fornecidos sempre em solução aquosa e os produtos de desgastes deixam o corpo sempre através de um meio aquoso. A água ajuda também a proporcionar estrutura e forma ao corpo e desempenha um papel extremamente importante na regulação da temperatura.