RJ - ProInfo Integrado - 2010 - Avaliação da Implementação do ProInfo

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Slide 1:

3ª REUNIÃO TÉCNICA DO PROINFO INTEGRADO BRASÍLIA – 13 A 17 DE DEZEMBRO DE 2010 Região Sudeste Avaliação da Implementação do PROINFO INTEGRADO

Slide 2:

UF FORMADORES CURSISTAS (Março a Dezembro de 2010) INTRODUÇÃO TICS PROJETOS TOTAL ES 77 1.247 1.840 0 3.087 MG* 19 805 718 0 1.523 RJ* 25 310 SP* 224 3.446 1.270 1.053 5.769 TOTAL GERAL 10.689 1 - DADOS GERAIS DO PROINFO INTEGRADO A - Cursos do ProInfo Integrado * Dados UNDIME

Slide 3:

UF ESCOLAS NTE NTM TOTAL ES 12 7 19 MG 46 13 59 RJ 167 14 14 SP 91 16 107 TOTAL GERAL 199 B – Quantitativo: NTE/NTM PROJETO UCA UF MUNICÍPIOS ESCOLAS ALUNOS ES 9 9 3.224 MG 10 17 5.780 RJ 6 6 2.367 SP 10 13 6.000 TOTAIS 31 40 17.371 C – Quantitativo: Projeto UCA

Slide 4:

D – Quantitativo: Curso PUC - Rio CURSO PUC - RIO UF SEDUC UNDIME ES 68 56 MG* 60 RJ 73 75 SP 56 72 TOTAIS 197 263 * Dados UNDIME

Slide 5:

2- ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DOS CURSOS IMPLEMENTADOS O Processo de seleção dos professores ocorre a partir do processo de capitação de inscrições de professores com a responsabilidade dos municípios, obedecendo as normas indicadas pela coordenação estadual (SEDU/UNDIME), no caso do RJ, priorizando os professores dos laboratórios de informática. O Vínculo institucional da SEDUC com a Undime é através do Regime de colaboração, exceto o RJ. O Planejamento do Curso: proposta pedagógica acontece através de reuniões com os NTE e NTM, com coordenadores e multiplicadores, respeitando a particularidade de cada município e culminando com oficina de orientação técnica do curso e momento de sensibilização para o uso das TIC nas escolas . No caso de SP e MG o planejamento é feito pelos formadores municipais em cada município, fundamentado nas diretrizes da coordenação estadual da Undime . O Vínculo institucional com o MEC é através de Termo de Cooperação Técnica Formação das equipes para oferta dos Cursos foi a partir da formação inicial ofertada pelo MEC regionalmente com o objetivo de elaboração de um Plano de ação estadual a serem implementados pelos NTE e NTM.

Slide 6:

3- ORGANIZAÇÃO E TRABALHO DA EQUIPE PEDAGÓGICA DO CURSO: A organização do trabalho dos coordenadores estaduais e das Undimes acontece através de reuniões ,encontros e oficinas com os coordenadores e formadores de NTE / NTM; orientação aos coordenadores dos NTE e NTM quanto ao cadastro dos cursistas no SIP e alimentação do Sistema; acompanhamento aos formadores e coordenadores de NTE / NTM por telefone, on-line e presencial; monitoramento do Sistema em geral; cadastro de bolsista no SGB e autorização de Bolsa. Organização do trabalho dos bolsistas é através dos relatórios e lista de presença dos cursistas nos encontros presenciais, encaminhado para coordenação estadual. O acompanhamento é on-line; no caso de SP, o bolsista elabora um plano de ação do curso que será aplicado encaminham para coordenação estadual da UNDIME com antecedência, o coordenador estadual da UNDIME/SP só autoriza a bolsa depois que receber ofício do secretário de educação autorizando o pagamento dessa bolsa. Os cursos são ofertados em escolas pólo e NTE e NTM, no caso do RJ também pólo da UAB.

Slide 7:

4- ASPECTOS TEÓRICOS, METODOLÓGICOS E TECNOLÓGICOS DO CURSO: As equipes dos NTMs seguem as orientações da equipe do PROINFO, adequando a aplicabilidade em sala de aula, fazendo adaptações à realidade da rede e do professorado a ser atendido. Quanto aos recursos tecnológicos, a proposta dos cursos está voltada para priorizar a utilização dos recursos existentes nas escolas e nos NTEs e nos NTMs : computadores com sistema Linux Educacional conectados à internet, aparelho de DVD e mídias oferecidas pelo MEC (DVD Escola – Kit 1 e 2), Televisão, Aparelho de som, Câmera fotográfica, Tv Escola, Portal do Professor.

Slide 8:

5 - RESULTADOS E IMPACTOS DO PROGRAMA EM CADA UNIDADE FEDERATIVA. Aprimoramento do conhecimento tecnológico e pedagógico pelos professores, embora ainda não se perceba a aplicação na prática com os alunos.

Slide 9:

QUANTO A AVALIAÇÃO: Avaliação com objetivos e limitações a serem superadas no ProInfo . Problemas como: conexão (banda larga), o que dificulta o acesso aos cursos on-line; funcionamento da plataforma e-proinfo , limitando o acesso falta de material impresso dos cursos; dificuldade para formar técnicos para equipes de NTEs e NTMs

Slide 10:

SUGESTÕES DE MELHORIAS A RESPEITO DO PROINFO PARA OS PRÓXIMOS ANOS: aumentar a velocidade da conexão da banda larga; agilidade na instalação dos laboratórios formação técnica e pedagógica das equipes dos NTEs e dos NTMs Elaboração de um documento assinado pelos coordenadores para que possa nortear as diversas ações do ProInfo para o ano de 2011. Inserção no ppp das escolas formação do metas para 2011 - atingir um maior número de professores com os cursos do Proinfo Integrado: ampliação da atuação do NTM de forma itinerante com os cursos Introdução à Educação Digital e Ensinando e Aprendendo com as TIC. Além de oferecer (no laboratório do NTM) o curso Elaboração de Projetos.

Slide 11:

Disponibilizar formações para os novos NTMs e disponibilizar material impresso para os alunos que sempre nos cobram e destacam a necessidade de possuir o suporte do material impresso. Formar grupo de multiplicadores dos cursos do ProInfo Integrado com profissionais que possam atender aos professores que atuam nos NTMs , principalmente os novos.

Slide 12:

EQUIPE PROINFO – REGIÃO SUDESTE Antonio Carlos de Oliveira - UNDIME - SP Elania Valéria M. S. de Souza - UNDIME - ES Fabíola Aparecida Azevedo- UNDIME - MG Marlise Alves Cardoso - UNDIME - RJ Shirley José Maria - SEDU - ES Silvia A. C. Galletta - SEESP - SP

authorStream Live Help