Apresentação final Grupo4_9B

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Slide 1:

Escola Secundária Viriato Disciplina: Área de Projecto Professora: Margarida Morgado Ano lectivo: 2010/2011 Beatriz Maurício nº5 Inês Correia nº9 Maria Paula nº17 Sara Vinagre nº21 Susana Monteiro nº23 Vera Santos nº24

Slide 2:

Com este trabalho, no âmbito de Área de Projecto, com o tema escolhido pelo grupo: “Saúde Mental”, pretendemos sensibilizar a sociedade para a melhor integração das pessoas com deficiências mentais na mesma. Vamos aprofundar os conhecimentos do público alvo sobre as doenças mentais mais comuns. Tivemos também a oportunidade de entrevistar uma mãe que conhece o “sofrimento” de quem cuida destes doentes e de questionar os alunos de várias turmas, da nossa escola, para entendermos como estes enfrentam as pessoas deficientes mentais. Introdução 2 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 3:

ESQUIZOFRENIA 3 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

As perguntas mais frequentes::

As perguntas mais frequentes: O que é? Como se reconhece? Ocorrem muitos casos? Qualquer casal pode ter um filho com essa doença? Quais são as causas ? Quais são os sintomas? Existe cura para esta doença? 4 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera ESQUIZOFRENIA

Slide 5:

É uma doença mental crónica (incurável em certos casos) caracterizada pela dissociação de personalidade, alterações de emoções, percepções, pensamentos e comportamentos. Esta doença limita o doente a nível profissional e das relações afectivas e sociais. Normalmente manifesta-se no fim da adolescência, mas nos homens desenvolve-se um pouco mais cedo. O que é a ESQUIZOFRENIA 5 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 6:

Nalguns casos, antes da doença se manifestar, o doente já apresenta um comportamento anormal, mas é muito difícil reconhecer a esquizofrenia nessa altura. Não existem características directamente ligadas à esquizofrenia, mas existem alguns parâmetros para a observação. Como se reconhece a ESQUIZOFRENIA 6 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 7:

Dificuldade em dormir Isolamento social Perda de relações sociais Dificuldade de concentração Dificuldade em tomar decisões Falta de higiene Súbita desconfiança Medos injustificáveis Comportamentos estranhos Mudanças repentinas na personalidade do doente Sensibilidade excessiva a luzes e barulhos Abandono de actividades usuais Perda de interesse e motivação pelas coisas Uso estranho de palavras e da construção de frases Falta de expressões faciais Reacções exageradas a reprovações Como se reconhece a ESQUIZOFRENIA 7 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Ocorrem muitos casos de ESQUIZOFRENIA :

Ocorrem muitos casos de ESQUIZOFRENIA A esquizofrenia afecta cerca de 1% da população mundial, cerca de 100.000 pessoas em Portugal. Esta doença é uma das principais causas de internamento por doença mental. Em casos extremos , doentes de esquizofrenia suicidam-se. 8 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Qualquer casal pode ter um filho com essa doença Quais são as causas :

Qualquer casal pode ter um filho com essa doença Quais são as causas Qualquer casal pode ter um filho com esquizofrenia. Esta doença pode ser hereditária ou não. A esquizofrenia pode surgir devido ao estado de saúde da mãe durante a gravidez. Para além destes factores, associados à origem da doença, existem outros que podem agravar e atenuar a evolução desta doença, como é o caso do stress e do consumo de álcool ou drogas. 9 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Quais são os sintomas de ESQUIZOFRENIA :

Quais são os sintomas de ESQUIZOFRENIA Sintomas psicóticos Alucinações Delírios Quando o esquizofrénico tem alucinações diz que vê coisas que nós não vemos e que não estão lá, que ouve vozes e diz também que o seu paladar e olfacto é diferente , ou seja, que as coisas cheiram de maneira diferente e que a comida tem um sabor diferente. Quando o doente tem delírios acredita em coisas bizarras, por exemplo, acredita que está a ser espiado por extraterrestres ou então acham que são outra pessoa. 10 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 11:

Autismo 11 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Uma realidade::

Uma realidade: O que é? Como se reconhece? Ocorrem muitos casos? Qualquer casal pode ter um filho com esta deficiência? Quais são as causas ? Quais são os sintomas? Existe cura? 12 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera Autismo

O que é o autismo:

O que é o autismo O autismo é uma disfunção global do desenvolvimento, que afecta a capacidade de comunicação do indivíduo, de estabelecer relacionamentos e de responder adequadamente. 13 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Como se reconhece o autismo :

Como se reconhece o autismo Dificuldade de relacionamento com outras pessoas Pouco ou nenhum contacto visual Riso inapropriado Aparente insensibilidade à dor Preferência pela solidão Inapropriada fixação dos objectos Hiperactividade ou extrema inactividade Ausência de respostas aos métodos normais de ensino Não tem real medo do perigo ( inconsciência de situações de perigo) Poses bizarras Ecolalia (repete palavras ou frases em lugar da linguagem normal) Recusa demonstrações afectos Age como se tivesse surdo Dificuldade em expressar necessidades Acessos de raiva 14 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Ocorrem muitos casos de autismo:

Ocorrem muitos casos de autismo O autismo ocorre de uma em cada 2.500 crianças. 15 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Qualquer casal pode ter um filho com esta deficiência Quais são as causas :

Qualquer casal pode ter um filho com esta deficiência Quais são as causas Qualquer casal pode ter um filho autista. Outras causas desta deficiência podem ser alguns factores pré-natais (ex.: Rubéola materna) ou factores peri-natais (ex.: Prematuridade). 16 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Existe cura para o autismo :

Existe cura para o autismo O autismo não tem cura, mas existem tratamentos cujos resultados são muito pequenos e demorados. Os tratamentos consistem numa estimulação e apoio constante como forma de fazer com que a criança interaja com o ambiente com as pessoas e outras crianças. 17 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 18:

Síndrome de down Identificáveis 18 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 19:

O que é? Como se reconhece? Ocorrem muitos casos? Qualquer casal pode ter um filho com esta doença? Quais são os sintomas? Existe cura para este síndrome? 19 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera Síndrome de down

O que é o síndrome de down :

O que é o síndrome de down O síndrome de down é uma alteração genética que apresenta um atraso no desenvolvimento, tanto das funções motoras do corpo, como das funções mentais. Um bebé quando nasce com Síndrome de down é pouco activo, o que chamamos de hipotonia 1 . A hipotonia diminui com o tempo. Hipotonia 1 – quantidade de tensão ou resistência ao movimento num músculo. 20 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Como se reconhece o Síndrome de Down:

Como se reconhece o Síndrome de Down Há sinais físicos que acompanham o Síndrome de Down, tais como: Olhos amendoados Prega palmar única Dedos pequenos Pálpebras oblíquas Ponte nasal achatada Língua portusa (devido à pequena cavidade) Pescoço curto Flexibilidade das articulações Defeitos cardíacos Espaço excessivo entre o hálux 2 e o 2º dedo do pé Reduzido peso e tamanho do cérebro Dificuldades na visão e na audição Hálux 2 - Dedo grande do pé 21 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Ocorrem muitos casos de Síndrome de Down:

Ocorrem muitos casos de Síndrome de Down O Síndrome de Down é relativamente frequente: um em cada 700 bebés nasce com Síndrome de Down. 22 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Qualquer casal pode ter um filho com o Síndrome de Down:

Qualquer casal pode ter um filho com o Síndrome de Down Sim, mas há mais probabilidade de uma mãe com mais de quarenta anos ter um filho com Síndrome de Down. 23 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Qual a causa do Síndrome de Down :

Qual a causa do Síndrome de Down Cada uma das nossas células possui 46 cromossomas que são iguais dois a dois, quer dizer que existem 23 pares de cromossomas dentro de cada célula. Um desses pares de cromossomas chamado de par 21 é que altera o Síndrome de Down. O Síndrome de Down possui um cromossoma 21 a mais, ou seja, tem 3 cromossomas 21 em todas a suas células a isto chamamos trissomia 21, que causa Síndrome de Down. 24 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Existe cura para este Síndrome :

Existe cura para este Síndrome Até ao momento, não há cura, embora no mundo inteiro se façam pesquisas nesse sentido. O Síndrome de Down é uma anomalia das próprias células, e, infelizmente, não existe cura para este síndrome. 25 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 26:

Beatriz Maurício nº5 Inês Correia nº9 Maria Paula nº17 Sara Vinagre nº21 Susana Monteiro nº23 Vera Santos nº24 Produzido por: 26 Doenças Mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Concepção e aplicação de um questionário na comunidade educativa:

Concepção e aplicação de um questionário na comunidade educativa Diagnóstico das percepções dos alunos sobre doenças mentais Doenças Mentais 27 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Dados pessoais:

Dados pessoais Ensino Básico Ensino Secundário Idade (média) = 12,4 anos Idade (média) = 16,3 anos Ano de escolaridade – 7º, 8º e 9º anos de escolaridade Ano de escolaridade – 10º, 11º e 12º anos de escolaridade 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Doenças mentais:

Doenças mentais Ensino Básico Ensino Secundário Doenças consideradas doenças mentais 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Doenças mentais:

Doenças mentais Ensino Básico Ensino Secundário Conheces alguém que tem uma doença/deficiência mental? 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Doenças mentais:

Doenças mentais Ensino Básico Ensino Secundário Se respondeste Sim, de que forma pensas que essa pessoa é aceite na sociedade? 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Doenças mentais:

Doenças mentais Ensino Básico Ensino Secundário De um modo geral, consideras que a sociedade aceita e interage com as pessoas que têm doenças/deficiências mentais? 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Doenças mentais:

Doenças mentais Ensino Básico Ensino Secundário Se respondeste Não, indica as razões que levam à rejeição por parte da sociedade. Outros: - A sociedade não tem condições suficientes para os aceitar; - … 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Doenças mentais:

Doenças mentais Ensino Básico Ensino Secundário Consideras que as medidas de apoio às pessoas com deficiência mental são suficientes? 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Doenças mentais:

Doenças mentais Ensino Básico Ensino Secundário M edidas de apoio às pessoas com deficiência implementadas na nossa região. 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Doenças mentais:

Doenças mentais Ensino Básico Ensino Secundário O que consideras que pode ser feito para melhorar o apoio às pessoas com deficiência mental? 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Entrevista à mãe de uma adolescente com deficiência…:

Entrevista à mãe de uma adolescente com deficiência… Doenças Mentais 37 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 38:

Idade da filha: 15 anos Doença: Paralisia cerebral Instituição onde se encontra: APPACDM Doenças Mentais 38 Entrevista à mãe de uma adolescente com deficiência 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 39:

- O que sentiu quando soube que a sua filha era deficiente? Muita tristeza, um vazio enorme... Não sei como consegui ultrapassar esse momento. - Quando descobriu? Quando a minha filha tinha um mês e meio. - Como reagiu o resto da família? Foi muito difícil, mas hoje os meus netos já a levam a passear no seu carrinho. Doenças Mentais 39 Entrevista à mãe de uma adolescente com deficiência 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 40:

- Na sua família, existe mais alguma caso de doença/deficiência mental? Sim, mas já faleceram aos 24 anos (as pessoas com esta doença não costumam viver mais de 24 anos). - Quando é que a sua filha foi para a instituição? Quando tinha 1 ano. - A sua filha dorme na instituição ou apenas passa lá o dia? Passa lá o dia. Vai lá à “escolinha”. Doenças Mentais 40 Entrevista à mãe de uma adolescente com deficiência 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 41:

- Sente que a sua filha ao estar na instituição está contente? Sim. - O que é que a sua filha faz na instituição? Natação, fisioterapia, aspiram-na… Várias actividades. - Que tarefas a sua filha consegue fazer sozinha? Nenhuma, é como se fosse um bebé. Não consegue andar, lavar-se, comer. Doenças Mentais 41 Entrevista à mãe de uma adolescente com deficiência 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 42:

- Como é que a sua filha ocupa o dia em casa? E ao fim-de-semana? Passeia, ouve música e vê televisão. - Aqui na escola, os seus colegas de trabalho, sabem que a sua filha é deficiente? Sim. - E ajudam-na? Ajudam, uma das maiores ajudas é o Sr. Presidente. É um grande amigo. Doenças Mentais 42 Entrevista à mãe de uma adolescente com deficiência 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 43:

- A sociedade dá-lhe algum apoio? Sim. Encontrei alguns amigos. Há pessoas que percebem, outros têm pena. As pessoas até são simpáticas, pelo menos para mim. No “Sol da Muna” (café/restaurante) encontrei amigos que me receberam e recebem quando estou triste. - O que é que acha que poderíamos fazer para ajudar a sua filha? Dar-lhe um miminho. (carinho) É o que ela precisa. Doenças Mentais 43 Entrevista à mãe de uma adolescente com deficiência 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 44:

- Que futuro espera para a sua filha? Que seja feliz. E que um dia alguém tome conta dela. É só o que eu posso pedir. Doenças Mentais 44 Entrevista à mãe de uma adolescente com deficiência Agradecemos, de forma muito especial, à Dona Adília por ter partilhado connosco o seu testemunho pessoal! 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 45:

Doenças Mentais 45 9ºB – Área de Projecto Beatriz Maurício, Inês Correia, Maria Paula, Sara Vinagre, Susana & Vera

Slide 46:

Escola Secundária Viriato Disciplina: Área de Projecto Professora: Margarida Morgado Ano lectivo: 2010/2011 Beatriz Maurício nº5 Inês Correia nº9 Maria Paula nº17 Sara Vinagre nº21 Susana Monteiro nº23 Vera Santos nº24

authorStream Live Help