Vida e obra de Leucipo e Demócrito

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

comentario de suas obras

Comments

By: Taylertiger (36 month(s) ago)

legal

By: kalyxynha (38 month(s) ago)

mto boom!

Presentation Transcript

Leucipo de Abdera : 

Leucipo de Abdera Poucos podem dizer de Leucipo,os problemas que o assunto oferece pode alongar o texto,o qual por isso admite a distribuição didática em dois paragrafos: -Vida e obra de leocipo, Doutrinas de Leocipo.

Vida e obras de Leucipo : 

Vida e obras de Leucipo Leucipo de abdera nasceu entre c.490 e 460,falecido c.420 a.C.É o primeiro professor da escola atomista. Leucipo, de Elea,mas outros dizem de Ábdera, e outros de Mileto. Ele foi discípulo de Zenão.

Vida e obras de Leucipo : 

Vida e obras de Leucipo Esta maneira muito simples de se referir aos atomistas, para a seguir tratar globalmente da doutrina atomista, significa a aceitação de que Leucipo não era figura insignificante. "Leucipo e Demócrito..." (Da geração de corrupição 324, 35); "Demócrito e Leucipo..." (Ibidem, 314a 21).

Doutrinas de Leucipo : 

Doutrinas de Leucipo Todas as doutrinas em pré-socráticas sobre a natureza são caráter atomista, porque se imaginam elementos iniciais, de que as coisas se formam por composição progressiva, ao mesmo tempo que podendo retornar aos elementos originários.

Doutrinas de Leucipo : 

Doutrinas de Leucipo Entretanto o atomismo de Leucipo e Demócrito, inaugura um tratamento novo dado ao tema, que destaca nos elementos o seu caráter inicial insecável (– J @ : @ H , -@ < ). São os átomos partículas homogêneas quanto ao conteúdo, ficando a diversificação por conta da figura dos mesmos e dos arranjos atômicos.

Doutrinas de Leucipo : 

Doutrinas de Leucipo O que entretanto o atomismo antigo esteve longe de prever foi a atuação das forças, que então se consideravam meramente mecânicas. Além disto, o atomismo clássico supõe a existência do vácuo (6 , < ` < ) como um espaço simplesmente vazio. Isto não parece fazer sentido, sobretudo se através deste suposto vácuo, como hoje se acredita, atuam forças de atração e repulsão. Por isso, a transformação final do atomismo clássico deverá seguir para a efetiva substancialização do vácuo, fazendo-o um campo de forças e não apenas um vazio.

Demócrito : 

Nascido em Abdera, Demócrito viajou pelo Egito e pela Ásia e teve uma vida extremamente longa. Escreveu numa prosa arcaica mas bem elaborada, elogiada por Cícero e Plutarco, sobre filosofia da natureza, matemática, ética e música. Restam-nos de suas obras somente curtos fragmentos, mas Aristóteles analisou sua doutrina filosófica. Demócrito

Demócrito : 

Esse grande filósofo desenvolveu a doutrina atomística de Leucipo e se opôs à escola de Heráclito e à de Parmênides. Segundo Demócrito, os átomos de que se compõe o universo, similares em qualidade mas diferentes em volume e forma, estão em movimento constante no espaço e se agrupam de maneiras diferentes para formar os corpos. Demócrito

Demócrito : 

Demócrito acrescentava que, embora os corpos decaiam e pereçam, os próprios átomos são eternos. Para Demócrito, a alma é uma forma sutil de fogo (sendo este último composto de átomos mais sutis) animando o corpo humano. Demócrito