Europa medieval ppt

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

By: adrianosoares (103 month(s) ago)

Poderia enviar para adrianos759@gmail.com

By: beires (115 month(s) ago)

Gostei imenso da sua apresentação pois aborda os aspectos fundamentais da sociedade medieval.Está clara e bem ilustrada. Se fosse possível agradecia que me enviasse para utilizar nas minhas aulas do 7º ano. isabelbeires@gmail.com

By: marciodantas (116 month(s) ago)

Excelente apresentação! Muito bem feita! Gostaria muito de apresenta-la aos meus alunos. Se for possível envia pra mim. marcio_rio@hotmail.com

By: lelemar (117 month(s) ago)

sensacional, poderia por gentileza me enviar le.marcela@hotmail.com. Obrigada

By: carloscosta (117 month(s) ago)

adorei o powerpoint. Sou prof. de História Pode anviar? agradecia. adorex_lux@hotmail.com obrigado

See all

Presentation Transcript

Slide1: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII História

Slide2: 

Origens da Europa Ocidental Cristã Economia de subsistência NASCIMENTO DA EUROPA OCIDENTAL CRISTÃ Novas vagas de invasões:  Muçulmanas Normandos ou Vikings . Magiares ou Húngaros Clima de insegurança e medo Ruralização da economia Ruralização da economia As invasões contribuíram para a decadência do poder central, o que favoreceu o aparecimento de inúmeras dinastias de senhores locais. Foi junto destes grandes senhores (proprietários rurais) que as populações procuraram refúgio e protecção, abandonando as cidades e as aldeias. A vida nos campos animou-se e a agricultura tornou-se então a principal actividade económica, originando um fenómeno de ruralização da economia. Surge, assim, um novo regime económico, social e político, baseado no poder dos grandes senhores locais: o feudalismo. As invasões também provocaram outras alterações: - A vida urbana entrou em decadência: muitas cidades, outrora florescentes sob o domínio romano, extinguiram-se neste período. - A actividade comercial, intimamente ligada à vida urbana, conheceu também um momento negativo, agravado pela insegurança dos caminhos e pelo clima geral de crise. Em consequência, a quantidade de moeda em circulação diminuiu, surgindo de novo a economia de subsistência e o pagamento em géneros.

Slide3: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII o desempenho de determinadas funções na sociedade. Como estava organizada a sociedade medieval? A sociedade medieval era composta por três ordens sociais: O clero; A nobreza; O povo. Esta divisão era feita em função de critérios como: o nascimento (a linhagem); o poder económico; a posse de propriedades;

Slide4: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII A sociedade era tripartida e trifuncional. Cada ordem cumpria uma função na sociedade: o clero: rezava e protegia espiritualmente a população; dedicava-se ainda ao ensino e à assistência a pobres e doentes. Estas funções trouxeram-lhe grande prestígio e influência junto da população.

Slide5: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII A nobreza: combatia e protegia fisicamente a população. A aristocracia guerreira lutava ao lado dos reis em tempo de guerra e, como recompensa, recebia grandes doações em terras, (feudos) transformando-se numa aristocracia fundiária. Rei

Slide6: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII O povo: trabalhava; pagava impostos sustentando os restantes grupos sociais. Era composto maioritariamente por camponeses que viviam e trabalhavam nos domínios senhoriais. Rei

Slide7: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII A sociedade medieval era uma sociedade hierarquizada, isto porque as pessoas estavam ordenadas de acordo com a sua importância social. O clero e a nobreza eram privilegiados porque não pagavam impostos, recebiam rendas e tributos e administravam a justiça nos seus territórios, tendo leis e tribunais próprios. 1º Clero 2º Nobreza 3º Povo

Slide8: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII A sociedade desta época era uma sociedade rural. A maioria da população vivia no campo e dedicava-se à agricultura, habitando e trabalhando nos vastos domínios senhoriais. Os domínios senhoriais ou senhorios eram grandes propriedades pertencentes a um senhor da nobreza ou do clero, onde viviam muitos camponeses que podiam ser colonos ou vilãos (homens livres que trabalhavam uma terra arrendada ao senhor) ou servos (camponeses não livres que pertenciam ao senhor ou à propriedade).

Slide9: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII Os domínios senhoriais dividiam-se em duas partes: - a reserva, parte explorada directamente pelo senhor onde se encontravam campos de cultivo, bosques, a casa senhorial, o moinho, o forno e o lagar; - os mansos, parcelas de terreno que o senhor entregava aos colonos que as trabalhavam, pagando em troca rendas e tributos. Esta organização económica e social designa-se por feudalismo

Slide10: 

AS RELAÇÕES FEUDO-VASSÁLICAS Esta situação provocou em grande parte da Europa o estabelecimento de laços de dependência entre os senhores e o rei. Assim, os grandes senhores tornavam-se vassalos do rei, considerado o suserano dos suseranos. O período de invasões, que ocorreu na Europa nos séculos XIX e X, provocou um clima de insegurança e de medo, o que levou os reis a pedir auxílio militar aos senhores nobres e eclesiásticos. Ataque Viking.ppt O rei pede ajuda.ppt Assim, o rei torna-se senhor do nobre O nobre torna-se vassalo do rei Vassalo Senhor ou suserano

Slide11: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII Entre senhores e vassalos estabelecia-se um contrato - o contrato de vassalagem - este realizava-se através de uma cerimónia religiosa, que compreendia três momentos distintos:  Homenagem, momento em que o vassalo exprimia por gestos e palavras que desejava ficar na dependência do mais poderoso, o senhor ou suserano;

Slide12: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII  juramento de fidelidade, momento em que o vassalo com as mãos sobre a Bíblia jurava fidelidade e obediência ao senhor  investidura, momento em que o suserano entregava ao vassalo um objecto que representava o feudo.

Slide13: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII O contrato feudo-vassálico unia para sempre vassalo e suserano. Impunha obrigações e direitos a ambas as partes: . o vassalo devia ao senhor fidelidade, conselho, ajuda económica e militar; . o suserano devia ao vassalo protecção e sustento através da concessão do feudo.

Slide14: 

A SOCIEDADE EUROPEIA NOS SÉCULOS IX A XII Como recompensa dos serviços e fidelidade recebiam feudos (terras, cargos ou direitos vitalícios e protecção do senhor). Membros da nobreza e do clero menos poderosos colocavam à disposição de grandes senhores as suas armas e homens, tornando-se, assim, seus vassalos. Este conjunto de relações de dependência pessoal originou o nascimento da sociedade feudal. Castelo Senhorial.ppt Os membros do povo que se encontravam dentro de um senhorio eram todos vassalos do senhor nobre a quem pertencia a propriedade. Deviam ao seu senhor obediência, fidelidade, pagamento de taxas e impostos e prestação de serviço militar. Faziam todo o tipo de trabalhos. Em troca, o senhor garantia-lhes protecção e sustento. Serviço doméstico.ppt Agricultura.ppt Criação de aninais.ppt

authorStream Live Help