PODER IMPERIAL

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Slide 2: 

- Triúnviro Octávio . TRIUNVIRATO foi, em Roma, o governo formado por três cônsules, eleitos pelo Senado para chefiarem a República. Octávio fez parte do 2º triunvirato, constituído por ele, Marco António e Lépido e durou de 43 a. C a 31 a. C.

Slide 3: 

Poder para recrutar e comandar o exército, julgar e mandar prender os cidadãos, convocar os Comícios e o senado, publicar éditos e consultar os auspícios. Fechar Entre 40 e 38 a. C. O Senado confiou a Octávio o imperium proconsular em toda a Itália (dentro e fora de Roma) e em várias províncias do seu território de conquistas, sendo que este atributo lhe conferiu o título de Imperador, que Octávio usou desde essa data

Slide 4: 

A partir de 31 a. C. Octávio conseguiu fazer-se eleger tribuno, cônsul e e princeps senatus, adquirindo, desse modo o direito de veto, a supremacia sobre o poder legislativo e a função de fazer cumprir as leis.

Slide 5: 

27 a. C. - IMPÉRIO O Senado reconheceu-lhe todos os títulos e cargos anteriormente obtidos, acrescentou novas províncias ao seu imperium, concedeu-lhe o poder de nomear os senadores e honrou-o com o título de augustus Filho dos deuses, sagrado, o que atribui um significado religioso á sua pessoas e ás suas funções. Fechar

Slide 6: 

Em 23 a. C. Abandonou o consulado e obteve vitaliciamente o poder tribunício que, não só o tornava inviolável, como lhe concedia o direito de continuar a convocar os Comícios e o Senado e a vetar as leis e outras decisões destes órgãos, em Roma e em todas as províncias Romanas.

Slide 7: 

Em 12 a. C. Recebeu o cargo de Pontifex Maximus (sumo pontífice), que depositou nas suas mãos a administração e fiscalização dos sacerdotes e do culto, e a capacidade de interpretar a vontade dos Deuses, controlando, assim, o poder sacerdotal e religioso.

Slide 9: 

Autoridade: Pessoal Absoluta Quase Divina

authorStream Live Help