Neorealismo com os alunos

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Slide 1: 

Memórias de uma visita ao Museu do Neo-realismo Com a turma 2 do 8º ano E.B. 2,3 do Forte da Casa 2008 / 2009 PROJECTO LEITURAS CRUZADAS: AS ARTES E A VIDA

Slide 2: 

Regime político do Estado Novo

Slide 3: 

Esta imagem retrata uma mulher que trabalhava muito. É uma imagem muito bruta. Nesta imagem a mulher tem um ar cansado. Por Catarina Lacueva

Entre os anos 30 e meados da década de 70 : 

Entre os anos 30 e meados da década de 70

Slide 5: 

Gosto mais da primeira imagem. Ambas representam a vida real. Por Ruben Pereira

Política oposicionista : 

Política oposicionista

Slide 7: 

A mão está cansada e a dizer basta! Por Elvino Morais

Slide 8: 

É a mão de um trabalhador... de alguém que se esforçou muito. Representa o seu cansaço e descontentamento. Por Ictyane Bernardo

Artistas como Júlio Pomar : 

Artistas como Júlio Pomar

Slide 10: 

São quadros do Júlio Pomar mas só o primeiro é neo-realista Esta segunda imagem representa Fernando Pessoa a encontrar D.Sebastião num caixão sobre um burro ajaezado à andaluza em 1985 — ou seja, não representa cenas da vida real. O pintor brinca com cores alegres. Por Gonçalo Silva ? ? Almoço do trolha, 1946/50 Óleo sobre tela 120 x 150 cm Colecção Caixa Geral de Depósitos, Lisboa Fernando Pessoa encontra D.Sebastião num «caixão sobre um burro ajaezado à andaluza», 1985 acrílico sobre tela 158,5 x 154 cm Colecção Caixa Geral de Depósitos, Lisboa A primeira imagem é bastante triste - sobretudo pelas cores que o pintor escolheu. Acho que conseguia conviver melhor com a segunda imagem apesar de não a entender muito bem... Por Nídia Varela

Centralidade da figura humana : 

Centralidade da figura humana

Slide 12: 

A primeira pintura mostra a realidade vista pelo pintor - uma realidade de muito trabalho reflectida no corpo da pessoa na pintura. O segundo quadro não representa a realidade. Não consigo percebê-lo muito bem. Acho ambas as pinturas interessantes e criativas. Por Joana Oliveira São quadros do Júlio Pomar mas só o primeiro é neo-realista

Uma arte de valor e intervenção social : 

Uma arte de valor e intervenção social

Slide 14: 

Esta imagem retrata o esforço exercido pelo trabalhador -nota-se nos membros (mãos e pés) grandes. E em cima está o sol tapado por uma nuvem escura implicitamente dizendo a escuridão, o sofrimento e a dor. Por Marco Thulio Figueiredo de Novais

Monumentalização desse anónimo povo trabalhador : 

Monumentalização desse anónimo povo trabalhador

Slide 16: 

Acho que o pintor não procurou criar uma imagem “bonita” mas sim falar dos problemas da sociedade da época. Por Catarina Soeiro

Desigualdades Sociais : 

Desigualdades Sociais

Slide 18: 

Almoço do trolha, 1946/50 Óleo sobre tela 120 x 150 cm Colecção Caixa Geral de Depósitos, Lisboa Fernando Pessoa encontra D.Sebastião num «caixão sobre um burro ajaezado à andaluza», 1985 acrílico sobre tela 158,5 x 154 cm Colecção Caixa Geral de Depósitos, Lisboa A primeira imagem é bastante triste - sobretudo pelas cores que o pintor escolheu. Acho que conseguia conviver melhor com a segunda imagem apesar de não a entender muito bem... Por Nídia Varela

Crítica : 

Crítica

Slide 20: 

Um local onde não há liberdade de expressão na escrita na minha opinião... penso que… NEM DEVIA EXISTIR SEQUER!! Por Mizelma Andrade

Censura : 

Censura

Slide 22: 

Nesta imagem estão expostos vários livros que a PIDE não deixou publicar. Muitos deles foram censurados. Por cima estava o carimbo da censura. A PIDE era a polícia política portuguesa (1945 a 1969). por Cátia Barbosa

Os problemas sociais do povo português : 

Os problemas sociais do povo português

Slide 24: 

Esta imagem representa para mim uma mulher cansada de trabalhar e muito pobre pois neste tempo a mão-de-obra era muito barata - as pessoas estavam fartas de trabalhar muito e receber pouco. Por David Norte

Desigualdades Sociais : 

Desigualdades Sociais

Slide 26: 

Os murais permitiam que toda a gente visse e tirasse as suas conclusões sobre o que o pintor queria dizer... pertenciam a toda a gente. Por Duarte Matos

Influência de grandesmuralistas mexicanos como Orozco ou Diego Rivera : 

Influência de grandesmuralistas mexicanos como Orozco ou Diego Rivera

Slide 28: 

Esta imagem mostra a vida social do povo e é representativa do Neo-Realismo. Achei muito interessante a forma como eles (no museu) misturam as cores das paredes e do chão da exposição com as obras expostas. Por Dinis Carrasco

Slide 29: 

Eu gostei da organização do Museu. Achei interessante mudarem as cores das paredes de acordo com as obras que querem expor. Por Fábio Parreira

Áreas de intervenção: literatura, artes plásticas, música, teatro e cinema : 

Áreas de intervenção: literatura, artes plásticas, música, teatro e cinema

Slide 31: 

Achei interessante o espaço da exposição porque tinha muita informação. Gostei da maneira como utilizaram as cores. O vermelho marca e chama a atenção. Por Tiago Borges

Esperança de uma transformação do mundo : 

Esperança de uma transformação do mundo

Slide 33: 

Penso que esta imagem é uma mão cansada de trabalho. Ela é usada como símbolo nesta exposição. Por André Santos

Para terminar um novo título para um poema neo-realista(?) (Em qualquer dos casos... um momento romântico) : 

Para terminar um novo título para um poema neo-realista(?) (Em qualquer dos casos... um momento romântico)

…Se Eu pudesse… : 

…Se Eu pudesse… Se eu pudesse iluminar por dentro as palavras de todos os diaspara te dizer, com a simplicidade do bater do coração,que afinal ao pé de ti apenas sinto as mãos mais friase esta ternura dos olhos que se dão.Nem asas, nem estrelas, nem flores sem chão- mas o desejo de ser a noite que me guiase baixinho ao bafo da tua respiraçãocontar-te todas as minhas covardias.Ao pé de ti não me apetece ser heróimas abrir-te mais o abismo que me dóinos cardos deste sol de morte viva.Ser como sou e ver-te como és:dois bichos de suor com sombra aos pés.Complicações de luas e saliva José Gomes Ferreira Poema sentido por pessoas, Apaixonadas… Se não pudeste Dizer-lhe antes, Fá-lo agora… Depois pode ser Tarde demais! Podes sentir um Aperto… Mas esse aperto Pode significar muita Coisa… Amor; Alegria; Paixão; Calor; Zangou 8º2 nº19

Slide 36: 

Professoras responsáveis pelo Projecto LEITURAS CRUZADAS: Maria João Carvalho (História) Maria Lurdes Jerónimo (Língua Portuguesa) Maria Leonor Colaço (Educação Visual e Área Projecto)

authorStream Live Help