Módulo.14.Recuperacao.2015

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Recuperação de Módulo Módulo 14 :

Recuperação de Módulo Módulo 14 Atividade Física / Contextos e Saúde II 11º Ano Prof. Maria João Vasconcelos 2015

Recuperação de Módulo Objetivo 4:

Recuperação de Módulo Objetivo 4 Prof. Maria João Vasconcelos 2015 Conhece processos de controlo do esforço e identifica sinais de fadiga ou inadaptação à exercitação praticada, evitando riscos para a Saúde, tais como: dores, mal estar, dificuldades respiratórias, fadiga e recuperação difícil.

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO É através do tempo que demoramos a recuperar a frequência cardíaca (FC) , para valores próximos dos normais, que podemos controlar e avaliar o maior ou menor efeito do treino . Método de Controlo pela Frequência Cardíaca (FC)

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço Durante o desenrolar do programa de treino a frequência cardíaca (FC) dá-nos indicações sobre: a velocidade da recuperação; a intensidade da tarefa (se esta é significativa para provocar melhoria de rendimento). MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço FC – Fequência Cardíaca Onde medir? MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço FC – Frequência Cardíaca Como medir? Deverá ser medida imediatamente após o fim do esforço num período de: 6 seg. (multiplicamos esse valor por 10 ) ou 15 seg. (e multiplicamos esse valor por 4 ) ou 10 seg. (e multiplicamos esse valor por 6 ) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço Como saber se esforço é adequado ? Calcula-se a FCM - Frequência C ardíaca M áxima? MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço • Frequência cardíaca máxima (FCM) =220 – idade da pessoa MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço Zona Alvo de Treino – 70% • FCM X 0,60 = frequência cardíaca mínima • FCM X 0,70 = frequência ideal na atividade aeróbia • FCM X 0,85 = frequência cardíaca máxima MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO 140 a 160 bpm > De 204 bpm

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço Outros indicadores de FC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço O utros método para controlar o esforço, como a sensação subjetiva de esforço pode ser medida pela E scala de Borg MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço:

Processos de Controlo do Esforço Escala de Borg MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço Fadiga:

Processos de Controlo do Esforço Fadiga A fadiga pode apresentar uma instalação rápida ou progressiva. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço Fadiga de Instalação Rápida:

Processos de Controlo do Esforço Fadiga de Instalação Rápida A fadiga local é a incapacidade dos músculos para manter em equilíbrio dos processos metabólicos diminuindo a capacidade de rendimento muscular. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Processos de Controlo do Esforço Fadiga de Instalação Rápida:

Processos de Controlo do Esforço Fadiga de Instalação Rápida Fadiga Central Se a concentração de ácido láctico for elevada, as células nervosas informam o sistema nervoso central que emite impulsos de repressão que obrigam à interrupção do trabalho. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Slide17:

Está associada a: sobrecargas de treino; erros alimentares; repouso inadequado. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Processos de Controlo do Esforço F adiga de Instalação Progressiva

Sinais de Fadiga:

Sinais de Fadiga MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cor da Pele Transpiração Movimento Concentração Saúde Prestação Disposição

Módulo 14 - II:

Módulo 14 - II Atividade Física / Contextos e Saúde II 11º Ano Prof. Maria João Vasconcelos 2015

Recuperação de Módulo Objetivo 5:

Recuperação de Módulo Objetivo 5 Prof. Maria João Vasconcelos 2015 Compreende, traduzindo em linguagem própria, a dimensão cultural da Atividade Física na atualidade e ao longo dos tempos: − Identificando as características que lhe conferem essa dimensão; − Reconhecendo a diversidade e variedade das atividades físicas, e os contextos e objetivos com que se realizam; − Distinguindo Desporto e Educação Física , reconhecendo o valor formativo de ambos, na perspetiva da educação permanente.

Dimensão cultural da A. Física:

Dimensão cultural da A. Física O termo “cultura“ faz hoje parte das Atividades Física, facto impensável há algumas décadas. Para se compreender as manifestações corporais humanas numa perspetiva cultural há que perceber a importância destas na sociedade atual. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Slide22:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Dimensão Eficiência dos Movimentos Dimensão Simbólica e Cultural Dimensão cultural da A.Física

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física As atividades físicas expressam os valores de um dado grupo, criam um identidade e um sentido de pertença. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física Ciclistas seguram as suas bicicletas, depois de um protesto na capital da Hungria, Budapeste, em que pediram a construção de mais infraestruturas destinadas aos amantes da modalidade . (5/5/2015) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física Os meios de comunicação foram e são os maiores responsáveis pela difusão e “educação” desportiva da sociedade, criando um interesse crescente pelas atividades físicas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Marcas de Moda vs Evento Moda vs Imagem Aproveitamento político Social Cientifico Económico/F Educacional Político Exemplos

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física Industrias Multinacionais Novas profissões Promoção cultural, comercial e turística Marketing e na Publicidade MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Criação e dinamização de diferentes mercados que trabalham a par das Atividades Físicas Desportivas, aproveitando o interesse que as sociedades atuais desenvolvem por tudo o que as rodeia.

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física 1 . - Industrias multinacionais de equipamento desportivo e de todo o material que se relaciona com o desporto; MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Social Cientifico Económico/F Educacional Político

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física 2 . - Apa recimento de novas profissões que empregam milhões de pessoas, desde atletas, treinadores, médicos, enfermeiros, massagistas, pessoal administrativo, empresários, jornalistas, fotógrafos, advogados, economistas, professores de educação física, etc.; MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Social Cientifico Económico/F Educacional Político

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física 3 . - Promoção cultural, comercial e turística de um país, cidade ou região; MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Social Cientifico Económico/F Educacional Político

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física 4 . - A organização de grandes espetáculos desportivos, que influenciam o investimento de verbas astronómicas no marketing e na publicidade MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Social Cientifico Económico/F Educacional Político

Slide32:

Infraestruturas adequadas às exigências dos espetadores e do “espetáculo” Facilidades de Acesso Exigência de “espetáculo” e resultados (máxima performance) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Consequências do aumento do interesse da sociedade pelo Desporto leva à criação do Desporto Espetáculo

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física A importância económica de cada uma das A. Físicas cria a diferenciação entre as várias modalidades desportivas. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física Os espaços desportivos surgem diferenciados passando a estar orientados para cada sistema particular de técnicas, de práticas e de resultados MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física Adaptam-se e constroem-se espaços específicos de apoio aos eventos desportivos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física Assiste-se a grandes transformações nas vias de acesso dos espetadores ao recinto desportivo. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Os eventos desportivos passam a:

Dimensão cultural da A.Física:

Dimensão cultural da A.Física MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Estritamente físico Social e cultural Local e regional Mundial Divertimento de uma elite Prática generalizada Privilégio de alguns Necessidade de todos (constituição) Amador Profissionalização e Especialização Empírico Domínio científico e tecnológico Oportunidade de participação Identidade Lazer e Saúde Coesão Social e consolidação da cidadania A Atividade Física evoluiu:

Slide39:

Contextos e Objectivos Atividade Humana Atividade Física Exercício Físico Atividade Física Desportiva Jogo MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Diversidade e Variedade das Atividades Físicas

Slide40:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Contextos e Objetivos

Slide41:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Contextos e Objetivos

Slide42:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Contextos e Objetivos

Slide43:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Contextos e Objetivos

Slide44:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Contextos e Objetivos

Slide45:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Distinguindo Educação Física e Desporto

Slide46:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Distinguindo Educação Física e Desporto

Educação Física e Desporto aspetos comuns:

Educação Física e Desporto aspetos comuns MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Promovem:

Slide48:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Promovem:

- Vasconcelos, Maria João - Sebenta Módulo 14 para o 11ºano do curso profissional - Gonçalves, Hernâni, Pacheco, Rui, Fernandes, Sara – Educação Física 10/11/12 anos – 2004 - Costa, Aníbal, Costa, Manuela- Educação Física 10/11/12 – 2004 - Costa, Aníbal, Costa, Manuela- Educação Física 10/11/12 – 2007 - Romão, Paula, Pais, Silvina – Educação Física 10/11/12 – 2007 - Programa de Educação Física – Curso Profissional - Daolio, Jocimar – Educação Física e o conceito de cultura – 2004 Programa de Educação Física – Curso Profissional cptdg.blogs.sapo.pt/1361.html www.trabalhosfeitos.com/ensaios/o-Desporto-e-Educação-Física/3997.html artigos diversos consultados na internet imagens - internet - educacaofisicabrotero.blogspot.pt:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO - Vasconcelos, Maria João - Sebenta Módulo 14 para o 11ºano do curso profissional - Gonçalves, Hernâni, Pacheco, Rui, Fernandes, Sara – Educação Física 10/11/12 anos – 2004 - Costa, Aníbal, Costa, Manuela- Educação Física 10/11/12 – 2004 - Costa , Aníbal, Costa, Manuela- Educação Física 10/11/12 – 2007 - Romão, Paula, Pais, Silvina – Educação Física 10/11/12 – 2007 - Programa de Educação Física – Curso Profissional - Daolio , Jocimar – Educação Física e o conceito de cultura – 2004 Programa de Educação Física – Curso Profissional cptdg.blogs.sapo.pt/1361.html www.trabalhosfeitos.com/ensaios/o-Desporto-e-Educação-Física/3997.html artigos diversos consultados na internet imagens - internet - educacaofisicabrotero.blogspot.pt

authorStream Live Help