HISTÓRIA 10º Ano Módulo 3 unidade 4

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

A RENOVAÇÃO DA ESPIRITUALIDADE E v

Comments

Presentation Transcript

Módulo 3: A Abertura Europeia ao mundo- mutações nos conhecimentos, sensibilidades e valores nos séculos XV e XVI:

UNIDADE 4: A RENOVAÇÃO DA ESPIRITUALIDADE E RELIGIOSIDADE Módulo 3: A Abertura Europeia ao mundo- mutações nos conhecimentos, sensibilidades e valores nos séculos XV e XVI

CONTEXTUALIZAÇÃO:

CONTEXTUALIZAÇÃO Foi no contexto da renovação cultural renascentista que, no século XVI, se operou a Reforma da Igreja. Esta mergulha as suas raízes num ambiente de inquietação espiritual e religiosa que se vivia, pelo menos, desde há dois séculos. O desprestígio do papado, o luxo e a corrupção do clero motivavam, com efeito, críticas – muitas da parte dos humanistas -, fazendo sentir a necessidade de uma religião sincera e evangélica, na qual a Humanidade encontraria a paz do coração ao imitar Jesus. A verdade é que a Reforma foi além de uma purificação do cristianismo. Ao despoletar a questão das indulgências, Lutero acabou por provocar uma rutura teológica. A justificação pela Fé, a exclusividade da Bíblia como fonte de Fé, o sacerdócio universal e a negação da autoridade do papa são princípios comuns às Igrejas reformadas – luterana, calvinista e anglicana , que puseram em causa os dogmas do catolicismo. Também a Igreja Católica faria a sua reforma. Amparada nas decisões do Concílio de Trento, na força da Inquisição e do Índex e na militância de novas congregações, a igreja católica reafirmou o dogma e o culto tradicional; corrigiu a sua disciplina; vigiou e reprimiu a heterodoxia; persuadiu os crentes e conquistou novos adeptos. Não sem dramas e sangue, de que as guerras da religião são testemunho, a Reforma protestante e a Reforma católica marcaram a História europeia dos séculos XVI e XVII.

TEMPO HISTÓRICO:

TEMPO HISTÓRICO Anos Acontecimentos 1378-1417 Grande Cisma do Ocidente 1441 Publicação da obra Imitação de Cristo de Thomas Kempis 1498 Auto de Fé em que foi queimado Savonarola, por ter criticado o comportamento do papa Alexandre VI 1511 Erasmo de Roterdão publica Elogio da Loucura 1517 Publicação das 95 Teses Contra as Indulgências, de Martinho Lutero 1534 Publicação do Ato de Supremacia, por Henrique VIII 1534 Fundação da Companhia de Jesus 1542 Fundação do Tribunal da Santa Inquisição pelo papa Paulo III 1545 Inicio do Concílio de Trento 1547 Autorização da Inquisição em Portugal a pedido de João III

ESPAÇO E PROTAGONISTAS:

ESPAÇO E PROTAGONISTAS

ESPAÇO:

ESPAÇO

REFORMA PROTESTANTE:

REFORMA PROTESTANTE CRISE DA IGREJA CATÓLICA NOS FINAIS DA IDADE MÉDIA Terrores apocalípticos e preocupação com a salvação da alma Cisma do Ocidente (1378-1417) Corrupção da hierarquia religiosa Práticas de feitiçaria Procissões de flagelantes Surto de heresias Individualismo religioso da Devotio Moderna Luxo dos papas do Renascimento Críticas dos humanistas Questão das Indulgências (1517-1521) UNIDADE 4: A RENOVAÇÃO DA ESPIRITUALIDADE E RELIGIOSIDADE RUTURA TEOLÓGICA DE MARTINHO LUTERO Venda de Indulgências

QUESTÃO DAS INDULGÊNCIAS (Fonte ou documento escrito histórico):

QUESTÃO DAS INDULGÊNCIAS (Fonte ou documento escrito histórico) “Por que é que o Papa, que tem hoje o saco mais cheio do que os dos ricos, ao menos não constrói a Basílica de São Pedro com os seus próprios rendimentos, em vez de o fazer com o dinheiro dos seus próprios fiéis? As indulgências só têm um efeito: o de renderem dinheiro.” Lutero, As 95 teses contra as Indulgências, 1517

REFORMA PROTESTANTE:

REFORMA PROTESTANTE IGREJA LUTERANA IGREJA CALVINISTA IGREJA ANGLICANA

AS IGREJAS PROTESTANTES FACE AO CATOLICISMO:

AS IGREJAS PROTESTANTES FACE AO CATOLICISMO DOGMAS: CULTO LUTERANISMO CALVINISMO ANGLICANISMO CATOLICISMO Salvação da Alma Fé e predestinação Fé e predestinação absoluta Fé e predestinação Fé e boas ações Fontes da fé Bíblia Bíblia Bíblia Bíblia, Tradição, Decisões dos Concílios Bíblia -Versão Interpretação Tradução para a língua nacional -Interpretação livre Tradução para a língua nacional -Interpretação de Calvino Tradução para a língua nacional -Interpretação dos bispos -Versão latina -Interpretação do Papa Sacramento Batismo e Eucaristia Batismo e Eucaristia Batismo e Eucaristia Batismo, Crisma, Eucaristia, Matrimónio, Penitência, Ordem, Extrema Unção Comunhão Presença real sem transubstanciação Presença espiritual Presença espiritual Presença real com transubstanciação Culto da Virgem e dos Santos Abolido Abolido Abolido Mantido Organização eclesiástica -Papa Negada a sua autoridade Negada a sua autoridade Negada a sua autoridade Chefe da Igreja Hierarquia sacerdotal Suprimida Suprimida Mantida Mantida Celibato Suprimido Suprimido Suprimido Mantido

Concílio de Trento Atríbuido a Elia Naurizio, 1633. Museo Diocesano Tridentino. (documento iconográfico):

Concílio de Trento Atríbuido a Elia Naurizio, 1633. Museo Diocesano Tridentino. (documento iconográfico)

CONTRARREFORMA (Reação da Igreja Católica à Reforma Protestante):

CONTRARREFORMA (Reação da Igreja Católica à Reforma Protestante) Concílio de Trento (1545-1568) Companhia de Jesus (1534-1540) Índex I nquisição

REFORMA CATÓLICA:

REFORMA CATÓLICA Renovação/Restauro do Catolicismo Combate Ideológico/Doutrinário Combate ideológico/Repressivo A Vulgata, tradução da Bíblia para o latim por São Jerônimo, foi adotada como texto oficial da Igreja Católica pelo Concílio de Trento em 1546. Papa Paulo III , nascido Alessandro Farnese

authorStream Live Help