Quem vive nos troncos das árvores do jardim?

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available

Comments

Presentation Transcript

QUEM VIVE NOS TRONCOS DAS ÁRVORES DO JARDIM?: 

QUEM VIVE NOS TRONCOS DAS ÁRVORES DO JARDIM? Os troncos das árvores mortas são muito importantes porque podem dar o habitat ( casa, comida e protecção) a muitas espécies selvagens. Só alguns tipos de árvores e animais podem viver em troncos de árvores. Vamos descobrir que animais vivem nas árvores do jardim.

Slide2: 

PICANÇO Os picanços fazem o ninho num buraco vazio de um tronco ou escavam um mesmo buraco. Preparam o seu ninho com plantas, musgo, penas, pêlo e casulos de insectos. Comem aranhas e insectos encontrados nos buracos dos troncos das árvores. No inverno, juntam-se em conjunto num só buraco do tronco para se aquecerem.

CORUJA-DAS-TORRES OCIDENTAL: 

CORUJA-DAS-TORRES OCIDENTAL As corujas-das-torres fazem o ninho nos buracos dos troncos das árvores usando materiais deixados por outros pássaros ou então as penas e pêlo das suas presas. Põem entre 3 e 5 ovos por ano. A sua dieta inclui insectos e aranhas, anfíbios, répteis, peixe e ratos. As corujas-das-torres são aves nocturnas.

ÁGUIA DE CABEÇA BRANCA: 

ÁGUIA DE CABEÇA BRANCA A majestosa águia de cabeça branca pode ser encontrada muitas vezes no topo dos buracos de troncos de árvores à procura de comida. As águias têm uma excelente visão e alimentam-se de pequenos roedores, peixe e aves aquáticas. Os ninhos das águias são feitos nos cimos das árvores. Uma águia fêmea põe entre 2 a 3 ovos na primavera. O macho e a fêmea alimentam os seus filhotes quando nascem.

PICAPAU DE CRISTA : 

PICAPAU DE CRISTA Pode-se ouvir os picapaus a bater nos troncos das árvores para construirem buracos para protecção dos ninhos ou para dar abrigo a insectos que vivem na madeira. São conhecidos como escavadores primários, o que significa que são os construtores de casas da floresta. Todos os anos fazem buracos nas árvores para ninhos, os quais acabam por ser usados por outras espécies quando os picapaus os abandonam.

ESQUILO VOADOR DO NORTE: 

ESQUILO VOADOR DO NORTE Apesar do seu nome, o esquilo voador não voa, antes plana de um lugar para outro. Este animal nocturno tem pregas na pele nas patas dianteiras e traseiras que actuam como uma vela quando se alargam. Quando deixa o seu ramo, um esquilo voador pode planar numa distância até 46 metros. O esquilo voador usa um buraco antigo de um picapau para aí fazer o seu ninho. Uma fêmea tem normalmente 3 esquilos bébés no fim da primavera. O buraco na árvore serve também para alimentar o esquilo e seus bébés. Alimentam-se de fungos no verão e líquene no inverno. O esquilo também usa os buracos das árvores para guardar nozes. Às vezes, o esquilo torna-se alimento para outros predadores nocturnos, como o mocho.

RACOON: 

RACOON Os racoons fêmeas fazem ninhos de folhas nos buracos dos troncos das árvores. Têm entre 1 e 7 filhotes em Abril ou Maio. Os filhotes ficam com a sua mamã até ao fim do Outono. O racoon encontra alimento nos buracos dos troncos das árvores, como as larvas de insectos, ratos, esquilos. Alimentam-se também de outras coisas como caranguejos, peixe, frutas e legumes.

FORMIGA CARPINTEIRO: 

FORMIGA CARPINTEIRO As formigas carpinteiro fazem os seus ninhos nos buracos dos troncos das árvores em decadência. Uma raínha coloca-se à frente e começa a produzir formigas trabalhadoras. Uma colónia pode ter milhares delas. São alimento de outras espécies que vivem também nos buracos dos troncos de árvores, assim como de outros animais que por lá passam como os ursos pretos.