Lipideos

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Slide 1: 

DISLIPIDEMIAS E ATEROSCLEROSE Jacqueline I Alvarez-Leite

Slide 15: 

HIPERTRIGLICERIDEMIA Aumento da viscosidade do sangue alteração dos vasos de irrigação do pâncreas inflamação ativação das enzimas pancreáticas (autocanibalismo)  PANCREATITE AGUDA  MATA em 24 horas se não tratada

Slide 16: 

Aterosclerose Clinica FrequÊncia Gene associado Alteracao Genetica Fenotipo DISLIPIDEMIAS COM FORTE COMPONENTE GENETICO E SUA IMPORTANCIA PARA A ATEROSCLEROSE

Slide 17: 

Aterosclerose Clinica Frequência Gene associado Alteracao Genetica Fenotipo DISLIPIDEMIAS COM FORTE COMPONENTE GENETICO E SUA IMPORTANCIA PARA A ATEROSCLEROSE

Slide 21: 

HDL < 40 Baixo > 60 Alto Colesterol Total < 200 mg/dl Desejável 200–239 mg/dl Limite do alto  240 mg/dl Alto NCEP 2001 LDL < 100 Ótimo 100 –129 Subótimo 130 –159 Limite do alto 160 –189 Alto  190 Muito alto

METAS DE LDL-C E TRATAMENTO DE ACORDO COM CATEGORIAS DE RISCO : 

METAS DE LDL-C E TRATAMENTO DE ACORDO COM CATEGORIAS DE RISCO 160

Slide 23: 

PANORAMA NACIONAL

Slide 24: 

PANORAMA NACIONAL TABAGISMO 17 a 24% da população (taxas em declínio)

Slide 25: 

PANORAMA NACIONAL HIPERTENSÃO 15 a 30% da população (maior cidades desenvolvidas)

Slide 26: 

PANORAMA NACIONAL DISLIPIDEMIAS Cerca de 9% da população

Slide 27: 

PANORAMA NACIONAL OBESIDADE IMC > 25: 27% das mulheres 38% dos homens IMC > 30: 8%

Slide 28: 

PANORAMA NACIONAL Campanha da SBC – 7 estados (n=81.262) Cerca de 40% das pessoas acima dos 18 anos apresentam taxa de colesterol acima de 200mg/dl. Anos 90, a média era de 33%

Morte por Doença Cardiovascular nos Estados Unidos de 1979–1999 : 

Mortes (em mil) 79 81 83 87 89 95 99 anos American Heart Association. 2002 Heart and Stroke Statistical Update. Dallas, Texas: AHA, 2001. Morte por Doença Cardiovascular nos Estados Unidos de 1979–1999 91 97 85 93 Mulher Homen NCEP I NCEP II NCEP III

Tratamento de Dislipidemias : 

Tratamento de Dislipidemias Expert Panel on Detection, Evaluation, and Treatment of High Blood Cholesterol in Adults. JAMA 2001;285:2486-2497. LDL-C elevado Terapias de Mudanças Estilo de Vida Drogas Terapia de escolha: Estatinas Alternativa: Resina ou niacina

Prevenção Primária: Mudanças dos Hábitos de Vida Adversos : 

Prevenção Primária: Mudanças dos Hábitos de Vida Adversos Dieta Aterogênica (Reduzir LDL) Sedentarismo (Atividade Física Diária) Obesidade (manter ou alcançar peso ideal) Expert Panel. JAMA 2001;285:2486-2497.

Medidas para Reduzir LDL-C : 

Medidas para Reduzir LDL-C Reduzir gordura SAT (<7% kcal) Expert Panel. JAMA 2001;285:2486-2497.

COMPOSIÇÃO GERAL DA DIETA : 

COMPOSIÇÃO GERAL DA DIETA Nutriente Ingestão Recomendada Gordura saturada* <7 %das kcal totais Gordura Poliinsaturada 10% das kcal totais Gordura Monoinsaturada Até 20% das kcal totais Gordura Total 25–35% das kcal totais Carboidratos** 50–60% das kcal totais Fibra 20–30 gramas por dia Proteína Cerca de 15% kcal totais Colesterol Menos de 200 mg/dia Calorias Totais (energia) Para manter peso desejável

Efeitos dos AG em lipoproteinas : 

Efeitos dos AG em lipoproteinas Todos os AG aumentam HDL em relação a CH SAT aumentam LDL e HDL PI em relação a SAT =  LDL e  HDL MI em relação a SAT =  LDL e  HDL PORÉM, DEVEM SER MANTIDOS DENTRO DAS PROPORÇÕES RECOMENDADAS

ÁCIDOS GRAXOS TRANS (TFA) : 

ÁCIDOS GRAXOS TRANS (TFA) Mais densamente empacotados que formas cis Ingestão usual: apenas 2-3% da energia total Alto consumo:  LDL-C;  HDL-C Margarina em barra, biscoitos recheados, pães, massa feita com gordura hidrogenada. Lichtenstein AH et al. N Engl J Med 1999;340:1933-1940

Slide 36: 

Principais Fontes de Fibras na Dieta Fontes de 8-10 g/porção Feijão cozido (2 conchas) Lentilhas cozidas (2 conchas) Feijão branco cozido (2 conchas) Fontes de 2-4 g/porção Brócole cozido (3/4 xícara) Repolho cozido (1/3 xícara) Cenoura crua (1 média) Espinafre cozido (1/4 xícara) Fontes de 2-3 g/porção Maçã ( 1 pequena) Banana (1 média) Morangos (3/4 xícara) Laranja (1 média) Batata cozida (1 média) Pão integral (1,5 fatias) C. Cracker integral (6-7 unid) Arroz integral (1/2 xícara)

Slide 37: 

Fontes de Fibras para Suplementação FONTE QUANTIDADE GRAMA FI FS DE FIBRA Granola 1 xícara (85g) 7 3 4 All Bran 1 xícara (85g) 26 22 4 Fiber 1 1 xícara (85g) 30 25 5 Corn Flakes 1 xícara (40g) 0,45 0,35 0,1 Matinais (com fibras) 1 xícara(40g) 6 5 1 Farelo de aveia 1 xícara (95g) 13,5 7 6,5 Aveia 1 xícara (80g) 7,7 3,7 4 Farelo de trigo 1 xícara (110g) 16 14,5 1,5 Benefiber 1 colher (15g) 15 15

Slide 38: 

Colesterol na dieta altera pouco o colesterol plasmático em indivíduos saudáveis. Para cada adição de 100mg/dia à dieta aumenta o colesterol total de 2 - 6mg% COLESTEROL ALIMENTAR

Slide 39: 

12 a 15% kcal totais ou 0,8 g/kg ideal PROTEÍNAS Proteína animal aumenta colesterolemia comparada com proteína vegetal Soja é a proteína vegetal mais testada. Reduz a colesterolemia em 5 a 10% em relação à caseína e outras proteínas vegetais em estudos experimentais e alguns estudos clínicos

Slide 40: 

Carboidratos complexos devem ser preferidos 50 a 55% kcal totais. CARBOIDRATOS Carboidratos simples devem ser restritos a 5-10 % das kcal totais, principalmente se ocorrer hipertriglicemia associada.

Novas Opções para reduzir LDL : 

Novas Opções para reduzir LDL EVITAR Gordura trans* ADICIONAR Fibras Viscosas Ésteres de esterol/estanol de plantas Expert Panel. JAMA 2001;285:2486-2497.

Esterificação de Estanois : 

Esterificação de Estanois Estanol de Plantas Pó cristalino com pouca solubilidade em lípides Ponto de fusão 140–150oC R C - = O 3 5 6 O 3 5 6 HO 17 Esterificação Estanol lipossolúvel

ESTERES DE ESTERÓIS E ESTANÓIS DE PLANTAS : 

ESTERES DE ESTERÓIS E ESTANÓIS DE PLANTAS Ingestão de esteróis de vegetais e animais semelhante em nossa dieta Estanóis são menos absorvidos que esteróis Mecanismo de ação: Interfere com a absorção do colesterol micelar Não altera absorção de gorduras Law MR et al. BMJ 2000;320:861-864.

Esteres de estanol/esterol de Plantas : 

Esteres de estanol/esterol de Plantas 2 g de estanol de plantas adicionados na porção diária de “margarina” é capaz de reduzir LDL-C de acordo com a faixa etária: 50–59 anos 21 mg/dl 40–49 anos 17 mg/dl 30–39 anos 13 mg/dl Law MR et al. BMJ 2000;320:861-864.

Tratamento com Éster de Estanol em margarina : 

Tratamento com Éster de Estanol em margarina -2 Cholesterol (mg/dl) Período do estudo (meses) 2 4 8 10 Miettinen TA et al. N Engl J Med 1995;333:1308-1312. 1995 Massachusetts Medical Society. All rights reserved. 0 12 14 6 Margarina com Sitostanol-ester

EFEITO DE ADJUNTOS ALIMENTARES : 

EFEITO DE ADJUNTOS ALIMENTARES Mudança estilo de vida em pacientes LDL-C = 160 Walden CE et al. Arterioscler Thromb Vasc Biol 1997;17:375-382. Jenkins DJ et al. Curr Opin Lipidol 2000;11:49-56. Cato N. Stanol meta-analysis. Personal communication, 2000.

Slide 47: 

Vitamin E Redução de aterosclerose em animais experimentais nas doses de 400 UI/dia Nenhum benefício comprovado na maioria dos estudos HOPE Trial – vitamina E natural GISSI Prevention –vitamin E Sintética MEGADOSES DE VITAMINAS

MEGADOSES DE VITAMINAS : 

MEGADOSES DE VITAMINAS Beta Caroteno Nenhum benefício provado em 3 estudos clínicos Um estudo com interrupção precoce (CARET) por sua relação com aumento de mortalidade Vitamina C Evidências menos claras na aterosclerose Alpha-Tocopherol, Beta-Carotene Cancer Prevention Study Group. N Engl J Med 1994;330:1029-1035. Hennekens CH et al. N Engl J Med1996;334:1145-1149. Omenn GS et al. N Engl J Med 1996;334:1150-1155. HOPE Study Investigators. N Engl J Med 2000;342:154-160. GISSI-Prevenzione Investigators. Lancet 1999;354:447-455.

Slide 49: 

EFEITOS NA TRIGLICERIDEMIA -  TG em VLDL -  secreção de VLDL -  clearance de Qm e VLDL (?) EFEITOS NA COLESTEROLEMIA - Nenhum efeito em indivíduos normais -  LDL e LDLc em pacientes hipertrigliceridêmicos -  ox LDL (EPA e DHA) w -3

DADOS CLÍNICOS DE EFICÁCIA DA DIETA : 

Omega-3 DART:  29% mortes GISSI: (1g/d)  10-15% morte, IAM não fatal, AVC Dieta Mediterrânea Lyon Trial: Dieta pobre em gordura animal e gordura do leite e rica em fontes vegetais de omega-3 e fibras Redução de 73% em IAM 76% mortalidade cardíaca 70% mortalidade total, Burr ML et al. Lancet 1989;2:757-761. GISSI-Prevenzione Investigators.Lancet 1999;354:447-455. de Longeril M et al. Circulation 1999;99:779-785. DADOS CLÍNICOS DE EFICÁCIA DA DIETA

Slide 51: 

Álcool: Doses moderadas de álcool aumentam HDLc Doses altas de álcool aumentam TG

Lyon Diet Heart Study: Sobrevivência cumulativa sem IAM ou morte cardíaca : 

Lyon Diet Heart Study: Sobrevivência cumulativa sem IAM ou morte cardíaca de Lorgeril M et al. Circulation 1999;99:779-785. 1999 Lippincott Williams & Wilkins. www.lww.com  Margarina de Canola,  colesterol,  gordura saturada  frutas e vegetais  fibra,

authorStream Live Help