Coisas do nosso Algarve Praia do Barril - Tavira v

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Slide 1:

COISAS DO NOSSO ALGARVE PRAIA DO BARRIL - TAVIRA George Zamfir - Silêncio

Slide 2:

A Ria Formosa começa aonde acaba a Praia da Manta-Rota (concelho de Vila Real Stº António) e termina junto à Praia do Ancão (concelho de Loulé). Um imenso cordão dunar com cerca de 60 Kms separa o mar desta zona costeira exterior com algumas entradas do mar, as chamadas “barras”, umas com navegação de pequeno porte até aos respectivos cais e outras sem navegação devido ao seu assoreamento. Em toda esta extensão existem várias espécies de aves migratórias ou não e uma enorme variedade de bivalves. Nesta imensidão de sapais, as cores dividem-se ao sabor das marés, quando cheias ficam esverdeadas com o esplendor da vegetação e quando vazias ficam cinzento lamacento para dar vida aos bivalves aí existentes. Num destes cantos mais recôndito da Ria, situa-se a PRAIA DO BARRIL, a Sul do Aldeamento Turístico das Pedras D´El Rei, a cerca de 2 kms da Aldeia Piscatória de Santa Luzia (Terra do Polvo) e a cerca de 5 kms da Cidade de Tavira (A Cidade das 17 Igrejas). Esta praia singular, foi a única que se adaptou ao crescimento turístico e as suas antigas instalações de pesca do atum (Armação do Barril ou Três Irmãos) foram convertidas em lojas, cafés, esplanadas, balneários e centro de apoio náutico para os veraneantes. No percurso que vamos fazer a pé pelo trilho do Barril, vamos apreciar a natureza a par do comboio que circula deambulando pelos tortuosos carris. AVANÇO AUTOMÁTICO … PRAIA DO BARRIL (a praia da bandeira azul)

Slide 3:

Esta pequena ponte leva-nos ao apeadeiro e ao Trilho do Barril com seis observatórios.

Slide 4:

Da ponte, observamos para ambos os lados um enorme braço da Ria Formosa.

Slide 5:

O comboio vai cheio e não apita. Tem um sino que o maquinista acciona manualmente.

Slide 6:

Mas nós vamos a pé pelo Trilho do Barril que segue paralelamente junto aos tortuosos carris.

Slide 7:

Vamos atentos e em silencio. Olhem para aquela Boca Cava - Terra… que linda !!!

Slide 8:

Entretanto passa o comboio direitinho à praia… toca o sino e aquela espécie de caranguejo fugiu.

Slide 9:

Parámos para ver ao longe a Aldeia Piscatória de Santa Luzia.

Slide 10:

Olhem, olhem… que delícia. Consegui fotografar a Garça naquele instante em que apanhou um peixe…

Slide 11:

O comboio já não assusta. As aves estão tão habituadas que ficam serenamente a olhar para ele.

Slide 12:

Num outro observatório deu para constatar a vegetação: estorno, armeria e cardo marítimo. Um cheiro a marcela, muito intenso, misturava-se no ar com o cheiro das outras plantas.

Slide 13:

Reparem… o comboio regressa sempre de marcha a ré, pois não tem maneira de dar a volta.

Slide 14:

E Santa Luzia (a terra do polvo) vai ficando mais longe.

Slide 15:

Neste local cruzam-se os comboios. Um para a Praia do Barril e outro para as Pedras D´El Rei.

Slide 16:

Neste percurso pedonal, mais à frente, temos uma zona de árvores que dão bastante sombra

Slide 17:

e tem bancos em madeira para quem quiser descansar.

Slide 18:

Enquanto descansamos poderemos fazer algumas fotos.

Slide 19:

Reparem nesta pernilonga, ficou incomodada com tantos olhares atentos,

Slide 20:

entretanto, passa comboio e toca o sino…

Slide 21:

Era o final da linha férrea. O comboio acabara de chegar ao apeadeiro da Praia do Barril

Slide 22:

e nós chegamos também pelo trilho do Barril.

Slide 23:

Mais à frente avistamos as bandeiras da Praia.

Slide 24:

Esta Praia tem bandeira azul desde 1987, ininterruptamente.

Slide 25:

Antes de irmos “ao banho” como se diz no Algarve, fomos dar um giro pelo Arraial.

Slide 26:

Nestas casas, de um branco vivo, outrora, funcionava a Armação do Barril ou dos Três Irmãos,

Slide 27:

que se dedicavam à pesca do atum que entretanto começou a escassear.

Slide 28:

Como recordação do passado, resta ainda este cemitério de âncoras

Slide 29:

que serviam para fundear os barcos que se dedicavam à captura de atuns.

Slide 30:

Mas, fruto de uma boa imaginação, todo este casario foi devidamente recuperado

Slide 31:

para dar apoio aos veraneantes, mas desimaginem-se

Slide 32:

porque aqui não há hotéis nem residências. O mais próximo é nas Pedras D´El Rei.

Slide 33:

Embora junto ao mar, antigamente este poço servia todo o Arraial e a água até que não era má de todo.

Slide 34:

A água das chuvas era também encaminhada para os poços ou para as cisternas subterrâneas.

Slide 35:

A Praia do Barril, é uma das praias mais bonitas do Sotavento Algarvio,

Slide 36:

é de facto um local que convém preservar.

Slide 37:

O casario foi recuperado e serve de lojas para apoio aos visitantes e veraneantes;

Slide 38:

tem bares e restaurantes que fazem inveja

Slide 39:

a muitos que existem no outro lado da Ria Formosa.

Slide 40:

Contornando o casario branco, vamos pela passadeira de madeira e chegamos à praia.

Slide 41:

Lá longe pratica-se kite surf que desperta curiosidade aos veraneantes.

Slide 42:

A prática deste desporto carece de muito treino

Slide 43:

e depende muito de como sopram os ventos.

Slide 44:

A água do mar chega a atingir cerca de 25º, por vezes superior à temperatura do ar.

Slide 45:

Bolinhas de berlim, quentinhas e boas !!! assim são apregoadas pelo Senhor “Bolinhas” desde 1982.

Slide 46:

Está prestes o pôr-do-sol. São horas de regressar… e assim dei a conhecer mais um recanto do nosso Algarve.

Slide 47:

E regressamos de comboio. Adeus Praia do Barril… Até à próxima visita.

Slide 48:

Uma produção de: www.umraiodeluzefezseluz.blogspot.com oantmasantos2@gmail.com F I M

authorStream Live Help