texto_poetico

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Escola dos 2º e 3º ciclos Prof. Francisco M.S. Barreto – Fajã da Ovelha : 

Escola dos 2º e 3º ciclos Prof. Francisco M.S. Barreto – Fajã da Ovelha Língua Portuguesa – 7º Ano Texto Poético (Actividades Lúdicas) Professora Bety Faria

Texto Poético : 

Texto Poético «Quase todas as palavras precisam de ser limpas e acariciadas»

Slide 3: 

Ser Poeta Ser poeta é ser mais alto, é ser maior Do que os homens! Morder como quem beija! «É ser mendigo e dar como quem seja Rei do Reino de Aquém e de Além Dor! É ter de mil desejos o esplendor E não saber sequer que se deseja! É ter cá dentro um astro que flameja, É ter garras e asas de condor! É ter fome, é ter sede de Infinito! Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim… É condensar o mundo num só grito! E é amar-te, assim, perdidamente… É seres alma, e sangue, e vida em mim E dizê-lo cantando a toda a gente! Florbela Espanca, Sonetos

Poesia Visual ou Concreta : 

Poesia Visual ou Concreta O poema visual é apresentado como um objecto-poema. Ou seja, o poeta dá largas à sua imaginação e atribui ao texto uma configuração relacionada com o conteúdo, acrescentando desenhos que acompanham os versos.

Poesia Visual : 

Poesia Visual

O Aranhiço : 

O Aranhiço Sallete Tavares, Poesia Experimental

Letra Adoptada : 

Letra Adoptada Isto é um arame de água Ou um sonho de margem Isto é a sombra de uma trave quase ao princípio da tarde Isto é um voo de ave ao encontro doutra ave

Poesia Popular : 

Poesia Popular A poesia popular viaja no tempo e até no espaço. É transmitida de geração em geração e anda de boca em boca.Os jogos de sons são frequentes na maior parte da poesia popular. A presença de rima atribui a este tipo de poesia um ritmo fácil de trabalhar a nível musical.

Poesia Popular : 

Poesia Popular Eu bem vi nascer o Sol Duma maçã vermelhinha Nunca pensei que nascesse De coisa tão pequenina Eu bem vi nascer o Sol Num canivete de prata Nunca pensei que nascesse De coisinha tão barata Eu bem vi nascer o Sol Nas areias do Mondego Enganei-me: foi a Lua Que o Sol não nasce tão cedo. Alice Vieira Antologia de Poesia Popular Portuguesa

Jogo com Rimas : 

Jogo com Rimas Que está na varanda? Uma fita cor de ganga. Que está na janela? Uma fita amarela. Que está no poço? Uma casca de tremoço. [...] Adolfo Coelho Jogos e Rimas Infantis (Excerto)

Acróstico : 

Acróstico Texto constituído por um conjunto de versos em que cada verso começa por uma letra de uma palavra escrita verticalmente. O conteúdo do texto deve relacionar-se com o significado dessa palavra.

Slide 12: 

N atal, Natal A í vêm os presentes T odo o Natal vem de trenó A i que bom! Nasceu Jesus! L á ao longe vem o Pai Natal Acróstico

authorStream Live Help