Professor, papeis e funções.

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

By: birivas (37 month(s) ago)

Professor Papéis e Funções Práticas e Métodos

By: birivas (37 month(s) ago)

slide de altíssimo nível educacional

Presentation Transcript

Professor : 

Professor Papéis e Funções Práticas e Métodos

Professor – papéis e funções : 

Professor – papéis e funções Professor  “multiplicidade de interacções” (Blin, 1997) Cinco tipos de interacção (Teixeira, 1995) Consigo próprio (em constante actualização e como interlocutor atento) Com os alunos (em promoção do ensino/aprendizagem) Com os pares (em colaboração e cooperação) Com os pais dos alunos (em complementaridade) Com o pessoal não docente (em descoberta dos “eternos ignorados da escola”)

Professor – papéis e funções : 

Professor – papéis e funções Multiplicidade de papéis que determinam as práticas (Devolvé e Margot, 2005) Mestre Educador Formador Mediador Pedagogo Professor

Professor - Mestre : 

Professor - Mestre Centrado nos conteúdos e nos processos (papel e funções que evoluíram desde o séc. XVII) Natural – aquele que é exclusivamente transmissor de um conteúdo cultural Artesão – aquele que recebe formação e reproduz o que aprendeu com base na experiência e na prática (pedagogo tradicional) Científico – aquele que se auxilia da psicologia e se centra nas necessidades dos alunos, é um animador terapêutico (2ª metade do séc. XX) (Martineau, 2005) O “sol do sistema pedagógico” (Tardif e Lessard, 2005)

Professor - Educador : 

Professor - Educador Centrado nas exigências do mandato social e na adequação dos valores e comportamentos dos jovens (Lautier, 2001) Transmissor de valores e atitudes socialmente integradores Líder afectivo – compreende as emoções dos alunos e acompanha a sua evolução (Amado, 2001) Gestor do trabalho dos alunos Criador e acalentador de sonhos e projectos “Compositor que compõe e delineia a música a ser tocada” (Harden e Crosby, 2000)

Professor - Formador : 

Professor - Formador Papel e funções ligados aos de Educador Está atento às necessidades dos alunos Dirige e incentiva as aprendizagens Estrutura a aprendizagem socio-cultural dos alunos Promove a respectiva integração social

Professor - Mediador : 

Professor - Mediador Contribui para formação integral dos alunos Regula situações complexas Estrutura um quadro social organizado Estabelece a relação dos alunos com o mundo circundante Transforma e transmite conhecimentos

Professor - Pedagogo : 

Professor - Pedagogo Centrado na pluridisciplinaridade dos saberes, no processo de ensino/aprendizagem e nos alunos Facilita a transformação da informação em saber Preocupa-se com a forma de transmitir e fazer aprender Guia os alunos nas aprendizagens e prevê as suas dificuldades Implementa processos de remediação Acautela o vocabulário a utilizar Controla a turma como detentor de autoridade inerente

Professor - Pedagogo : 

Professor - Pedagogo Aceita os alunos “como eles são e não como eles deveriam ser idealmente” (Felouzis) Faz a gestão interactiva dos acontecimentos da aula (acção pedagógica como formador, mediador, regulador, tutor,…) Suscita condições facilitadores da aprendizagem Avalia tendo em conta o conjunto de instrumentos escolares (formais e informais) e as necessidades da sociedade (factores de sucesso/insucesso) (Altet, 2000; Dumont, 2000)

Professor - Professor : 

Professor - Professor Centrado na acção pedagógica Fornecedor de informação Modelo profissional Facilitador de aprendizagem Avaliador Planificador Criador de materiais (Harden e Crosby, 2000)

Professor - Professor : 

Professor - Professor Fornecedor de informação Transmissor de conhecimento (centrado nos conteúdos) – o “conferencista” Preocupado com a prática (centrado no contexto em que ensina) Modelo profissional Modelo profissional prático – de quem os alunos gostam e com quem se identificam Modelo de professor – capacidade de tornar a matéria perfeitamente clara

Professor - Professor : 

Professor - Professor Facilitador de aprendizagem Mentor/tutor (centrado no aluno e na sua aprendizagem) Facilitador da aprendizagem (centrado nos processos de autonomização do aluno) Avaliador Avaliador de alunos – avalia os alunos e auto-avalia o seu trabalho como educador/instrutor Avaliador de currículos e programas – controlo e gestão dos programas a cumprir

Professor - Professor : 

Professor - Professor Planificador/gestor de currículos Planificador de currículos Cria e desenvolve programas para os seus alunos (a partir da diagnose) Gere programas disciplinares (projecto curricular de turma, currículos alternativos,...) Organizador de cursos/gestor de programas Partilha com os colegas a programação do que vai fazer em colaboração e cooperação Faz exercício de multi, inter e transdisciplinaridade

Professor - Professor : 

Professor - Professor Criador/construtor de materiais Criador de materiais Autor de manuais (número diminuto de professores) Autor de materiais de trabalho para os alunos – fichas de trabalho, formativas, informativas, sumativas, testes, exames, ... (grande maioria dos professores) Propiciador de investigação Faz investigação sobre interacções e processos de aprendizagem dos alunos Envolve os alunos em pesquisa, suscita-lhes a curiosidade para novos conhecimentos, ... Esforça-se por uma constante actualização nos domínios científico, pedagógico, tecnológico, ...

Professor – papéis e funções : 

Professor – papéis e funções Assim: O PROFESSOR NÃO É já Um “Repetidor”/mero transmissor de conhecimentos O PROFESSOR É “Um conceptor e um inovador”  define o seu mundo de comunicação e adapta a matéria e a forma de a pôr em prática Um profissional em constante e múltipla interacção Com os seus alunos Com os pares Com a comunidade

Professor – práticas e métodosImagens e auto-imagens : 

Professor – práticas e métodosImagens e auto-imagens Professor  profissional em interacção com os alunos Interacção  assumpção dos diversos papéis e funções Papéis e funções  representações profissionais partilhadas com os pares Representações  imagens e auto-imagens  práticas pedagógicas e métodos (Blin, 2001) As imagens e auto-imagens dos professores reflectem as práticas que desenvolvem

Professor – práticas e métodosQue auto-imagens?... : 

Professor – práticas e métodosQue auto-imagens?... Estudo de Ben-Peretz (2001): 60 professores = 30 com turmas de alto rendimento (grupo A) + 30 com turmas de baixo rendimento (grupo B) Com que figura,entre 7 desenhos, se identicavam? Merceeiro?... Juiz?... Tratador de animais no zoo?... Entertainer?... Maestro?... Bonecreiro?... Domador?...

Professor – práticas e métodosQue auto-imagens?... : 

Professor – práticas e métodosQue auto-imagens?... Merceeiro Juiz Tratador de animais Entertainer Maestro Bonecreiro Domador

Professor – práticas e métodosQue auto-imagens?... : 

Professor – práticas e métodosQue auto-imagens?... Resultados:

Professor – práticas e métodosQue auto-imagens?... Que práticas?... : 

Professor – práticas e métodosQue auto-imagens?... Que práticas?... Resultados: Rejeição das figuras que projectam controlo e julgamento (domador ou juiz) Identificação maioritária com o maestro (grupo A) ou com o tratador de animais no zoo (grupo B) Diferença de expectativas dos professores face aos alunos com rendimentos escolares altos/baixos As imagens assumidas reflectirão o tipo de práticas desenvolvidas nas aulas

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos Prática pedagógica – capacidades exigidas aos professores Transformação da informação em saber pela comunicação na aula Gestão interactiva dos fluxos de informação e acontecimentos na aula Realização da planificação e metodologia Gestão da progressão da aula e tomadas de decisões interactivas (Altet, 2000)

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos Prática pedagógica “este é o espaço em que o profissional professor utiliza e actualiza os conhecimentos, os saberes adquiridos na formação científica e na formação pedagógico/didáctica, para cumprir o mandato que a sociedade lhe confiou”

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos Prática pedagógica Repousa sobre “relações de poder e de autoridade sem que estejam desnudadas de afectos” (Maillebouis e Vasconcellos, 1997) Inscreve-se em constelações relacionais provenientes da interacção constante entre a multiplicidade de alunos e professor na aula/turma Complexifica-se nessa interacção constante em que se geram e gerem conflitos, se resolvem dilemas, se vivem afectividades que pautam a relação professor – alunos

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos Prática pedagógica Revela a capacidade do professor “de interagir, de conceber, organizar e conduzir situações de aprendizagem” “prefigura uma comunicação de duplo sentido” “é um guia da acção a desenvolver” variedade de estratégias e métodos

Professor – práticas e métodosEstratégias e métodos : 

Professor – práticas e métodosEstratégias e métodos Métodos (Braga, 2001) Expositivos De descoberta ou indutivos De discussão

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos O método expositivo Processo centrado no papel do professor como mestre “descreve, informa, instrui e explica” a matéria Proporciona aos alunos os conceitos e os princípios com que devem operar Baseia o ensino num processo transmissivo, de aulas expositivas e exercícios de consolidação, com recurso, por vezes, ao apoio da tecnologia disponível Controla a aquisição do saber através de testes e resultados Usa materiais pré-definidos em grupo/departamento Não valoriza a participação, a criatividade, a autonomia

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos O método de descoberta ou indutivo Processo centrado no papel do professor como pedagogo/educador Preocupa-se com o aluno e o seu processo de aprendizagem Proporciona-lhe condições para a construção de novos saberes Guia o aluno através da sua aprendizagem, dificuldades e necessidades de remediação Suscita atitudes e comportamentos que permitem desenvolver no aluno a capacidade de observar, analisar e concluir com base na descoberta (Lautier, 2001)

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos O método da descoberta ou indutivo Leva o aluno a questionar, processar dados, reflectir, procurar respostas, compreender estratégias de pensamento e aprender novas (Braga, 2001) Valoriza o trabalho de grupo e promove o desenvolvimento e estabelecimento de relações funcionais, a troca de ideias e de produção para a resolução de problemas Incita o aluno a exprimir-se, ajuda o grupo a organizar-se, preocupa-se com o desenvolvimento global do aluno, cria um clima de confiança e aceita os alunos como eles são (Altet, 2000)

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos O método da descoberta ou indutivo O professor Serve-se de simulações como forma de estudo e de aprendizagem Envolve o aluno activamente e comunica eficazmente com ele Explica bem a matéria e cativa o aluno para a investigação e o saber Estabelece relações interpessoais positivas para a boa gestão da sala de aula

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos O método de descoberta ou indutivo O professor Mostra “disponibilidade para ouvir os alunos (...) ser afectuoso, (...) inspirar confiança, (...) ter humor, (...) ser calmo (...), respeitar o aluno, isto é, confiar nele e não o humilhar” (Santos, 2001) Os alunos Elegem o professor como modelo profissional prático pela dedicação ao trabalho e à disciplina que lecciona, pela preocupação com os outros e relação de proximidade com os alunos, servindo-lhes de modelo de atitudes e comportamentos (Harden e Crosby, 2000)

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos O método da discussão Processo centrado no papel do professor mentor/tutor ou facilitador da aprendizagem Desenvolve capacidades de raciocínio, análise crítica, cooperação, comunicação e tolerância Estabelece relações de aconselhamento, guia e apoio à formação do aluno Facilita a comunicação informal, o trabalho em pequeno grupo, a troca livre de ideias que levam o aluno a ultrapassar as suas dificuldades Constrói relações de afectividade e promove um bom clima na sala de aula

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos O método da discussão Preocupação com o ensino/aprendizagem + Criação de relações de afectividade ▼ Bom clima da sala de aula (Braga, 2001) Respeito pela individualidade do aluno, seu bem-estar e opinião pessoal Paciência com comportamentos e dificuldades Capacidade de ouvir, de exigir e de implicar os alunos nas actividades Criação de relações amistosas e de entreajuda Organização de uma aula amena, divertida e descontraída Orientação do trabalho com clareza de objectivos Inovação de técnicas, métodos e actividades

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos Bom clima da sala de aula ▼ Satisfação na relação pedagógica ▼ Trabalho mais eficaz do professor

Professor – práticas e métodos : 

Professor – práticas e métodos Conclusão: O professor que acredita no significado do seu trabalho Utiliza práticas diversificadas Desenvolve o gosto de aprender a aprender Reforça a auto-estima Promove a autonomia Suscita a curiosidade e a descoberta Estabelece relações afectivas Os alunos vêem o “significado lato do que está a acontecer” (Hayden e Crosby, 2000)

Bibliografia : 

Bibliografia BORGES, Maria Paula de Almeida (2007), Professores: Imagens e Auto-imagens, Tese de Doutoramento

Slide 36: 

Trabalho realizado por: Ana Maria Martins José Costa Cardoso Maria Marlene Alves Maria Olga Martins da Costa Paula Cristina Oliveira Lopes