Evolução da Matemática

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Evolução da Matemática : 

Evolução da Matemática

Introdução : 

Introdução A matemática é a ciência que estuda os números e os cálculos. O homem precisa desde a antiguidade utilizar a matemática para facilitar a sua vida e organizar sua sociedade. Os Gregos desenvolveram vários conceitos matemáticos, os Egípcios as usaram na construção de canais de irrigação, diques, pirâmides, estudos de astronomia, etc. Nos dias de hoje esta ciência está presente em várias áreas, como por exemplo a arquitetura, a medicina, a informática, o comércio, a astronomia, a química , a física , a administração, ciências contábeis, etc. Ou seja, pode-se dizer que em tudo que vemos existe a matemática, e nada mais justo do que sabermos de onde e como ela surgiu. Uma descoberta tão grandiosa como esta, merece toda a nossa atenção.

A Antiga Escrita dos Egípcios : 

A Antiga Escrita dos Egípcios O desejo e a necessidade de manter registros de bens, comércios, gados e outros fez nascer a numeração escrita dos egípcios. Que primeiramente eram registradas com marcas em ossos, nós em cordas, traços em paus, pedras, etc. Deve-se aos egípcios os primeiros sistemas de escrita numérica, eles usavam o sistema de agrupamento simples, com base dez, representado da seguinte forma:   O número 1 - Um traço vertical  I O número 10 – Um osso de calcanhar     O número 100 – Um laço  O número 1000 – Uma flor de Lótus   Veja um exemplo da reprodução do número 2125:     Além do sistema numérico, os egípcios também usavam dois curiosos sinais para identificar operações de subtração e adição: Duas pernas andando (ou andando para frente) indicavam “mais” e duas pernas para a esquerda (ou andando para trás) “menos”. Conforme imagem abaixo:

Símbolos dos Babilônios : 

Símbolos dos Babilônios A escrita dos babilônios possuíam semelhanças com a dos egípcios, mas seus sistemas já eram um pouco mais avançados, pois não usavam somente o sistema decimal (base 10), mas também o sistema sexagesimal (base 60) e ainda usando um sistema de posição, dado da forma abaixo:   O número 1 -    O número 10 -     O número 100 -  O número 1000 –    Exemplo de reprodução do número 123:       Tabela comparativa dos símbolos numéricos dos egípcios e babilônios:

Números Gregos : 

Números Gregos Os gregos fizeram da matemática uma ciência propriamente dita, sem a preocupação de suas aplicações práticas, onde se distingue da matemática babilônica e egípcia. Eles ainda se diferem no ponto de vista de estrutura das anteriores, por ter levado em conta problemas relacionados com processos infinitos, continuidade e movimento. Os gregos de destacaram mais na geometria, culminando com “Os Elementos” (Euclides)   Numeração Grega

O Surgimento do Zero : 

O Surgimento do Zero Tendo problemas de representar algo vazio, os hindus criaram um símbolo para representá-lo (sendo que há indícios que o zero foi para a Índia levado pelos babilônicos), nessa idéia – posição vazia – veio em mente um “ovo de ganso”, nisso surgiu o zero, em sua forma redonda. Antes do zero ter essa nomenclatura ele teve várias outras como: sunya, cifer, zefir e depois nosso atual zero.

Os Números indo-arábicos : 

Os Números indo-arábicos O avanço da matemática começa com a criação dos números naturais, sendo sucedido pelos sinais, frações e extrações de raízes quadradas e cúbicas. Tais desenvolvimentos são resultados de muito esforços e várias mudanças dos povos citados (egípcios, babilônios, gregos e hindus). Até chegar ao que se vê hoje, os números passaram por várias mudanças. Veja algumas dessas transformações: Quem criou os números que usamos hoje foram os hindus, e os árabes os divulgaram pelo mundo, através de livros hindus traduzidos para sua língua. Quem os criou foi Abu Abdullah Muhammad Ibn Musa Al-Khwarizmi (778(?) -846), de seu nome se deu origem a nomenclatura algarismos. Dessa mistura de povos surgiu o nome algarismos indo-arábicos.

Os Sinais : 

Os Sinais Subtração Era indicada pela palavra minus, com o tempo foi abreviada pela sua inicial “m” com um traço em cima “-“. Mais tarde passou-se a usar somente o traço “–“, que é o que usamos até hoje.   Adição Era indicada pela palavra et que corresponde ao nosso “e”, depois foi abreviado para a letra “t”, que com a monotonia da escrita derivou-se o “+” para indicar a soma.   Multiplicação O sinal “x” usado para indicar a multiplicação foi empregado pela primeira vez em 1631 por Guilherme Ourghtred (matemático inglês) e em 1637 passou-se a usar um ponto “.” entre os fatores. Esse ponto foi introduzido pelo fato do “X” se parecer muito com o “x” da álgebra.   Divisão Foi logo representado por uma “/”, mas com o ponto sendo usado na multiplicação, resolveu-se fazer a junção de dois sinais já existentes “-“ e “:”, só que dessa vez usa-se dois pontos.   Igualdade Foi usado pela primeira vez em 1557, por Robert Record, cita que não conhecia duas coisas tão iguais quanto a dois pares de retas paralelas, surgindo assim a “=”.

Conclusão : 

Conclusão O ser humano precisa da Matemática no seu dia-a-dia: fazendo contas utilizando os números, os sinais e o raciocínio lógico. No trabalho a Matemática é fundamental, além de ser uma das melhores ferramentas para desenvolver o pensamento abstrato. Ao lidarmos com figuras geométricas, números e outros símbolos estamos a aumentar a nossa capacidade de raciocínio, conseguimos contar objetos sem os visualizar, como por exemplo, para contar 10 casas mais 4 casas, não precisamos desenhar 14 casas, basta colocar 10 + 4 = 14 e já sabemos o resultado da conta, ou seja, escolhemos a melhor estratégia para resolver um problema.

Referências Bibliográficas : 

Referências Bibliográficas http://www.ime.usp.br/~leo/imatica/historia/index_h_tempo.html http://www.monografias.brasilescola.com/matematica/historia-matematica.htm http://pessoal.sercomtel.com.br/matematica/fundam/numeros/numeros.htm http://www.prof2000.pt/users/hjco/Numerweb/Pg000170.htm http://www.suapesquisa.com/matematica/ http://educar.sc.usp.br/matematica/m2l1.htm http://www.mundoeducacao.com.br/matematica/a-origem-zero.htm http://matematiques.sites.uol.com.br/evolucaomatematica.htm http://pt.wikipedia.org/wiki/Matem%C3%A1tica http://www.grupoescolar.com/materia/origem_dos_sinais.html http://pt.wikipedia.org/wiki/Algarismos_ar%C3%A1bicos http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADmbolos_matem%C3%A1ticos http://br.geocities.com/superbetorpf/evolnum.htm http://educar.sc.usp.br/licenciatura/2003/hm/page03.htm

authorStream Live Help