Evolução da EAD

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

Slides sobre a evoluçao da ead.

Comments

Presentation Transcript

Slide 1: 

Alunos: Arinaldo Barreto Elizete Dantas Edmério Denilson Leidijane Matos Moaci Santos Marilia Silva Salete Mayra Tecnologia da Comunicação e da Informação na Educação Curso – Química Pólo – Conceição do Coité

Slide 2: 

O papel da educação vem se modificando, enfrentando novos desafios para responder a uma demanda de aprendizes mais autônomos. O educador será visto como mediador, aquele que esclarecerá dúvidas e direcionará o educando ao aprendizado. A produção do conhecimento propõe uma nova forma de organização social, bem como uma nova forma de pensar coletivo. E a Educação a Distância (EAD) vem para suprir essa necessidade de a educação atuar numa sociedade cada vez mais interconectada por redes tecnológicas.

Slide 3: 

Segundo Rumble (2000), o desenvolvimento da EAD passou por gerações: 1. Educação por correspondencia – 1840 – textos impressos ou escritos a mão; 2. Por meio de televisão ou rádio – contavam com TV ou rádio para captar leituras ao vivo na sala de aula e transmitir aos outros grupos de estudantes; 3. Uma abordagem de multimídia – Junção da primeira e segunda fase, transmissão de informação com o apoio de material impresso; 4. Informatizada – mediada por computador, com conferências correio eletrônico, banco de dados, banco de informações; 5. Sem fio – viabilizada através de aparelhos portáteis, os Móbile Learning ou mlerning;

De maneira geral podemos traçar um panorama histórico da EAD nos seguintes passos: : 

De maneira geral podemos traçar um panorama histórico da EAD nos seguintes passos: * 1ª Geração - Educação por correspondência; *2ª Geração - Surgimento das primeiras Universidades aberta com praticas de cursos a distância; *3ª Geração - As transmissões serviam de apoio ao material impresso; *4ª Geração – Avanço nas transmissões através de conferências; *5ª Geração - Inserção de linhas de informações inteligentes e sistemas de dados automatizados.

Slide 5: 

Retrospecto da EAD no Brasil 1961 – oficialização do MEB para todo o Brasil ; 1930 – utilização das mídias sonora e impressa um marco real; 1937 – Serviço de Radiodifusão Educativa do MEC – Estados nordestinos – Movimento de Educação de Base (MEB) – não forma – alfabetização de jovens e adultos; 1939 – Instituto Rádio-Monitor – utilizando o rádio; 1941 – Instituto Universal Brasileiro; 1970 – Portaria nº408 – Cursos do Projeto Minerva – Curso de Capacitação Ginasial e Natureza Ginasial; 1971 – Associação Brasileira de Tele-Educação (ABT) – pioneira em cursos a distância e capacitação de professores através de correspondencia;

Slide 6: 

1972 – Programa Nacional de Tele-Educação (PRONTEL) 1978 – Projeto Logus II – pela fundação Padre Anchietam e Fundação Roberto Marinho 1979 – Fundação Centro Brasileiro de Televisão Educativa/MEC (FCBTVE) – programa de alfabetização por TV (MOBRAL) e o Salto para o Futuro; 1991 – Programa de Atualização de Docentes da quatro séries iniciais do ensino fundamental e alunos do curso de formação de docentes; - um salto para o futuro; 1992 – Criação da coordenação Nacional de EAD – Ministério da Educação, através da Secretaria de Ensino Superior, propôs estimular a EAD 1993 – Sistema Nacional de Educação a Distância; 1993 – Acordo de Cooperação Técnica 4/93 entre o MEC e a Universidade de Brasília (UnB);

Slide 7: 

LDB nº 9394/96 – EAD surge como uma alternativa de formação regular – legitimada como modalidade válida e equivalente para todos os níveis de ensino – explicitado nos artigos 80 e 87 e pelo Decreto nº2494/98; 1997 – Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO) – Projeto AulaNet – TelEduc – e-Proinfo; Junho de 1997 – empresa de Informática e Gestão – cria um ambiente virtual de aprendizagem a distância – oferecendo links de cursos on-line; Decreto 2494/98 – apenas o MEC poderá credenciar os cursos de graduação e a formação tecnológica a distância, existentes no país; Portaria Ministerial nº301/98 – normatizou os procedimentos de credenciamento das instituições para a oferta de cursos de graduação e educação profissional tecnológica a distância; 1999 – Universidade Virtual Pública do Brasil (UNIREDE) – objetivo de oferecer cursos de graduação a distância; 2000 – Universidade virtual Brasileira ;

Slide 8: 

2004 – na Bahia – graduação em Letras Português/Inglês, desenvolvida pela Universidade de Salvador ; Resolução nº1/2001 – estabelece as normas para funcionamento de cursos de pós-graduação lato e stricto sensu na modalidade a distância; 2005 – Universidade Aberta do Brasil – para capacitar professores da educação básica; Portaria Ministerial nº2253/01 – o MEC permitiu que as universidades, faculdades, centros universitários e tecnológicos pudessem oferecer 20% do tempo previsto para integralização do currículo de cursos presenciais já reconhecido, na modalidade a distância;

Slide 9: 

“ A EAD pode ser entendida como uma modalidade de grandes potencialidades para se resgatar o equilíbrio educacional, no sentido de possibilitar o atendimento àqueles que estão fora do sistema formal de ensino.” “ A implementação da políticas de Educação a distância proposta pelo Ministério da Educação (MEC) tem sistematicamente esbarrado em entraves estruturais cuja superação não tem sido possível como ato isolado das Instituições Públicas de Ensino Superior”

Slide 10: 

EAD online “ Pode-se definir educação online como conjunto de ações de ensino/aprendizagem desenvolvidas por meios telemáticos, como a internet, a videoconferência e a teleconferência” (MORAN, 2003) “ Postura aberta do emissor e receptor para lograr um clima de mútuo entendimento; Bi-endereçamento do processo em que as mensagens possam circular em ambos sentidos educador-educando; Interação no processo que suponha a possibilidade de modificação das mensagens e intenções segundo a dinâmica estabelecida.” (FREIRE 1997)

Slide 11: 

Referências: FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação. 3ed. São Paulo: Paz e Terra, 1997. MORAN, José Manuel. Contribuição para um educação online. In: Silva Marco. (org).Educação Online. São Paulo: edições Loyola, 2003. ARAGÃO, Claudia. Educação a Distância. In.: Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação. Material impresso de Apoio, Salvador,2008.

authorStream Live Help