Os Atributos do Mediador II

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

III. Virtudes necessárias::

III. Virtudes necessárias: Além de habilidades específicas, o exercício da Mediação exige uma reputação ilibada, o que significa honestidade e integridade. Alguns autores também destacam as virtudes que estão por trás das habilidades. A seguir veremos aquelas definidas por Six (2001) como as mais necessárias.

a) Coragem:

a) Coragem Six afirma que a mediação pede, em sua prática, uma grande força moral. A coragem de não ter nenhum poder: não agir em nome de um poder ou sedução. A coragem de criar pontes entre ilhas e etnias, semeando a solidariedade. A coragem de não ceder ao “imediatismo” de nossa época, respeitando o tempo das pessoas envolvidas.

b) a prudência:

b) a prudência “Ao dever de justiça, primeiro e fundamento de todos os deveres perante o outro corresponde o dever da prudência moral, resumo de todos os deveres fundados sobre a justiça e que determina a maneira de seu cumprimento na comunidade, tanto em relação a esta como em relação aos indivíduos que a compõem”. Aristóteles O mediador deve ser prudente para não ser intervencionista, nem cair no sentimentalismo.

c) Justeza:

c) Justeza O mediador deve estar em constante vigilância para evitar tomar o lugar da liberdade dos mediandos, pois eles são os “atores”. Eles decidem e encontram a justeza, o discernimento para achar a saída. Além disso, é essencial o respeito às leis e costumes; justiça e eqüidade; formação, maturidade psicológica, social e discernimento.

Fisher (1991) destaca a importância da Afabilidade :

Fisher (1991) destaca a importância da Afabilidade Recomenda-se que o Mediador seja afável com os mediandos e áspero com o problema (com o conflito). É preciso ser acolhedor e manter uma escuta ativa. O mediador é aquele que possui paciência para ouvir, perseverança para insistir no entendimento das partes, esperança no encontro da saída favorável a ambos os lados.

IV. Formação do Mediador:

IV. Formação do Mediador A formação do Mediador deve ser global. Noções gerais de diversas áreas das ciências humanas ampliam a visão do mediador e possibilitam maior compreensão dos conflitos em questão. Six (2001) fala da necessidade de uma “formação generalista”.

authorStream Live Help