Path� e Gaumant

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Pathé e Gaumant : 

Pathé e Gaumant A industria cinematográfica. .

Pathé : 

Pathé Charles Pathé, por sua vez, interessava-se tanto pelos aspectos de produção e comercialização dos filmes que em 1908 tinha o controle de um terço do mercado cinematográfico.

Léon Gaumont : 

Léon Gaumont Léon Gaumont, inventor e pioneiro do cinema francês (Paris, 1864 - Sainte-Maxime, 1946). Construtor de aparelhos fotográficos e produtor cinematográfico, foi o 1º a interessar-se pela sincronização dos sons com as imagens animadas. É autor dos 1º êxitos do cinema sonoro (1902) e do cinema a cores (1912).

Griffith e Poter : 

Griffith e Poter O cinema Americano e as novas narrativas. .

David Griffith : 

David Griffith David Griffith, cineasta norte-americano (1875 – 1948). É autor (1916) das 1ª obras primas surgidas no cinema. Visionário intuitivo profundamente lírico, abriu caminho ao neo-realismo. Foi ele quem fixou quase todas as leis da linguagem cinematográfica. Tem como obras principais “Nascimento de uma Nação (1915), Intolerância (1916).

Obras principais de Griffith : 

Obras principais de Griffith O Nascimento de uma Nação (1915) - http://www.youtube.com/watch?v=Pbba8fzLPf4 Intolerância (1916) - http://www.youtube.com/watch?v=jGHtgarbglQ

Edwin Stanton Porter : 

Edwin Stanton Porter Edwin Stanton Porter (1870 – 1941) foi um cineasta norte-americano. Porter desenvolve, em 1902, os princípios da narrativa e da montagem com o filme "A Vida do Bombeiro Americano", e consolidados um ano mais tarde com "O Grande Roubo do Comboio", um filme de 8 minutos, com inovações como a montagem de planos realizados em diferentes momentos e lugares para compor uma narrativa, que foram decisivas para o desenvolvimento do cinema.

Slide 8: 

Apesar de não ser o mais famoso, é provavelmente o realizador mais influente do cinema mudo primitivo. Além de contribuir para a divulgação dos filmes que vinham da Europa, procurou dar um novo rumo ao cinema, abrindo o caminho para a “entrada em cena” de D. W. Griffith. Porter permanece uma figura enigmática da história do cinema. Embora a sua importância como realizador de alguns filmes inovadores dos primórdios do cinema seja inegável, ele raramente repetiu as mesmas invenções que resultaram com sucesso.

O cinema Americano e as novas narrativas : 

O cinema Americano e as novas narrativas Enquandramento de meio corpo da personagem, com corte acima do joelho. Uso do closeup para definir psicológica e subjetivamente o personagem. No filme The Greaser's Gauntlet (1908), Griffith passa de um Plano de Conjunto (PC) para um Primeiro Plano (PP). Ou seja, ele aproxima a figura humana através da inserção de um Closeup com subjetividade.

Slide 10: 

Definicão do padrão de herói e heroína, para garantir força melodramática ao filme. Proibição dos atores de olharem para a câmera, para não quebrar o encanto do universo ficcional. Alternância de planos diferenciados para reforçar a dramatização. Griffith passa de Plano Geral para Plano de Conjunto, depois para um Plano Americano, Closeuu, PC, PA e assim por diante.

Trabalho realizado por: : 

Trabalho realizado por: Joana Reis

authorStream Live Help