frank

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

FOSS: Soluções e Problemas Reais : 

FOSS: Soluções e Problemas Reais São Paulo, Abril 2007 Frank Coelho de Alcantara falcantara@itdeusto.com

Slide2: 

O Futuro já chegou, ele só não está equitativamente distribuído. William Gibson,

Slide3: 

Apresentação Contextualização Soluções 1 2 3

Frank Coelho de Alcantara: 

Frank Coelho de Alcantara Engenheiro Eletrônico Projetos de Hardware Projetos de Software Professor universitário Sistemas Operacionais Sistemas de Alta Disponibilidade Diretor de Novos Projetos da IT Deusto Localização e Criação de Oportunidades Definição de Soluções Start up de Novos Projetos

IT Deusto Hoje: 

IT Deusto Hoje Faturamento Global de 96 Milhões de Euros (2006) Centenas de Clientes 350 soluções para 12 plataformas 2500 funcionários e colaboradores Milhares de Usuários em 6 países trabalhando junto com a IT Deusto para: Melhorar sua Integração de processos Expandir suas vantagens competitivas Melhorar seu ROI, aumentando o Retorno México DF Bogotá Medellín Sao Paulo Dubai

Parcerias Estratégicas Mundiais: 

Parcerias Estratégicas Mundiais Parcerias Estratégicas Com as maiores empresas de TI Com as maiores Universidades Espanholas 12,5 Milhões de Euros investidos em pesquisa e desenvolvimento de Tecnologia Dominando novas Tecnologias Treinando pessoal Criando soluções Verticais Completas Grande poder de criação e inovação Aproximadamente 600 desenvolvedores 82% com títulos universitários 80% especialistas em TI

Produtos em Destaque: 

Produtos em Destaque SOLUÇÕES DE MOBILIDADE PRODUTOS PARA MERCADOS VERTICAIS Billing Suite XPCMS OS/SIM Cyberdefensa Sistema para gestão e monitorização de Segurança em redes com níveis de acesso pré definidos. Sinótico de controle para os gestores do sistema Desenvolvimento em Código Aberto Solução modula para tarifação e faturamento por eventos orientada a sólução das necessidades de faturamento de um ambiente empresarial. Ideal para OVM. Telefonia (TETRA/GSM/GPRS/UMTS) Dados (IP y banda larga) Serviços de Internet TV de pago Conteúdos, E-commerce Utilitários (eletricidade, água, gás) Ticketing (HelpDesk) MB Suite Melhor solução de mobilidade da Europa (fontes:HP, IDC & Microsoft) Solução completa (End to End). Grande melhoria nos processo de negócios. Solução com grande nível de escalabilidade, incluíndo pessoas, atívos e veículos. A solução MB Suite ganhou os maiores prêmios espanhóis e europeus. Mais de 12.000 veículos, 1.200 clientes e 5.000 usuarios Mejor solución Innovación Tecnológica Julio 2005 Referências: U.S Army, Brasil Telecom, NASA, Verizon, Wanadoo, B.T, Telefónica, Ministério del Interior SERVICIOS PARA SEGURIDAD PRODUCTOS PARA SEGURIDAD Object Video Soluções de segurança de vídeo baseada em sistemas de inteligente artificial para projetos de seguraça e defesa. Permite detectar eventos, movimentos e anomalias em áreas pré determinadas por especialistas em segurança. Referências: ADIF/AVE, CNI, Copa America, BP, Shell, US Customs, …

Free Software: 

Free Software Free Software (Software Livre) Liberdade de Executar Liberdade de Estudar Liberdade de Copiar e Distribuir Liberdade de Melhorar Obrigação de Manter Livre. Software de Código Aberto Várias Licenças Restrições específicas Muito Melhor para Business O termo free software leva a conotações negativas. Principalmente para o pessoal não técnico das empresas GPL

Free Software: 

Free Software IBM Cria a Licença de Software (1968) Software se torna um produto 80/90 Consumo em massa transforma o Software na mais importante fonte de receita de várias empresas. Richard Stallman (1983) Fundou a FSF e Iniciou o GNU. LInus Torvalds (1991) Foco no Kernel Restrições determinadas pelas Licenças Grandes investimentos Internacionais 2 Bilhôes da IBM Muitos Milhôes da HP, Novell, RedHat etc.. Apoio de Governos de diversos Países Comunidade Crescente Richard Stallman - 2000

Free Software: 

MPL GPL Free Software Precisamos descolar o software livre da FSF. A maioria da indústria prefere o termo Open Source Software. Esse é um modelo de negócio, não um movimento social. O licenciamento é compliado Copyleft / Copyright. Existem Licenças menos restritivas. BSD MIT

Slide11: 

Apresentação Contextualização Soluções 1 2 3

Investimentos em TI – Crescem razoavelmente bem: 

Investimentos em TI – Crescem razoavelmente bem 1964: S/360 1971: Primeiro Micro Intel 1981: IBM PC 1994: Netscape Navigator 2000: Dot-com collapse 2007 – Google Compra a DoubleClick por Us$ 3,1 Bi, Cash

Com o Passar do Tempo...: 

Com o Passar do Tempo... 2007 – Diagrama Real do Sistema de uma empresa de venda de eletrônicos

Complexidade : 

Complexidade A complexidade dos sistemas atuais provoca instabilidade O modelo de desenvolvimento de software proprietário é muito lento O modelo de desenvolvimento de software livre é mais ágil Agilidade implica em velocidade Velocidade implica em baixa qualidade (mentira) O ciclo de desenvolvimento mais curto melhora a estabilidade do produto Os usários são parte do processo de desenvolvimento. O custo para solução de bugs é, em méida 90% menor. O tempo para a solução é, em média 75% menor. As empresas precisam de desenvolvimento ágil e seguro.

Software Proprietário: 

Software Proprietário Acionistas Desejo de maximizar lucros Decisões visando lucro Possuem a palavra final quanto ao processo de desenvolvimento e as prioridades de execução Desenvolvedores Comerciais Entendimento do link entre pagamento e produção Foco na estabilidade do software não em funcionalidades Nunca conhece os Acionistas Clientes Esperam que em troca dos altos pagamentos recebam alguma forma de “divisão de risco” e segurança ; (ninguém nunca foi demitido por comprar Microsoft) Estão dispostos a pagar em troca de boas noites de sono. Diz aos usuários que eles estão usando o melhor produto que o dinheiro pode pagar. Normalmente são avessos as mudanças para não afetar o processo produtivo. A comunicação entre acionistas e clientes é feita via grandes cheques..

Software Livre: 

Software Livre Desenvolvedores de Software Livre Tipo 1: Passionais e individualistas que acham trabalhar no software divertido. Tipo 2: Consultores pagos cujo trabalho é fazer um software livre passar por uma suite de testes de forma a criar produtos de referência.. As equipes são formadas com base no tempo disponível e motivação ou em um investimento de risco com prazo curto. O nível de esforço é completamente independente das necessidade comerciais. Eficiência e confiabilidade são valores de segundo nível. Grandes funcionalidades lideram o esforço de desenvolvimento. Dioturnamente. Clientes Adoram a idéia de ter um software livre. Odeiam o fato de não ter para quem ligar em caso de problemas urgentes. Olham para um software livre congelado no tempo e tomam decisões baseadas no estado de um determinado projeto em um determinado momento. Devem assumir toda a responsabilidade, e faz isso mantendo uma multidão de “especialistas” . Raramente têm boas notes de sono. Provavelmente não conseguirão as economias desejadas além do primeiro ano fiscal da implantação Não existe comunicação entre clientes e desenvolvedores, eles existem em universos paralelos no espaço tempo contínuo. Na verdade, acredito que eles não sejam capazes de se identificar como sendo da mesma espécie.

Código Comunitário: 

Código Comunitário Desenvolvedore de software livre Podem participar do projeto baseados nas suas próprias contribuições e disponibilidade. Principais Acionistas Percebem que eles possuem um monte de programadores e analistas. Se eles coordenam recursos são maiores que as maiores empresas de desenvolvimento.. Cansados de corrigir bugs e se dedicam a funcionalidades. Formam uniões em torno de compromissos. Alcançam o céu quando os desenvolvedores fazer o que foi pedido. Em geral são responsáveis por desenvolvimento e produção do software. Desenvolvedores Principais Trabalham para os acionistas e gostariam muito de manter os acionistas felizes. Suporte Comerical Alguns são responsáveis por performance e confiabilidade Os principais desenvolvedores possuem um chefe. Podem pagar algum dinheiro aos desenvolvedores principais em troca de responsabilidade compartilhada. Podem ganhar dinheiro dos acionistas secundários. Acionistas Secundários Alguns são responsáveis por performance e confiabilidade. Os principais desenvolvedores possuem um chefe. Podem pagar algum dinheiro aos desenvolvedores principais em troca de responsabilidade compartilhada. Podem até fazer parte do núcleo de controle do projeto Pagam taxas de suporte em troca de suporte.

Free Software - HOJE: 

Free Software - HOJE Desktop Systems Ubuntu, Debian, OpenSuse Integrados Seguros Estáveis Server Systems Apache Httpd Server. BIND MySql, Postgresql Postfix, Qmail, Sendmail Aplicações de Segurança

Slide19: 

Apresentação Contextualização Soluções 1 2 3

Projetos Existem : 

Projetos Existem www.Sourceforge.net www.Berlios.org www.Codigolivre.com.br É necessário tomar alguns cuidados.

Escolha do Núcleo de Aplicativos: 

Escolha do Núcleo de Aplicativos Os melhores projetos. As melhores soluções. As melhores práticas de desenvolvimento ERP, CRM, MRP Compiere Vtiger openMFG CMS Joomla Magnolia Groupware Expresso Open-Xchange Os projetos para implantação devem ser escolhidos entre os projetos de software livre que possuem as maiores e mais estáveis comunidades, com pelo menos uma grande empresa atuando como patrocinador, com diversos anos de mercado e adaptado as condições do Brasil. Dadas as características de flexibilidade e a necessidade de se conhecer o “modus operandi” da empresa torna-se impossível determinar quais serão os projetos que comporão o resultado final. No entanto, é possível sugerir alguns projetos, como referência. O Processo de seleção é fundamental para o sucesso da implantação. Inhouse é muito mais caro e complicado, mas é possível

Slide22: 

Reservados todos los derechos. El contenido de la presente no puede ser reproducido, ni en todo ni en parte, ni transmitido, ni registrado por ningún sistema de recuperación de información, en ninguna forma ni por ningún medio, sin el permiso previo, por escrito, de IT Deusto. Tornar rentável e acessivel a necessária Evolução Tecnológica SAO PAULO (Brasil) Alameda Santos 880-CJTO.31· Edif. Paulista Atrium · CEP 01418-100 SAO PAULO – Telf. 32 510 552 CURITIBA (Brasil) Av. Luiz Xavier, 168 · Edif. Tijucas · CEP 80020-020 Curitiba – Telf. +55 41 32567311

authorStream Live Help