OS TEÓRICOS DA SOCIOLOGIA E SUAS OBRAS

Views:
 
Category: Education
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras Principais obras de Émile Durkheim Da divisão do trabalho social , 1893; Regras do método sociológico , 1895; O suicídio , 1897; As formas elementares de vida religiosa , 1912;

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras Conceitos trabalhados por Durkheim Coesão social. Anomia. Consciência coletiva Solidariedade mecânica Solidariedade orgânica. Fato social.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras COESÃO SOCIAL Termo que representa as forças que mantêm os homens juntos em sociedade e que lhes permite viver num certo consenso e ordem social. Está assentada nos códigos e regras de conduta que estabelecem direitos e deveres e se expressam em normas jurídicas: isto é, o direito.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras ANOMIA É um estado de falta de objetivos e perda de identidade, provocado pelas intensas transformações ocorrentes no mundo social moderno. A partir do surgimento do Capitalismo, e da tomada da Razão, como forma de explicar o mundo, há um brusco rompimento com valores tradicionais, fortemente ligados à concepção religiosa.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras SOLIDARIEDADE MECÂNICA Característica da fase primitiva da organização social que se origina das semelhanças psíquicas e sociais (e, até mesmo, físicas) entre os membros individuais. Para a manutenção dessa igualdade, necessária à sobrevivência do grupo, deve a coerção social, baseada na consciência coletiva ser severa e repressiva. O progresso da divisão do trabalho faz com que a sociedade de solidariedade mecânica se transforme.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras SOLIDARIEDADE ORGÂNICA A divisão do trabalho, característica das sociedades mais desenvolvidas, gera um novo tipo de solidariedade, não mais baseado na semelhança entre os componentes (solidariedade mecânica), mas na complementação de partes diversificadas. O encontro de interesses complementares cria um laço social novo, ou seja, um outro tipo de princípio de solidariedade, com moral própria, e que dá origem a uma nova organização social - solidariedade orgânica. Sendo seu fundamento a diversidade, a solidariedade orgânica implica uma maior autonomia, com uma consciência individual mais livre.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras FATO SOCIAL É toda a maneira de agir, fixa ou não, susceptível de exercer sobre o indivíduo uma coerção exterior, que é geral numa dada sociedade, apresentando uma existência própria, independentemente das manifestações individuais que possa ter (Durkheim).

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras CONSCIÊNCIA COLETIVA Soma de crenças e sentimentos comuns à média dos membros da comunidade, formando um sistema autônomo, isto é, uma realidade distinta que persiste no tempo e une as gerações (Durkheim).

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras Principais obras de Karl Marx O Manifesto Comunista (1848); A Ideologia alemã; O capital;

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras Conceitos trabalhados por Marx Dialética. Materialismo histórico. Ideologia. Mais-valia.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras DIALÉTICA MARXISTA A dialética marxista é um método de análise da realidade, que vai do concreto ao abstrato e que oferece um papel fundamental para o processo de abstração.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras IDEOLOGIA Sistema de ideias peculiar a determinado grupo social, condicionado quase sempre pela experiência e interesses desse grupo. A função da ideologia consiste na conquista ou conservação de determinado status social no grupo . Atitudes ou doutrinas políticas, econômicas ou filosóficas desempenham, geralmente, funções de ideologia. Mais precisamente, é o conjunto de crenças, ideias, doutrinas próprias a uma sociedade ou a uma classe. No contexto de uma sociedade, a ideologia pode estar em harmonia com valores que prevalecem na própria sociedade, ou opor-se a eles. Não deixa, entretanto, de ficar afetada pela experiência dentro dessa sociedade. Assim, há uma ideologia do socialismo, uma ideologia da livre empresa, uma ideologia da sociedade industrial, marcadas pelas variáveis dos momentos históricos que percorrem.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras Mais-valia é o termo famosamente empregado por Karl Marx à diferença entre o valor da mercadoria produzida e a soma do valor dos meios de produção e do valor do trabalho, que seria a base do lucro no sistema capitalista.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras O materialismo histórico é uma abordagem metodológica ao estudo da sociedade, da economia e da história que foi pela primeira vez elaborada por Karl Marx e Friedrich Engels(1818-1883), malgrado ele próprio nunca tenha empregado essa expressão. O materialismo histórico na qualidade de sistema explanatório foi expandido e refinado por milhares de estudos acadêmicos desde a morte de Marx.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras Principal obra de Max Weber 1904: A ética protestante e o espírito do capitalismo.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras Conceitos trabalhados por Weber Tipo ideal. Dominação legítima. Objetividade do conhecimento. Ação social. Poder e dominação.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras TIPO IDEAL As construções de tipo ideal fazem parte do método tipológico criado por Max Weber que, até certo ponto, se assemelha ao método comparativo. Ao comparar fenômenos sociais complexos o pesquisador cria tipos ou modelos ideais, construídos a partir de aspectos essenciais dos fenômenos. A característica principal do tipo ideal é não existir na realidade, mas servir de modelo para a análise de casos concretos, realmente existentes.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras DOMINAÇÃO LEGÍTIMA De acordo com Weber, dominação "é a probabilidade de encontrar obediência a uma ordem de determinado conteúdo, entre determinadas pessoas indicáveis."

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras OBJETIVIDADE DO CONHECIMENTO Weber define na Objetividade do Conhecimento nas Ciências Sociais um tipo ideal mediante a acentuação unilateral de um ou vários pontos de vista, e mediante o encadeamento de grande quantidade de fenômenos isoladamente dados, difusos e discretos, que se podem dar em maior ou menor número ou mesmo faltar por completo, e que se ordenam segundo os pontos de vista unilateralmente acentuados, a fim de se formar um quadro homogêneo de pensamento. Torna-se impossível encontrar empiricamente na realidade esse quadro, na sua pureza conceitual, pois se trata de uma utopia. A atividade historiográfica defronta-se com a tarefa de determinar, em cada caso particular, a proximidade ou afastamento entre a realidade e o quadro ideal. Ora, desde que cuidadosamente aplicado, esse conceito cumpre as funções específicas que dele se esperam, em benefício da investigação e da representação

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras AÇÃO SOCIAL Para Weber, a ação social seria a conduta humana, pública ou não, a que o agente atribui significado subjetivo; portanto, é uma espécie de conduta que envolve significado para o próprio agente.

Os teóricos da Sociologia e suas obras:

Os teóricos da Sociologia e suas obras PODER E DOMINAÇÃO O conceito de poder em Weber é associado a duas categorias que se completam; o Domínio, no qual, a partir de uma determinada ordem, qualquer que seja o seu conteúdo, ocorre a probabilidade de ser seguida por um certo número de pessoas, e a Disciplina que a partir de uma ordem ocorre o seu obedecimento imediato, sem questionamentos pelo grupo devido a um conjunto de atitudes que lhes são visuais e arraigadas (domínio-dominador, disciplina-dominado).

authorStream Live Help