O CLUBE DAS CHAVES

Views:
 
Category: Entertainment
     
 

Presentation Description

No description available.

Comments

Presentation Transcript

Slide2: 

Autores: Maria Teresa Maia Gonzalez Maria do Rosário Pedreira Edição nº 2135 Colecção: O CLUBE DAS CHAVES Local: Lisboa/São Paulo Editora: Verbo Data: Dezembro de 1992

Resumo do texto: 

Resumo do texto Mais uma vez encontraram-se os quatro amigos (o Pedro, o Frederico, a Guida e a Anica) para descobrir mais um enigma deixado por o avô Cosme. Conversaram e tentaram descobrir o que é que queria dizer aquele mapa, com a mensagem e pensaram que poderia ser um tesouro. Foram todos para casa depois de terminada a reunião. O Pedro descobriu que num lado do mapa era Portugal e no outro era uma ilha dos Açores. O Pedro contou ao Frederico o que descobriu e decidiram ir ao lugar onde estava a gaivota do mapa que era um Forte. Lá foram a Lisboa e descobriram um homem que era quem tinha o enigma e tentaram contacta-lo e conseguiram. Marcaram um encontro e encontraram-se os quatro amigos com o senhor Jacques Cousteau, amigo do avô Cosme, e disse para eles tentarem descobrir o que era o enigma, e o Pedro disse que poderia ser um mapa, e ele acertou, então o senhor Jacques deu-lhe o mapa muito valioso.

Categorias da narrativa: 

Categorias da narrativa 1- Acção Relevância dos acontecimentos Acção central: Desde a página 23 a página 158, porque as personagens descobrem o enigma. Exemplo: “ O presidente, já de posse da chave com o enigma nº 10, fê-la passar pelos sócios, após ter retirado a etiqueta com mais aquela mensagem do avô Cosme.” Acção secundária: Desde a página 7 a página 22 porque os acontecimentos são de menor importância. Exemplo:”-Ná. Surf, bodyboard, enfim modernices…” I

Slide5: 

2- Estrutura Introdução: Desde a página 7 a página 22 porque conhecemos as personagens e o espaço onde se vai desenrolar a acção Desenvolvimento: Desde a página 23 a página 158, porque é o desenvolvimento da acção Conclusão: Desde a página 158 a página 164 porque diz como termina a história.

Slide6: 

3- Final/Delimitação da acção Acção aberta: Exemplo: “Levantou-se da cadeira um pouco nervoso e, para se descontrair, resolveu inspeccionar os mistérios que trariam a mensagem nº 11. Suspirou. Aquela ordem tinha mesmo razão de ser: as coisas pareciam cada vez mais difíceis…”

Slide7: 

4- Ordenação dos acontecimentos Encadeamento: A história segue-se por ordem cronológica dos acontecimentos, estão integrados no tempo em que a acção decorre.

Slide8: 

II- Espaço Espaço físico: A acção realiza-se na casa do Pedro, em Lisboa no Forte de São Julião da barra, e na escola. Espaço psicológico: O Pedro, a Anica, o Frederico e a Guida ficavam irritados e furiosos sempre que o FANTASMA DA ORDEM intervinha. Espaço social: As personagens viviam bem, porque conheciam-se, eram quase todos familiares e eram pessoas nem muito ricas nem muito pobres.

Slide9: 

III- Tempo Tempo da história: A história passa-se em dias de sol, e os dias de manhã a noite e a história passa-se no Verão. Tempo do discurso: O narrador conta a história em resumo Tempo histórico: A história passa-se em no século XXI Tempo psicológico: As personagens passam o tempo com ansiedade para descobrir o enigma.

Slide10: 

IV- Personagens 1- Relevo ou papel Principais ou protagonistas: Pedro, Frederico, Anica e Guida. Secundárias: André, Vasco (Fantasma da Ordem) pai do André, a Laranjinha Figurantes: Mãe do André

Slide11: 

2- Concepção Planas: São todas as personagens, a excepção do Fantasma da Ordem. Modeladas: É o Fantasma da Ordem

Slide12: 

3- Caracterização Física: O Pedro, a Anica, o Frederico e a Guida eram jovens. Psicológica: São inteligentes e educados.

Slide13: 

4- Modos de caracterização Indirecta: o narrador não diz directamente que a Anica é distraída. “a Anica virava para traz varias vezes” Directa: “a Anica sentiu as pernas a tremer”.

Slide14: 

V- V. Narrador Presença: É não participante porque não intervém na história Posição ponto de vista O narrador é subjectivo porque comenta os acontecimentos. Este texto narrativo apresenta-se em descrição

Slide15: 

FIM

Slide16: 

Tiago Abreu

authorStream Live Help